QUERO DOAR R$ 20,00

sábado, 22 de março de 2014

// // 4 comments

Como a Renda Mensal do Auxílio-doença é Paga pela Previdência

Como a Renda Mensal do Auxílio-doença é Paga pela Previdência

Neste artigo vamos tratar de como é feito o pagamento da renda mensal do benefício auxílio-doença.

Quando um trabalhador recorre ao benefício de auxílio-doença fica com dúvida de como é pago o valor da renda mensal. O INSS paga por competência, ou seja, de acordo com o número de dias que o segurado ficou em benefício em cada mês.

Exemplo: Se um segurado entrou em benefício dia 16 de março e vai ficar afastado até 16 de maio receberá os valores da seguinte maneira:
1 - O primeiro pagamento será feito com o valor correspondente aos dias de março e o pagamento será feito em abril;
2 – O segundo pagamento corresponderá ao mês abril completo e será pago em maio e

3 - O terceiro pagamento vai incluir os dias de maio e o proporcional do 13º, pois sempre que houver pagamento de 15 dias ou mais é pago uma quota de 13º, e esse terceiro pagamento será feito em junho.

Observação: O dia do pagamento é atribuído de acordo com o último dígito do número do benefício, podendo ser pago entre os últimos 5 dias úteis do mês atual e os primeiros 5 dias úteis no mês seguinte.
No exemplo acima o segurado terá retornado ao trabalho quando for receber o valor correspondente ao mês, no exemplo maio, que encerrou o benefício.

Caso o período seja maior os pagamentos são feitos mês a mês. Caso tenha havido atraso na concessão o valor do primeiro pagamento incluirá todos os meses anteriores a concessão.

Quem consulta o pagamento pela internet não vê os valores dos atrasados, só o valor do mês atual, mas quando for ao banco receberá todos os créditos já emitidos.

Outro fato importante sobre o valor da renda mensal do benefício de auxílio-doença é que não guarda nenhuma relação com o valor que recebe no emprego atual. A renda é calculada pela média das contribuições e dessa média é pago 91%, com isso o valor da renda mensal pode ser menor ou maior do que o valor do salário atual, depende de quanto recolheu ao longo do tempo.

O prazo para que o primeiro pagamento seja disponibilizado para saque é de 15 dias após a perícia realizada. Para sacar o primeiro pagamento é só comparecer no banco e agência indicada na carta de concessão, com o número do benefício e a identidade. Somente depois do primeiro pagamento é que o banco fornece o cartão magnético para saque dos demais pagamentos.

Saiba mais sobre a renda mensal nos benefícios do INSS lendo: Como é feito o cálculo da renda mensal nos benefícios do INSS.

Caso tenha alguma dúvida acesse o Fórum do Consultor Previdenciário, clique na imagem abaixo, e faça sua pergunta que será respondida o mais breve possível.

Fórum do Consultor Previdenciário

4 comentários:

Angélica Aciole disse...

Eu trabalhei cerca de 9 meses, sem ser registrada, em 1990, em uma clinica Dentária, que até hoje existe com os mesmos donos. Eu gostaria de saber como faço para conseguir regularizar este tempo, para juntar para fins de aposentadoria.

Catarino Alves disse...

Angelica.
Sobre esse assunto fiz o seguinte artigo. copia o llink e veja como fazer: http://www.aposentadorias.net/2013/12/como-comprovar-vinculo-empregaticio-que-nao-consta-no-inss.html

Priscila Andrade disse...

Ola tenho escoliose com encaminhamento cirurgico,e um aumento gradativo da curvatura que antes era de 40 graus,no INSS meu pedido foi negado 3 vezes agora dei entrada na justica federal com advogado,mostrei laudo,raio x panoramico da coluna e um outro inticativo de exame de escanometria,pois estou deselvovendo um problema nas pernas por causa do meu desvio na coluna,minha carteira estava assinada por menos de um ano quando fiz o pedido e alem disso dizem que sou muito nova so tenho 22 anos mas nao escolhe ficar assim,sinto muita dores.acha que meu beneficio pode ser negado por conta destes fatos.desde ja lhe agradeco.abraco!!!

Catarino Alves disse...

Priscila
Essa pergunta eu não tenho como responder.