Tire suas dúvidas sobre o INSS no blog Os Benefícios da Previdência.

By
Dúvidas sobre o INSS, Benefícios, Segurados.

A grande maioria dos segurados do INSS tem dúvidas sobre os benefícios oferecidos pela Previdência Social, principalmente, sobre os procedimentos para requerer e sobre a documentação que precisa apresentar no dia marcado para o atendimento. A maneira mais fácil de tirar suas dúvidas sobre o INSS é aqui no blog Os Benefícios da Previdência.

Neste blog há artigos explicando, de forma simples, sobre todos os benefícios que o INSS disponibiliza a seus segurados, as formas de contribuição e outras informações relacionadas ao sistema previdenciário do Brasil. O visitante pode ler os artigos e, em caso de dúvida, pode fazer uma pergunta por meio dos comentários ou utilizando o Fórum doConsultor.

Para saber tudo sobre o INSS convido que leia Você sabe o que é INSS que escrevi para esclarecer as dúvidas sobre essa Instituição.

Para facilitar sua procura convido que veja o artigo: Quais os benefícios que o INSS oferece a seussegurados e suas regras básicas.



Se gostou do post ASSINE nosso FEED e receba os artigos
Cópia não permitida - www.aposentadorias.net 
Compartilhar 
Conheça o Fórum do Consultor

Fórum do Consultor. Pergunte sobre os benefícios do INSS

49 comentários:

  1. Me reponda. Dei entrada na justiça federal de aposentadoria por invalidez. So qie esta denorando muito e eu presciso de dinheiro pra comprar meus remedio. Se eu assinar minha carteira eu perco o processo? Mho-marci@hotmail.com

    ResponderExcluir
  2. Marciane
    Se consegue trabalhar é porque não está incapacitado, assim não terá direito ao benefício.

    ResponderExcluir
  3. Minha mulher faleceu a 2 meses ela recebia um benefício só q não sei se é auxílio doença ou loas como faço para saber qual benefício era e quanto tempo demora para o inss cancelar o recebimento do benefício

    ResponderExcluir
  4. Fábio.
    O benefício tem que cessar no dia do óbito, você tem que informar ao INSS o ocorrido. Tem que ver em algum documento que tenha em casa para saber que benefício era.

    ResponderExcluir
  5. Meu marido entrou pelo INSS mas o médico perito lançou apenas o ultimo atestado dele. Ou seja não pagaram os 5 dias antes desse atestado mas ele estava já de licença, acho q foi falta de atenção mesmo do perito. Gostaria de saber como fazemos para corrigir isso e receber os 5 dias anteriores.

    ResponderExcluir
  6. Ele tem que fazer um pedido de revisão e apresentar as provas de que houve o erro.

    ResponderExcluir
  7. Bom dia! Estou esperando a perícia do inss desde junho pois tenho ernia de disco ela estava marcada para 5 de setembro, quando fui fazer eles tinham remarcado para 30 de outubro pois o medico estava de ferias.Tenho dois laudos médicos e o ultimo foi do dia 16 de agosto e diz que preciso de dois meses ou mais.Mas daqui pra la com certeza minha pericia vai ser negada pois a minha doença são crises que dão! Queria saber se for negada eles vão me pagar os meses que fiquei sem trabalhar?pois não tenho culpa se o medico estava de ferias.

    ResponderExcluir
  8. Paloma
    Se for negado não é pago nada, só pagam se concederem.

    ResponderExcluir
  9. Paloma
    Se for negado não é pago nada, só pagam se concederem.

    ResponderExcluir
  10. Olá me chamo Jeferson trabalho em uma rede de Supermercados, estou com umas duvidas relacionadas a minha situação, se puderem me ajudar a esclarece-las agradeço!

    Devido um acidente fora do horário do trabalho acabei tendo um fratura na mão esquerda,tendo uma cartilagem da mão rompida e o osso do polegar está afastado, onde terei que passar por uma cirurgia para colocar um pino, tendo a possibilidade de 80% de chances do osso colar, estando a cirurgia marcado para o dia 03/10/2014.
    Já tenho um tempo aguardando a cirurgia, sendo afastado sempre por atestados médicos devido a impossibilidade de movimentação da mão esquerda, os atestados não completaram 15 dias consecutivos, porém mais 15 dias intercalados com o mesmo CID. O Setor Pessoal da empresa onde trabalho me encaminhou para uma PERICIA MEDICA DO HOSPITAL SANTA HELENA, devidos aos atestados com o mesmo CID, na segunda-feira (15/09/14).

