QUERO DOAR R$ 20,00

sábado, 28 de dezembro de 2013

// // 122 comments

A aposentadoria por invalidez no INSS.

aposentadoria por invalidez, benefícios do INSS

Neste artigo vamos tratar do benefício de aposentadoria por invalidez que é concedido aos segurados da Previdência Social quando ficam incapacitados para exercer suas atividades e nem são elegíveis para reabilitação profissional.

A aposentadoria por Invalidez é um direito dos trabalhadores que, por doença ou acidente, forem considerados, pela perícia médica da Previdência Social, incapacitados para exercer suas atividades ou outro tipo de serviço que lhes garanta o sustento.  Não tem direito à aposentadoria por invalidez quem ao se filiar à Previdência Social já tiver doença ou lesão que geraria o benefício, a não ser quando a incapacidade resultar no agravamento da enfermidade.

Para ter direito ao benefício são exigidas 12 (doze) contribuições mensais, exceto na hipótese do art. 26 da Lei 8.213 de 1991, que independe de carência, ou seja, nas hipóteses de acidente de qualquer natureza, de doença profissional ou do trabalho, bem como nos casos de segurado que, após filiar-se ao Regime Geral de Previdência Social, for acometido de alguma das doenças e afecções especificadas em lista elaborada pelos Ministérios da Saúde e do Trabalho e da Previdência Social a cada três anos, de acordo com os critérios de estigma, deformação, mutilação, deficiência, ou outro fator que lhe confira especificidade e gravidade que mereçam tratamento particularizado.

Muitas pessoas perguntam se podem pedir a aposentadoria por invalidez, pois estão com alguma doença que acreditam que não haverá cura e por isso não poderão retornar ao trabalho. Na prática não há como requerer a aposentadoria por invalidez, quem fica incapacitado pelo trabalho, tanto por doença como por acidente, tem que requerer o benefício de auxílio-doença. Durante o período em que o segurado fica recebendo o auxílio-doença a perícia faz a avaliação da incapacidade. Quando a incapacidade para o trabalho é total e irreversível, segundo critérios da perícia médica, a aposentadoria por invalidez é concedida.

Quando uma pessoa está em benefício de auxílio-doença pode ocorrer três situações:

- a perícia médica considera que recuperou a capacidade laborativa e por isso o benefício é cessado para que retorne ao trabalho.

- a perícia médica considera que a recuperação é parcial e o segurado é encaminhado ao setor de reabilitação do INSS. Esse setor irá contatar a empresa onde o segurado trabalha para verificar a possibilidade de trocar de função devido a sua nova condição. Se a empresa não tem condições ou se o segurado estava desempregado quando ficou incapaz, é feito uma busca em outras empresas conveniadas para conseguir uma ocupação para o cidadão.

- a perícia médica considera que não há recuperação e recomenda a aposentadoria.

A aposentadoria por invalidez nunca é definitiva, por lei o segurado terá que se submeter a exames periciais a cada dois anos, na prática isso raramente ocorre. O aposentado por invalidez não pode exercer nenhuma atividade, mesmo que diferente da que exercia antes de ficar incapacitado. Se voltar ao trabalho seu benefício será cessado de imediato. Se sentir que pode desempenhar alguma função e a remuneração for compensadora deverá solicitar a suspensão do benefício.

Os requisitos mínimos para ter direito a aposentadoria por invalidez são os mesmos do auxílio-doença e você poderá saber lendo o artigo específico. A única diferença é que a renda mensal da aposentadoria por invalidez é igual a 100% da média, enquanto o auxílio-doença paga somente 91%. A média é feita utilizando 80% das maiores contribuições desde 07/94. Saiba mais sobre o cálculo da renda neste artigo: O cálculo da renda mensal do auxílio-doença.

Se a incapacidade do segurado exigir acompanhamento de uma pessoa isso dará direito a obter um adicional de 25% sobre a renda mensal, não estando limitado ao teto, ou seja, mesmo que receba mensalidade no teto poderá ter o acréscimo dos 25%. Esse benefício é concedido mediante solicitação e análise da perícia médica. Também tem direito a isenção do imposto de renda, mediante solicitação de uma certidão do INSS para ser entregue à Receita Federal.

Agradecemos por ter lido este artigo e esperamos que tenha lhe ajudado de alguma forma, caso tenha ficado com alguma dúvida convidamos que faça sua pergunta que será respondida o mais breve possível.

