QUERO DOAR R$ 20,00

sexta-feira, 9 de maio de 2014

// // 126 comments

O INSS e os Atrasados de Benefícios concedidos via Recurso.

O INSS e os Atrasados de Benefícios Concedidos via Recurso.

Neste artigo vamos tratar de como ocorre o pagamento dos valores atrasados quando o benefício é concedido, ou sofre revisão de valores, na fase de recurso administrativo no INSS.

Para falar sobre pagamento de valores atrasados devido a recurso provido é preciso definir o que é recurso no âmbito da Previdência Social. Recurso é o direito que os segurados da Previdência Social têm de contestar uma decisão emitida pelo INSS da qual seja afetado, no âmbito administrativo, ou seja, sem recorrer à Justiça.

Os segurados do INSS podem recorrer às juntas de recursos da Previdência Social quando têm um pedido negado ou concedido de forma diferente do esperado. Para saber mais detalhes sobre o processo de recurso veja este artigo: Como apresentar RECURSOS contra as decisões do INSS.

Quando o recurso é aceito pela Junta de Recursos, ou seja, o julgamento é encerrado de forma que o pleito do segurado é atendido, o INSS fica encarregado de cumprir esse julgamento. Uma dúvida que surge seguidamente é se o INSS irá pagar os valores atrasados desde a data do pedido ou a partir da concessão. O andamento do recurso pode ser acompanhado no site do e-Recurso.

O pagamento de valores atrasados, ou de diferenças em parcelas que sofreram revisão, é feito desde a data do pedido inicial, mesmo que tenha ficado por muitos meses sendo analisado pela agência ou pela junta. O valor dos atrasados é composto pela soma das mensalidades não pagas no período entre o mês inicial do benefício e o mês anterior a data da concessão, tudo atualizado monetariamente.

Quando a agência do INSS cumpre a determinação da junta de recursos e concede o benefício o sistema calcula, automaticamente, os valores a pagar. Os valores são atualizados monetariamente até o mês do pagamento. O pagamento dos valores atrasados é feito em até 15 dias da data em que o benefício for concedido. O montante devido é informado na carta de concessão, que é encaminhada via Correios.

Não é necessário esperar a chegada da carta pelo Correio, o requerente pode consultar a carta de concessão, ou de revisão, pela internet. Quando o segurado informa sua conta corrente bancária, no momento do requerimento, o valor é creditado diretamente na conta, se não indicou terá que ver em qual banco e agência será feito o crédito e o dia em que estará disponível. Veja como consultar pela internet neste artigo: Como consultar, pela internet, se um benefício do INSS foi concedido.

Há uma diferença, quanto ao pagamento de valores atrasados, quando o benefício é concedido via recurso administrativo, julgado pelo próprio INSS, e quando é concedido na via judicial. No caso do recurso na via administrativa os valores atrasados são pagos conforme já explicado.

No caso de concessão judicial os valores atrasados são pagos somente depois do processo ter transitado em julgado, que significa que não há mais possibilidade de nenhum recurso. Muitas vezes o benefício é concedido por medida liminar e o julgamento final demora algum tempo, por isso o valor dos atrasados não é pago de imediato. O valor dos atrasados é pago pela própria Justiça, sem nenhuma intervenção do INSS.

Caso tenha alguma dúvida acesse o Fórum do Consultor Previdenciário e faça sua pergunta que será respondida o mais breve possível.

Fórum do Consultor Previdenciário

126 comentários:

Carlos Wesley disse...

Muito bom o artigo, porém ainda fiquei com dúvida quanto ao prazo para pagamento dos atrasados já que tenho um caso assim e já se passaram 10 meses do pedido de concessão do benefício, tendo logrado êxito no recurso perante a junta do INSS, e até agora não efetuaram o pagamento dos atrasados.

Catarino Alves disse...

Carlos
Se o benefício foi concedido o pagamento é feito num prazo de 15 dias.

Carlos Wesley disse...

Dr. Catarino Alves, por gentileza, se o pagamento dos atrasados nao foi feito terei que ajuizar ação para isso? quanto tempo devo esperar, já que o INSS informa que o pedido de pagamento está em Brasília para ser aprovado? Obrigado.

Catarino Alves disse...

Carlos
Essa seria uma situação fora do comum, leia o acórdão para ver o que foi decidido, pois sempre que é concedido é pago os atrasados.

Carlos Wesley disse...

Dr. Catarino, por gentileza peço que me passe um e-mail para o qual eu possa lhe enviar a decisão do conselho de recursos e o sr. dê o seu parecer sobre como receber o valor das parcelas atrasadas.

Catarino Alves disse...

Carlos
Eu não presto serviço, sugiro que procure um advogado na sua cidade.

Cherebys disse...

Estou aguardando meu beneficio set julgado pela junta social, tenho uma duvida, vamos supor que seja aceito, meu beneficio negado volta ficar ativo? Eles dao um tempo de afastamento? Ou um prazo pra mim agendar uma nova pericia?