    Gostaria de saber o que precisa ser feito por mim, pois não tenho nenhum conhecimento nesta área, a empresa demonstra uma má postura com relação as minhas duvidas, colegas de trabalho me indicaram este blogger onde deram-me boas recomendações a respeito das respostas.

    Minhas duvidas são:

    È preciso colocar atestado até o dia da pericia?

    A empresa não ligou ainda me dizendo o dia da pericia, esses dias que estou em casa sem atestado medico esta correto?

    Gostaria de uma orientação de alguém que tenha conhecimento na área, ou tenha passado por uma situação semelhante!

    Segue abaixo os dias dos atestados!

    06/08/14 M84.1 (05 DIAS)
    16/08/14 M796 (04 DIAS)
    23/08/14 M841 (10 DIAS)
    06/09/14 M84-1 (06 DIAS)
    13/09/14 M255 (02 DIAS)

    Agradeço!

    ResponderExcluir
  11. Jeferson
    Os primeiros 15 dias são pagos pela empresa, depois disso tem que ligar para o fone 135 e agendar perícia no INSS, não existe isso da empresa mandar fazer perícia. No dia marcado vai ao INSS e faz a perícia e só retorna ao trabalho quando estiver curado.

    ResponderExcluir
  12. Estou recebendo aux doenca que foi concedido pelo judicial, minha adv disse que o beneficio seria de seis meses, sendo que o prazo seria ate o mes 09 de 2014, iguei no 135 e me informaram que meu beneficio ainda está ativo e consta tempo indeterminado, o que seria isso?

    ResponderExcluir
  13. Celeste
    Eu não tenho acesso a nenhuma informação sobre os benefícios do INSS, sugiro que vá ao INSS para saber o que houve.

    ResponderExcluir
  14. Meu auxilio doença cessa em 17/10/2014 ainda recebo no mes de novembro?

    ResponderExcluir
  15. Alex
    Recebe os 17 dias do mês outubro.

    ResponderExcluir
  16. Ola,foi constatado em mim incapacidade laborativa. Por esse motivo o meu beneficio foi concedido por tempo indeterminado. Ha alguma possibilidade do inss suspender um beneficio concedido por tempo indeterminado?

    ResponderExcluir
  17. Marcone
    Sim, todos os benefícios são revistos a cada dois anos, esse tempo indeterminado quer dizer até dois anos.

    ResponderExcluir
  18. Obrigado amigo catarino. Nada melhor do que conversar com quem conhece. Abrcs...

    ResponderExcluir
  19. Amigo catarino, o INSS diz que faz revisao dos beneficios de dois em dois anos. Eu tenho um amigo que o seu beneficio ja esta com seis anos e ainda nao foi. Feito revisao, e o beneficio nao foi cortado.hà alguma explicaçao para isto? Obrgdo

    ResponderExcluir
  20. Marcone
    Na prática a revisão não é feita, somente em alguns casos ou quando há denúncia de que a pessoa está trabalhando ou fazendo alguma atividade que pareça incompatível com o benefício.

    ResponderExcluir
  21. Amigo catarino, mais uma vez fico grato a ti . Mas vou. Lhe fazer mais uma ppergunta: O MEU BENEFICIO FOI CONCEDIDO POR ACIDENTE DE TRABALHO. JA QUE NAO TENHO MAIS CACACIDADE DE VOLTAR A TRABALHAR, O INSS PODE CONVERTER ESSE BENEFICIO EM APOSENTADORIA, JA QUE TENHO DOIS ANOS E MEIO ENCOSTADO? Obrigado

    ResponderExcluir
  22. Marcone
    Pode sim, depende da avaliação do perito do INSS.

    ResponderExcluir
  23. MASCULINO - Fui militar do Exército de carreira concursado por 8 anos (onde o tempo de serviço é de 30 anos). Pedi exoneração, e paguei por 3 anos o INSS(20% SM). Hoje passei em um concurso público que também são 30 anos para aposentar. Posso somar 8(previdência própria)+3(INSS)+19(previdência própria) = 30 anos(aposentado)?
    Posso somar os 3 anos do inss e contar para dentro dos 30?

    ResponderExcluir
  24. Marcelo
    Pode sim, é só levar uma certidão de cada órgão e apresentar no RH do órgão onde trabalha. No serviço público há outras regras além do tempo, por isso deve procurar o RH e esclarecer.

    ResponderExcluir
  25. Meu filho de menor recebe beneficio assistencial para deficiênte se eu assinar carteira com um salario minimo ele perde esse beneficio somos em 4 pessoas

    ResponderExcluir


  26. Bom dia

    Estou com problmea em minha coluna e não estpu conseguindo fazer mais nada,se vestir,tomar banho,caminhada,dirigir,somente posição que me deixa corfotavel é deitado,hojte tenho 39 anos trabahei por cerca de 17 anos registrado em empresa e hoje a 15 meses estou como MEI e trabalho na construção civil de forros e divisorias.

    Estou no auxilio doença inss guarulhos a 3 meses e tenho que remarcar a nova pericia dia 25-11-14 e quero me aposentar pois vejo que não vou me recuperar pois o medico disse que os ossos de minha coluna estão gastos,CIS M19,9 M47,2,M51,1 M54,4,M79,2.
    Consigo me aposentar,podemos entrar com o pedido.?

    ResponderExcluir
  27. Valdemi
    Se é segurado pode pedir o benefício, não temos como opinar em matéria médica.

    ResponderExcluir
  28. Ola. Amigo catarino,estou precisando de uma orientaçao. Em setembro deste ano, fiz uma ultima pericia. Ha dois anos e quatro meses venho recebendo auxilio doença, pois sofri um acidente de trabalho na minha perna, e a mesma perdeu toda a força. Porêm o perito me tratou como se eu fosse um cachorro, e alem disso, forçou demais a minha perna, causando dano tambem na minha coluna. Depois disso nao consigo mais me levantar sozinho e nem me sentar, devido a verdadeira tortura que o perito me fez. Antes disso, mesmo com ajuda das muletas , tinha um pouco de facilidade pra andar,depois que o perito fez essa covardia comigo, minha situaçao complicou tres ou quatro vezes mais. Amigo, o que o senhor acha que devo fazer?OBRIGADO

    ResponderExcluir
  29. Procure um advogado que possa analisar o seu caso e recomendar o melhor caminho.

    ResponderExcluir
  30. Amigo catarino,se eu contratar um advogado contra o INSS nao corro risco de perder o meu beneficio?

    ResponderExcluir
  31. AMIGO CATARINO, O MEU BENEFICIO POR TEMPO INDETERMINADO IMPEDE DE A EMPRESA DA BBAIXA NA MINHA CARTEIRA? Grato

    ResponderExcluir
  32. AMIGO,A DOIS ANOS E MEIO SOFRI UM ACIDENTE DE TRABALHO.MAS NA VERDADE,O INSS ME PAGA AUXILIO DOENÇA. EM SETEMBRO DESTE ANO, FIZ UMA PERICIA COM UM ESPECIALISTA,E ELE ME CONCEDEU O BENEFICIO SEM DATA PRA TERMINAR. NAO TENHO MAIS CAPACIDADE DE VOLTAR A TRABALHAR. SE ESSE BENEFICIO FOR CONVERTIDO EM APOSENTADORIA. POR INVALIDEZ, A EMPRESA PODE DAR BAIXA NA MINHA CARTEIRA? Grato amigo

    ResponderExcluir
  33. Marcone
    Não pode, a lei manda que o contrato fique em suspenso por 5 anos.

    ResponderExcluir
  34. Minha esposa teve o salario maternidade concedido mas o INSS o bloqueou.
    A justificativa da agencia do INSS foi que não achava normal o marido empregar a esposa. Informação q não procede. Consultei a contabilidade e disseram q não há irregularidade.
    Sou empresário MEI e regiatrei a minha esposa..
    O posso fazer para resolver esse problema?