Catarino Alves disse...

Cherebys
Isso depende do caso em si, não tenho como responder.

Alessandra Gomes disse...

Boa noite. Tenho uma dúvida. Minha mãe fez 60 anos em 2002 e parou de contribuir bem antes de 91. Ela entrou com o pedido de aposentadoria em 2007 o qual foi negado pelo INSS,ela entrou com recurso e por não ter nenhuma renda fez o pedido do LOAS o qual foi concedido em 2008. Agora o recurso de aposentadoria por idade dela foi concedido. porem a funcionaria do INSS disse que o INSS irá liberar todos os atrasados de 2007 a 2014 e ela na agencia irá descontar o período do LOAS nos atrasados de minha mãe. E que é para ir lá na agencia pegar a ordem de pagamento que ELA irá entregar já com esse desconto. Liguei para o 135 e lá fui informada que esse desconto é indevido. realmente é indevido esse desconto? E imprimi no site do INSS a carta de concessão de beneficio de minha mãe que manda que ela compareça a agencia pagadora,mas não informa o valor se está com o desconto ou não. aguardo ansiosa pela sua resposta. obrigada pela atenção

Catarino Alves disse...

Alessandra
Se ela recebeu valor no mesmo período dos atrasados é legal a devolução, no extrato na internet não aparece os atrasados.

Martins Oliveira disse...

Comunicamos que lhe foi concedido AUXILIO DOENCA POR ACIDENTE DO TRABALHO (91) númeroxxxxxxxxxxxxx requerido em 13/01/2015 com renda mensal de R$ 788,00 calculada conforme abaixo, com início de vigência a partir de 10/01/2015.
Caso não tenha feito opção pelo crédito em conta corrente ou poupança, compareça na instituição bancária indicada abaixo, munido obrigatoriamente do documento de identificação apresentado no ato do requerimento do benefício. Os créditos subsequentes serão efetuados no 3º dia útil de cada mês.

Confira o seu nome, o endereço impresso abaixo, e, em caso de erro, compareça à Agência da Previdência Social para que sejam providenciadas as devidas correções.

Órgão Pagador / Agência Bancária: xxx / BRB - W-3
Endereço: SCRS QUADRA 509 BL B LJS 71/77 - ASA SUL. Duvida ja tenho dinheiro na conta?

Catarino Alves disse...

Martins
Essa é a carta de concessão, o dinheiro demora cerca de 15 dias para ir para o banco.

Martins Oliveira disse...

mas tirei o extrato so mostra o mes de feveiro. e o mes de janeiro sera se vou receber?

Catarino Alves disse...

Martins
Vá ao INSS ver o que houve.

Zildenir Lobato disse...

bom dia!
meu beneficio especie (91), foi cesado no dia 18/08/2014 entrei com pedido de recurso pois o INSS tinha me encaminhado para reabilitação mas nunca fui chamado, a médica do trabalho concedeu-me um laudo comunicando que eu estou incapacitado pra minha profissão pois o INSS tem que me reabilitar ou conceder o beneficio, fiz perícia no dia 05/05/2015, e mais uma vez o pedido foi negado, estou sem receber todos esses meses oque devo fazer?

Catarino Alves disse...

Zildenir
Nesse caso não há o que fazer no INSS, pode procurar um advogado para ver se é caso de recorrer à Justiça.

marcia felipe de oliveiva pressi disse...

Minha tia disse que recebeu vlr atrasado do processo q entrou de aposentadoria por invalidez, como consultar esse processo no INSS (via internet) para eu saber que o vlr que ela recebeu está correto?

Catarino Alves disse...

Márcia
Ela terá que passar uma procuração para poder obter dados dela no INSS,

Luiz Henrique disse...

Boa Noite,

Eu aposentei por tempo de contribuição e na minha carta de concessão de aposentadoria estava discriminado os créditos atrasados que teria direito de receber. Mas, ocorre que isso foi em 2001 e até hoje (2015), nunca recebi nada. Na época fui informado que não teria data prevista para receber, pois o valor era superior a R$ 7.000,00 (o valor com desconto de imposto de renda era R$ 10.363,15). Gostaria de saber, é possível ainda receber esse valor? Em caso afirmativo, devo procurar o INSS ou entrar com uma ação judicial?

Desde já, agradeço.
Obrigado.

Catarino Alves disse...

Luiz
É muito estranho, pois o INSS não deixa de pagar. É preciso saber quem concedeu, foi o INSS em processo administrativo ou foi via judicial, se foi via judicial veja com o advogado que cuidou da causa, se foi no INSS o direito a receber já está prescrito.

cartão de natal disse...

Ganhei a tutela antecipada ms a empresa marcou uma pericia durante a tutela antecipada ja tinha dado deferido pelo júiz e passei por duas pericia marcadapela empresa uma deu indindeferido e a outra deferido so que pagaram só os meses pra frente e os atrasados como fica e deram até dezembro a dúvida é e quanto a tutela antecipada

Catarino Alves disse...

Fale com o advogado que cuidou do processo que ele irá lhe explicar o que aconteceu,

fernando disse...

tenho um beneficio aux.doença e pago pençao alimentícia so que minha filha já casou e tem filho como eu faço para retirar esta pensão ela tem 19 anos

Catarino Alves disse...

Ferando
A pensão alimentícia é comandada por decisão judicial, para cancelá-la terá que pedir ao juiz.

Bruna Pires disse...

Olá , gostaria de tirar uma dúvida , se possível . A 3 anos minha mãe esta com um processo judicial , contra o inss .a soma dela foi de 12 mil reias em 3 anos de atrasados.minha dúvida é...Como funciona a soma dos atrasados ? Cada mês de atraso conta um salário e mais os juros ..Tenho medo que a advogada esteja enrolando ela .grata pela atenção

Catarino Alves disse...

Bruna
O cálculo será feito pela multiplicação das mensalidades previamente atualizada.
Portal do Conhecimento Previdenciário

PIUFERA GAME PLAY disse...

doutor eu entrei om recurso e ganhei nas 2 estancia contra o inss , fui porem ja tem mais de um ano fui la , eles me falaram que eu tenho que espera , o inss me manda um carta para mim saber quando eu vou receber , minha duvida e inss não tem um prazo para pagar ja que nao cabe mais recurso ao inss ,obrigado

Catarino Alves disse...

Onde foi esse recurso? SE foi na Justiça tem que procurar o advogado para saber, se foi no INSS tem que ir lá ver o que houve.
Portal do Conhecimento Previdenciário

Josiel mauricio de souza disse...

boa noite minha mãe deu entrada no benefício social ao idoso no dia 24/04/2015,só agora dia 28/11/2015 que a carta de calculo chegou será que ela vai receber o pagamento a parti de 24/04/2015.quando deu entrada no benefício.

Catarino Alves disse...

Josiel
Sim, recebe todo o período.

LILI GOMES disse...

Meu pai e recebeu a carta de concessão do Loas hoje, mas na carta não diz o dia que ele tem que ir ao banco. Quando ele pode ir?

Catarino Alves disse...

Lili
Se não diz na carta tem que ver no INSS.

sbc disse...

entrei com recurso e foi deferido
no erecursos a ultima atualizacao foi m 28/09 q diz
ORIGEM:21.432 – Setor de Saúde do Trabalhador em 28/09/15
REQUERENTE.: MARIA CRISTINA F FERREIRA
NB.:31/604.822.108-1 NIT.: 1.083.148.730-2
PT.: 44232.143454/2014-20
1- Conforme decisão Acórdãos nº 7369/2014 e nº 891/2015 e , foi realizada
REVISÃO no sistema SABI, prorrogando-se o benefício acima até 10/08/14.
2- À 21.032.030 – APS SANTO ANDRÉ
mas ate o momento nao recebi a carta e nem onde recebr meu dinhiro
foi na agencia do inss e me informaram que tenho q acompanhar pelo e recursos
o que devo fazer?

Catarino Alves disse...

Não tem o que fazer além de ir ao INSS saber do andamento.

Nany Bastos disse...

Olá!
Meu marido entrou com um processo judicial contra o INSS por aposentadoria especial. Ele ganhou em todas as estâncias e foi concedido a aposentadoria em novembro.
Mas o valor do salário que consta no banco é o mesmo valor que juiz determinou em 2011.
Ainda não recebeu a carta de concessão, mas gostaríamos de saber se este valor vem atualizado ou terá que entrar com pedido de revisão?
Se sim, este novo processo demora muito?

Grata,

O Consultor em Previdência disse...

Nany
Diga para seu marido falar com o advogado que cuidou do processo, pois só ele pode ver se o INSS cumpriu certo o que o juiz determinou e se tiver um erro ele providenciará o pedido de acerto.

antonio disse...

Bom dia . estou com um problema ,estou com agendamento para perícia marcada para mês 2 deste ano porém ainda não recebi pagamento de meu benefício ,já fui na agência e mandaram aguardar isso no dia 04/01/2016 já fiz reclamação no 135 e tbm na ouvidoria e hoje dia 21/01/2016 ainda nada foi resolvido estou sem receber meu benefício e com contas atrasadas o que posso fazer pra resolver isso de forma rápida ?pois quando vou na agência mandam esperar.

O Consultor em Previdência disse...

Antonio.
Tem duas situações, a primeira se já estava recebendo e pediu prorrogação o pagamento deve ser regularizado em alguns dias. A segunda situação é se é o primeiro pedido, nesse caso só será pago depois que fizer a perícia.