    ResponderExcluir
  35. Fábio.
    Não tenho como lhe orientar, sugiro que vá ao INSS para saber que documentos terá que apresentar para comprovar que ela realmente trabalhou e recebeu salário, veja se tem comprovantes como o crédito dos salários em conta bancária e outros documentos que tenha.

    ResponderExcluir
  36. meu esposo está em auxílio doença acidentário desde 04/2010, sofre de esquizofrenia paranóide, ansiedade generalizada, foi desencadeada após inúmeros assaltos que sofreu na função de motorista. Suas perícias sempre foram deferidas, na última dia 22/12/14, foi concedido o benefício por tempo indeterminado, a fundamentação foi alterada para os arts. 43, 71 e 78 da lei 8213. Será que ele está em R2 ou seria pedido de aposentadoria? Ele fica muito agitado quando sai em público, não possui o mesmo discernimento que antes, cuidados de higiene tem que ser induzidos por mim, enfim tornou-se como uma criança grande. Nas perícias não me deixam entrar com ele, o que só piora o nervosismo dele. Grata.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Janaina
      Para você obter informação dele no INSS terá que apresentar uma procuração. Caso queira pode fazer um requerimento ao chefe do posto onde será feita a perícia pedido para acompanhá-lo na perícia, tem que apresentar um atestado do médico. O requerimento tem que ser apresentado alguns dias antes da data da perícia para dar tempo de ser analisado.

      Excluir
    2. Agradeço pelo seu auxílio Sr. Catarino. Irei seguir suas orientações.

      Excluir
  37. Olá senhor Marconi ,eu tenho uma dúvida, o meu benefício auxílio doença acaba no dia 28/02 , eu gostaria de saber se eu tenho direito de receber no mês seguinte, ou tem perigo da justiça fazer com que eu devolva o salário? Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Moisés.
      Quem é Marconi?
      Se termina em 28.02 recebe o mês normalmente na mesma data que recebia antes.

      Excluir
    2. Obrigado! e desculpas eu mim confundie com o seu nome.

      Excluir
  38. Bom dia! Catarino Alves, estou afastado por cid F29, Faço acompanhamento com dois psiquiatras e ambos me diagnosticaram com a mesma cid F29, me deram os respsctivos laudos com a medicação que eu tomo que são medicamentos fortissimos e controlados ambos pediram afastamento por tempo inderteminado, a minha duvida é se neste caso o perito é obrigado a me aposentar ou ele pode me dar auta? Como funciona por favor!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcos, os peritos não seguem o que o seu médico diz, eles têm seus próprios critérios.
      Notícias do INSS

      Excluir
  39. Olá

    Meu parente, recebeu judicialmente o auxílio doença. Perto da data de cessar, ele pediu PP, na agência do INSS, fez a perícia, e passou. Soube que passou, porque após 15 dias ligou para o 135, na época, e aí disseram para ele que o benefício dele era por TEMPO INDETERMINADO. Muito bem. Porém, o referido benefício, tinha uma data de cessar, e esta foi a 14 meses atrás, no que ele soube disto, há pouco tempo, ao receber com atraso uma correspondência do INSS, que havia sido enviada para um outro endereço em que ele morou.

    Neste período, ele não trabalhou, terminou um tratamento em uma comunidade terapêutica, e ficou mais alguns meses em casa, fazendo visitas terapêuticas na comunidade, e frequentando grupos de apoio, aguardando uma chamada do INSS, que nunca veio. Vale ressaltar, que o benefício continua sendo depositado, todo mês, e no site consta como ATIVO.

    Por fim, ele vai procurar a agência do INSS, para solicitar alta, pois é seu desejo voltar a trabalhar.

    A questão é: ELE TERÁ DE DEVOLVER ALGUM VALOR AO INSS?

    Obrigado pela atenção

    ResponderExcluir

Caso tenha dúvida faça sua pergunta, utilize o FÓRUM DO CONSULTOR.
Ajude a divulgar o artigo indicando no Google+

Popular Posts