Doar é Participar, Faça uma DOAÇÃO e Ajude a manter este Portal

antonio disse...

como havia informado ,eu ja estava recebendo o auxilio ,porem apos a ultima remarcacao de prorrogacao no mes 11/2015 devido á greve do inss.ate ai tudo bem,porem apos essa remarcacao foi que comecou o problema ,estou esse mes desde o dia 04/01/2016 indo ao inss e ligando para o 135 e eles nada resolvem mandam aguardar resultado da ouvidoria e ponto.quero saber onde posso ir para resolver isso com rapidez ,pois estou sem receber e meu beneficio ja foi concedido sendo que pedi prorrogacao e so nao refiz a pericia por conta da greve. grato

O Consultor em Previdência disse...

Antonio
Fora ir ao INSS e conversar com o gerente não tem o que fazer.

Rosa Cristina de Souza disse...

Boa tarde, minha mãe deu entrada no aux doença em 27-nov-2015 a perícia foi agendada para uma outra cidade (pois a data era mais proxima) e o beneficio foi negado, a mesma fez o pedido de reconsideração e a pericia foi em 26-jan-2016 onde o pedido foi finalmente deferido.
Consultando a carta de concessão na internet mostra apenas o período de pagamento de 25-jan-2016 a 31-jan-2016, pergunto, ele irá receber apenas esse período ou deve ser pago desde o dia 27-nov-2015?
Outra duvida é se ela pode receber em qualquer agência ou deve ser naquela que esta indicada na carta? Obrigada.

O Consultor em Previdência disse...

Rosa
Vai receber desde o pedido e só pode receber no banco e agência indicada.

Atividades Praticas - MSD disse...

Ola sou o Borjão!

Entrei com a minha aposentadoria em 1999 e foi concedido em 01/10/2007 porem inss recorreu e foi para TRF1 e la foi concedido em unanimidade a meu favor. Agora foi remetido a Procuradoria Regional Federal, gostaria de saber se esta e a ultima passagem do meu processo e quem ira fazer as contas dos atrasados e se e demorado? Deste ja agradeço a atenção. Obrigado

O Consultor em Previdência disse...

Borjão
Não tenho como falar em processo judicial, assim a melhor opção é falar com o advogado que cuida do processo, ele sabe o que está acontecendo e os prazos.

judite disse...

Boa noite, tenho uma ação contra o inss na justiça federal, saiu a sentença meu pedido foi favorável, estou recebendo a tutela antecipada, só que o inss recorreu, minha dúvida é, se eu perder nesse recurso eu vou ter q devolver tudo q recebi sob efeito da tutela antecipada? Estou preocupada com relação a isso, tire minha dúvida por favor, obrigada!

O Consultor em Previdência disse...

Judite
Já existe decisão judicial que impede a cobrança do que foi recebido na vigência de medida cautelar.

Cassia Beretta disse...

Entrei com pedido de aposentadoria integral, chegou a carta do INSS me concedendo direito proporcional já com o dinheiro no banco para receber, porém vou entrar com recurso porque quero inclusão por tempo de serviço. Já procurei o Juizado e fui informada de que tenho esse direito. A dúvida é pego o dinheiro e depois se ganhar eles acrescentam os atrasados ou aguardo sair a decisão?

O Consultor em Previdência disse...

Cassia
Você fala em juizado, então a melhor opção é fazer essa pergunta ao advogado que vai contratar para cuidar do processo.

Cleber Ramos disse...

Bom dia !

Meu Pai entrou com pedido de aposentadoria em 01/2004 que indeferido pelo inss depois entrou na justiça, e em 12/2013 o juiz da vara previdenciária concedeu a aposentadoria por tempo de serviço 35 anos e 2 meses o tempo em que o processo ficou correndo foi para o trf3 e em 02/2016 o desembargado retirou um período de insalubridade o valor de aposentadoria reduziu, quero saber quanto tempo pode demorar para sair o valores atrasado de 01/2004 ate 12/2003 ??? e agora que a aposentaria reduziu o valor como sera feito o calculo ???

Obrigado

O Consultor em Previdência disse...

Cleber
Não tenho como responder sobre processo judicial, seu pai tem que procurar o advogado que cuida do processo que ele sabe o que está acontecendo.

junior Souza disse...

Olá boa noite, meu marido conseguiu o beneficio auxilio doença. Não consigo visualisar com ele no extrato INSS. Mais quando procuramos em carta de concessão apareceu um valor total caulculado , e um valor a ser pago por mês no 1 dia utel . Diz agencia bancaria xxx , rua xxx , numero xxx. Só que no cauculo mostra valores de meses de contribuição de quando ele trabalhava em 2013 em outro trabalho. E os meses desse trabalho atual. Oque significa Senhor ? que esse cauculo total ele vai receber como diz o valor da carta? pensei que só seria os 6 meses retroativo que ele esperou pra pericia e mais 5 que lhe foi concedido até 25/10/2016. Mais na carta veio um valor maior. LEMBRANDO QUE NÃO TEM DATA NA CARTA PARA RECEBER. ME AJUDA POR FAVOR

O Consultor em Previdência disse...

Junior
Não tenho como responder casos específicos, vá ao INSS que eles informam o que ocorreu.

judite disse...

Quantos anos um recurso demora para ser julgado na justiça federal

O Consultor em Previdência disse...

Judite
Isso ninguém pode prever.

Maria Alta disse...

A carta da minha mãe não chegou, ela se aposentou por idade. Queria saber se ela pode receber mesmo sem a carta ter chegado?

O Consultor em Previdência disse...

Maria
Se sabe os dados do pagamento pode.

Tamiris disse...

Olá Boa noite
Entrei com o pedido de salario maternidade na situacao de desempregada dia 1/2/2016 foi agendado para voltar dia 29/3/2016 nesse dia recebi a carta de concessão informando o banco e valor a receber. mas nao informava a data para saque.
O que fazer???

O Consultor em Previdência disse...

Tamiris
Nesse caso terá que ligar para o fone 135 ou ir ao INSS para saber.
QUERO DOAR R$ 20,00

lia kadu disse...

boa tarde meu marido se aposentou por tempo de servico em 2014 mais ficou os atrasados porque ele deu entrada em 2012 ate agora ele nao recebeu o valor esta em 99 mil reais maia ou menos esta em faze de calculo depois que sair o resultado quanto tempo demora para receber sera que ele recebe este ano e outra coisa receber em parcelas ou de uma vez

O Consultor em Previdência disse...

Lia
Isso só o advogado que cuida do processo pode responder, não tenho acesso a essa informação.
QUERO DOAR R$ 20,00

Alanna Prado disse...

Olá boa tarde,meu pai se aposentou em 2009,mais so começou a receber em 2014,ele tem atrasados para receber.Em 2008 o advogado dele
entrou com a especial mais foi negada,mais ele se aposentou com a aposentadoria por tempo de serviço.Acompanho o processo dele e no dia 05/04/2016 saiu "DESTINO: SUBS. DE FEITOS DA VICE PRESIDENCIA" O que significa isso ? Irá demorar para receber.Obrigada

Consultor Previdenciário disse...

Alanna
Não tenho como informar sobre processo judicial, sugiro que procure o advogado que cuida do processo que ele sabe o que está acontecendo.
QUERO DOAR R$ 10,00

judite disse...

Boa noite catarino, me tire uma dúvida, uma senhora idosa que recebe um benefício bpc, tem direito de receber o benefício bpc do marido falecido? Ou seja pode uma viúva receber dois benefícios bpc loas?

Consultor Previdenciário disse...

Judite
Não pode.

Tainá Santos disse...

Olá,ainda não recebi minha carta de concessão. Já olhei pela Internet e lá diz que o recebimento estará disponível a partir do 1° dia útil do mês. Porém no extrato do benefício tem que vai está disponível dia 26/04. Meu filho nasceu dia 12/01 o valor vem referente a partir da data que ele nasceu? Pq no extrato tem do dia 26/04 a 30/06. Desde já, agradeço.

Consultor Previdenciário disse...

Tainá
O dia primeiro é para o pagamento normal do mês, os atrasados recebe antes, ou seja, no dia 26.

Bruninha Vida disse...

Bom dia Dr. Me ajude com uma questão por favor em novembro de 2014 fui afastada do meu trabalho por problemas dr depressão e ansiedade ai dei entrada no inss em janeiro ele me negaram e me pagaram ate ai ok porém minha doutora achou que eu ainda nao estava apta a trabalha entrei com a prorrogacao e me negaram ainda assim a doutora disse que nao era pra eu voltar me deu outro laudo e entrei com o recurso em abril de 2015 porem engravidei minha filha nasceu dia 14/04/2016 como ainda estou aguardando o recurso como faço pra dar entrada no salario maternidade ja que ainda estou registrada na empresa que trabalho? Levo o papel da licença.no meu trabalho ou no inss? Fico grata ha eu vi na internet essa semana que minha situação esta vedada oque quer dizer isso? No momento nao tenho como sair de casa pois estou operada e nao tirei os pontos. Fico grata pela ajuda fique com Deus.

Consultor Previdenciário disse...

Quando a criança nascer terá que comunicar à empresa para receber o salário relativo ao período da licença, pois quem paga é a empresa.

Natalia Mequi disse...

Bom dia, fiz a perícia dia 03/05/2016 e o benefício foi concedido, só que quando vou consultar o extrato fala que não existe crédito disponível para o NB informado, gostaria de saber o porque sendo que o benefício já foi concedido. Desde já muito obrigada.

Consultor Previdenciário disse...

Natalia
Se a perícia dia 3 tem que esperar 15 dias para que o crédito seja emitido.
VOU FAZER UMA DOAÇÃO

Altieres Pinto disse...

Olá Dr. Estou com uma duvida, agradeço se puderes me ajudar, estava esperando pericia medica des de julho de 2015, e me doi consedida dia 26/04/16. Assim o perito colocou a data dos retroativos. Minha duvida é receberei este montante em uma so parsela ? Obrigado pela atençao abraço

Consultor Previdenciário disse...

Altieres
Sim, recebe tudo junto na primeira parcela.

ednaldo da hora lavrador disse...

Boa Tarde, gostaria de saber se o valor a ser pago pelo inss a respeito de beneficio de salario maternidade é o valor liquido do extrato ou o valor da carta de concessao. Pois cada papel ta um valor. E meu bb ja esta com 5 meses irei receber de uma só vez ou em parcelas? Aguardo resposta e desde ja muitissimo Obrigado!

Consultor Previdenciário disse...

Ednaldo
É o valor líquido e recebe tudo junto.

TRABALHO VOLUNTÁRIO MERECE INCENTIVO

Ana disse...

Dei entra na minha pensão por morte, já se faz três meses, só agora recebe do inss uma carta de exigência do inss,os papéis q o inss exegio pois eu levei, ai o rapaz q me atendeu me disse q eu voltasse lá com vinte dias, ai minha duvida é se agora minha pensão vai ser concedida, e se vou recebe, os atrasados me responda por favor

Consultor Previdenciário disse...

Ana
Sua dúvida só pode ser respondida pelo INSS, eu não tenho como saber do que se trata.

VOU FAZER UMA DOAÇÃO

judite disse...

Boa noite catarino, voce sabe me informar qual a porcentagem que um advogado na área providenciaria cobra, qual o limite?

Consultor Previdenciário disse...

Judite
Não há limite, é um contrato entre as partes, se não concorda com os honorários não deve assinar.

VOU FAZER UMA DOAÇÃO

Bruno Figueiredo disse...

olá ganhei da junta por unanimidade e foi me dado por provimento o direito ao recurso, já fazem 2 meses e ainda não me pagaram já fui no inss e ainda nada. Esse prazo que o Sr mencionou de 15 dias não foi respeitado. O que faço?

Consultor Previdenciário disse...

Bruno
Os 15 dias só valem depois que a decisão é cumprida pelo INSS, ou seja, depois que o benefício é concedido, tem que ver no INSS o que houve.

cidabutita disse...

Bom dia,estava com um processo na justiça federal a mais e 2 anos que não recebo benéfico,agora passei por uma perícia que me concedeu o benefício no período e 180 dias.Eu recebo o atrazado ou recebo só os 180 dias ??

Carmelita Oliveira disse...

Ola.Minha mãe deu entrada na sua aposentadoria no mês de março de 2016,com 61 anos,ela contribuio por 15 anos,porem ela ja poderia dar entrada antes quando tivesse completado 60 anos,neste caso ela recebe os atrasados desse ano q passou.

Consultor Previdenciário disse...

Cida

Quem concedeu? Se foi na Justiça terá que procurar seu advogado.

Consultor Previdenciário disse...

Carmelita

Recebe desde que fez o pedido.

Fernando disse...

Me acidentei em 31 de Janeiro, como muitas empresas, a minha sempre paga até o 5º dia útil sequente ao mês trabalho, nesse caso, recebi em Janeiro o pagamento referente a Dezembro, quando também foi feita minha contribuição ao INSS de Dezembro, pela empresa. Minha duvida é se essa contribuição feita em Janeiro, referente ao mês de Dezembro também entra na conta para o auxilio doença. E mais, em fevereiro eu recebi pela empresa o pagamento ao mês de janeiro e em março o referente aos 15 dias de fevereiro, queria saber se alguma dessas ultimas contribuições também conta. No caso, o meu é auxilio doença acidentário correto? Sofri o acidente no percurso de casa para o trabalho. Obrigado.

Consultor Previdenciário disse...

Fernando
Se a empresa fez e registro a CAT será acidente de trabalho, o cálculo vai usar somente até dezembro.

Fernando disse...

Muito obrigado, mas só fico na duvida do seguinte, seria a contribuição que foi paga em dezembro que é referente a novembro ou a de janeiro que é referente a dezembro?

Consultor Previdenciário disse...

Fernando
É por competência que sempre é pago no mês seguinte.
VOU FAZER UMA DOAÇÃO

Eva janine disse...

Bom dia!a juíza decretou q eles me pagassem os atrasados e eu não sabia,o processo já estava indo pro arquivo, ai fui atrás da advogada,eu média saber si eles pagam todo d uma vez?e já q foi dada a sentença, e eu q tinha mudado d endereço não sabia!ato tempo demora pra eles me pagar agora?

Consultor Previdenciário disse...

Eva
Veja com sua advogada ela sabe os detalhes.

Carina Cristiane disse...

Boa noite... meu pai deu entrada na aposentadoria e agora a situação apareceu como indeferido... Se ele entrar com recursos e a situação der deferido ele vai receber os atrasados contando do Dia que ele deu entrada... ou a partir da data que ele entrar com recursos?
Carina

Consultor Previdenciário disse...

Carina

Recebe desde o pedido original.

judite disse...

Boa noite catarino, , gostaria de saber sobre a aposentadoria para dona de casa, é a partir de quantos anos? Quis são os direitos? Se antes do tempo determinado eu ficar doente e não aguentar fazer os afazeres domésticos ?

Consultor Previdenciário disse...

Judite

Na prática não existe aposentadoria para dona de casa, o que existe é um plano de contribuição para dona de casa com direito a aposentadoria por idade aos 60 anos.

judite disse...

Ah entendi, me falaram que contribuindo com 12 parcelas, em caso da pessoa adoecer já tinha direito no auxílio doença, ou na aposentadoria por invalidez

amilton freitas disse...

Bom dia ...gostaria de orar uma dúvida
Meu filho consegui uma aulixio loas devida a baixa renda familiar e a cardiopatia e gostaria de fazer um plano de saúde pra ele ...caso eu faça o plano de saúde ele pode corre o risco de perder o benefício.???

Consultor Previdenciário disse...

Amilton

Quem recebe loas não tem meios de sobreviver e nem a família, se agora for pagar um plano de saúde privado de onde iria vir esse valor? Por isso é provável que o benefício seja cancelado.

Carla Batista disse...

Olá,meu nome é Carla.Fiz inúmeras pesquisas,porem não obtive êxito na minha duvida qto ao meu auxílio doença.É o seguinte,a última vez que minha carteira estava assinada foi em setembro 2.015.
Em 26 março 2.016 sofri uma queda,fui levada ao hospital,agravando para uma doença cervical degenerativa Espondiloartrose , Hérnia c6-c7,Fibromialgia.
Porém eu fui em vários médicos,q me indicaram medicamentos,e não ao INSS.Porém no dia 10/05 liguei p 135 e ai foi agendada perícia para 21/06.E o médico perito me concedeu auxílio do dia 15/06 até 15/09.Minha dúvida é,ele determinou a data de vigência a partir de 15/06 por conta da data do laudo do último médico que fui? Ou não tem nada a ver?Mais e a data que marquei perícia?Não recebo desde dia 10/05.?
Na carta de concessão diz que dei entrada dia 10/05 com vigência a partir de 15/06 até 30/06 e que os próximos serão pagos a partir do 5° dia útil.Examinei o extrato via internet e lá consta o valor referente 15/06 à 30/06.Afinal como segurado desempregado não terei direito de receber desde a data que liguei? Desde já agradeço,bom dia!

Consultor Previdenciário disse...

Carla, deve ser o dia que agendou o atendimento, pois quando o agendamento é feito 30 dias depois de estar doente começa a receber a partir do dia que fez a perícia.

Rochele de Matos disse...

Olá. A turma de recursos deu provimento ao meu recurso no mês 09/2015. Já entreguei a documentação necessária e me disseram que em até 10 dias estaria liberado, porém desde dezembro de 2015 que não consigo receber, vou até a agência e eles dizem que vai sair, só que isso já fazem 8 meses. Gostaria de saber, após dar provimento, quanto tempo o INSS tem para liberar o benefício?

Consultor Previdenciário disse...

Rochele

A regra diz que o prazo para cumprimento de decisão da junta é de 30 dias, mas quem faz o INSS cumprir?

Andreia Nunes disse...

Boa tarde Dr. Me chamo Andréia e estou com uma grande duvida: Em janeiro minha filha teve pericia (LOAS) e devido a falta de informação de minha parte não apresentei os laudos necessários. Recorri e dessa vez levei tudo.... Ela tem deficiência mental moderada com episódios de automutilação mas foi gerado outro numero de beneficio nesse novo pedido. Qual deles devo consultar? O atual diz dados divergentes e o da primeira pericia fala beneficio indeferido por não atender as necessidades para o benefício. Não sei se essa é a conclusão da primeira pericia e o certo é verificar com esse novo numero do benefício. Desde já muito obrigada

Consultor Previdenciário disse...

Andreia

Se fez um novo pedido deve consultar com esse novo número. Será feito tudo de novo.

Ewerton disse...

Ola Bom dia

Meu pai se aposentou na formula 85/95, na carta de concessão diz que requerido em 17/02/2016 com renda mensal de R$ 3.089,87 calculada conforme abaixo, com início de vigência a partir de 17/02/2016.
a duvida é vou receber os atrasados desde 17/02/2016?
No extrato do inss não aparece o valor total caso receba desde 17/02/2016, so aparece a aposentadoria que vai ser recebida em setembro.
No extrato não deveria o valor total que ele deveria receber?

Obrigado

Consultor Previdenciário disse...

Ewerton

Se o benefício tem data inicial em fevereiro é desde essa data que será pago.

Ivan Molina disse...

Boa tarde. Pode me esclarecer uma dúvida?
Em 01/2014, após término do auxílio-doença, entrei com recurso para auxílio-acidente devido ás sequelas físicas com que fiquei. Depois de muitas idas e vindas, diligências e recurso especial do INSS contra o provimento do meu recurso pela JR, essa semana a CAJ deu parecer favorável quanto a instituição do benefício. O INSS ainda poderá recorrer de descisão da CAJ ? Caso o auxílio-acidente seja instituído ele será calculado com base nas contribuição que fiz á Previdência até 01/2014 ou irá considerar também as contribuições que realizei nesses últimos anos?

Obrigado.

Consultor Previdenciário disse...

Ivan

O julgamento da CAJ é de última instância, o valor é 50% do que recebia no auxílio-doença.

bolis disse...

Boa noite!sofre acidente de trabalho em 2006,em janeiro de 2007 o INSS me reabilitou para exercer outra função, devido a lesão irreversível apresentada, quando cessou o auxilio doença o INSS não me concedeu o auxilio doença : Pergunta, tenho direito a este auxilio, mesmo já se passando 9 anos!

Consultor Previdenciário disse...

Bolis

Se tem ou não direito não tenho como saber, mas pode pedir no INSS para que analisem.

Debora disse...

Bom dia Dr. Tenho um pedido de recurso administrativo ao inss desde Maio de 2016 mas ate agora nao obtive nenhuma resposta. Sera que vale a pena ir pra justiça ?

Marta Santiago Fernandes disse...

Boa tarde ! A aposentdoria especial foi concedida por ação judicial. Tem que comunicar a empresa ? Qual é o prazo para desligamento. Já tem dois benefícios a disposição para crédito em conta. Posso sacar antes do desligamento ?

Consultor Previdenciário disse...

Marta

Tem que ser de imediato, só pode permanecer na empresa se ela tiver uma função que seja completamente fora do ambiente insalubre.

Consultor Previdenciário disse...

Debora

É normal demorar, pode acompanhar pela internet ou indo à agência.
Se entrar na Justiça o recurso é cancelado, mas só você pode saber se vale a pena ou não.

wesley fabricio da silva wfs disse...

boa noite dr,eu tive afastado do inss durante 2011 a 2014,porem fui liberado da reabilitaçao sem ter o inss nao tem provado com exito a minha incapacitade,fazendo eu entrar com recurso no juizado federal especial,durante esse tempo fiquei 1 ano sem receber,apos a decisao do juiz,voltei para a reabilitaçao,ficando 1 ano e 9 meses recebendo,porem so agora me chamaram para o comparecimento la no inss em campinas,queria saber o calculo de como saber quanto vou receber por esse 1 ano que fiquei sem receber,obrigado e boa noite

Consultor Previdenciário disse...

Wesley

É só multiplicar a renda mensal pelo número de meses que ficou sem receber e terá um valor aproximado.

Vinicius de Souza disse...

gostaria de saber se os atrasados são pagos referente a data da pericia em diante, na data da concessão ou a data do requerimento?

Consultor Previdenciário disse...

Vinicius

Se o pedido for concedido é pago desde a data do requerimento que deve ser a mesma da concessão.

Ivan Molina disse...

Boa tarde. Após o provimento do recurso pela CAJ e, o esgotamento de possibilidades do INSS recorrer, há um prazo determinado para que o INSS estabeleça o benefício?

Consultor Previdenciário disse...

Ivan

O prazo é de 30 dias, mas nem sempre é cumprido.

Criatiwa Personalizações disse...

Boa tarde!

O beneficio do meu filho foi julgado pela junta de recurso e concedido, porém esta no órgão de reconhecimento de direito, já fazem 45 dias, esse orgão costuma demorar?
Qual seria o prazo correto? E posso entrar na justiça caso demora ainda mais?
Pois dei entrada em 2014 e até agora não conseguimos receber.

Consultor Previdenciário disse...

Cristiwa

Não há prazo certo, pode entrar na Justiça, mas ao fazer isso abre mão do recurso e terá que esperar a solução da Justiça.

josias santos disse...

Boa noite, eu queria tirar uma duvida a respeito do advogado que pega uma causa de uma aposentadoria em recurso, tem uma porcentagem estipulada pela lei que ele pode cobrar do cliente ou ele pode cobrar o valor que quiser. Ex os atrasados deu 8.000 o advogado cobrou 4500,00 de seus honorários ou seja foi mais de 50%.isso é legal??

Consultor Previdenciário disse...

Josias

O correto é assinar um contrato onde consta o percentual que será cobrado a título de honorários ou o valor fixo. Se não tem o contrato pode contestar o valor cobrado na OAB.

Rosa Silva disse...

Boa noite dr catarino me ajude entender fiquei viúva ano passado dei entrada na pensão por morte me foi concedida veio assim e correto o que tive direito como eu recebia loas foi feito devolução de valores a soma foi 14 mil tirou o que erã do inss e sobrou 500 e mais 2 décimos foi ordenado pelo juiz quando minha carta chegou veio assim 880 o salario do mes mais 146 de décimo falor total 100,27 mil e vinte sete reais só é correto e tudo que o finado marido receberia se não morrese se consigui se aposentar por envalidez morreu de câncer

Consultor Previdenciário disse...

Rosa

Não tenho como saber o que ocorreu, terá que ir ao INSS para ver o que houve.

Rosa Silva disse...

Boa noite deide Já agradeço mais o que procuro ao chegar lar no inss tô pouco perdida