Fórum do Consultor. Pergunte sobre os benefícios do INSS

122 comentários:

Ildaci Stefen disse...

a isencao do imposto de renda e somente sobre o 25 por cento ou sobre o total do beneficio ? solicitando esta certidao junto ao inss ?

Catarino Alves disse...

Ildaci
Se foi concedida a isenção vale sobre todo o valor recebido.

luiz marinn disse...

ola doutor catarino, me aposentei por invalidez por problemas mentais, quero voltar a trabalhar, como faço para cancelar minha aposentadoria? é valido para qualquer doença ou cid?

Catarino Alves disse...

Luiz.
Você tem que agendar uma perícia de retorno ao trabalho.

sueli bocardo disse...

bom dia ,eu trabalho numa firma tercerizada que presta serviços em escolas ,,e o meu trabalho e auxiliar de faxina ,ja tenho 60 anos e tenho depressao suicida ,,to sem a cartilagem dos dois joelhos ...tenho dois esporao nos pes e ultimamente tenho softido muita dor no joelho e nas pernas e vivo tomando remedios fortes pra conseguir trabalhar e minhas perna vivem inchadas e fracas ...fui ao medico e ele me afastou 14 dias e tenho ortopedista dia 25 ..e nesta mesma firma ja sofri acidente de trabalho por produtos quimicos e fiquei afastada 3 meses voltei em novembro mas a minha saude nao e a mesma ,,tenho perda de apetite e crise nervosa o que eu faço so tenho 7 anos pagos da previdencia.e dificil eles me aposentarem pois nao tenho mais firmesa nas pernas o que faço me ajudem por favor

sueli bocardo disse...

minha irma e aposentada por invalidez ..eu trabalho e tenho de deixar ela sosinha em casa pois o seu salario minimo nao da pra sobreviver ...fiquei sabendo que ela tem direito a vinte e cinco por cento a mais de sua aposentadoria pois ela e incapacitada de sair sosinha e depende de mim pra tudo .se ela tiver vou parar de trabalhar pois estou doente tambem e ficar em casa pra cuidar dela melhor ..por favor me deem a respostas ..obrigado

Catarino Alves disse...

Sueli
Se ela é realmente aposentada por invalidez é só fazer o pedido no INSS que será examinada pela perícia médica.

elcio disse...

eu tenho anemia falseforme eu consigo me aposentar por invalidez?

Catarino Alves disse...

Elcio
Isso só a perícia do INSS pode lhe dizer.

elcio disse...

como eu passo pela pericia do inss?

Catarino Alves disse...

Elcio
Leia o artigo e entenderá.

Rafael Rodrigues Silva disse...

Rafael .Eu tenho uma protese mecanica cardiaca tenho direito de aposentar.minha profissão e torneiro mecanica tenho 31 anos.


Catarino Alves disse...

Rafael
Não temos como opinar em matéria médica, leia o artigo para ver como funciona a aposentadoria por invalidez.

Maria Aparecida Maciel disse...

maria trabalhei 10 anos resistrada numa firma depois parei 10 anos depois comecei a pagar o carne do ins já tenho 13 anos pago só que eu quero pagar os atrasados para eu me aposentar como eu faço.

Catarino Alves disse...

Maria
Não tem como pagar tempos que ficou desempregada e não recolheu de forma espontânea e sem atraso.

naif rafael disse...

Dr. Catarino,

Peço sua atenção e ajuda não para mim, mas para um caso muito sério que me comoveu este final de semana e gostaria de poder ajudar.
Uma moça de 33 anos, 2 filhas menores, perdeu a perna com 26 anos.
Do INSS conseguiu 2 anos de auxílio (terminou com 28 anos), uma prótese e um curso profissionalizante.
Sofre de dores e vários agravantes da amputação. Sofre muito mesmo, não consegue trabalhar de jeito algum.
Tem laudos, etc.
Entrou na Justiça Estadual e perdeu. Segundo conta, seu próprio advogado disse que não valia a pena recorrer pois ainda era nova.
A questão é:
POsto que ela realmente não conseguiu se readaptar e sofre diversas situações de saúde agravantes da amputação, valeria a pena entrar na Justiça Federal?
Se sim, ela terá direito à receber o período entre 2011 e a data atual que não recebeu nenhum benefício?
É comum este procedimento, mesmo em caso de uma amputação por acidente, praticamente toda a perna, não aposentarem?
Sei que o Dr,. é muito ocupado, mas sei que é um homem excepcional se puder ajudar, através de sua orientação vou procurar apoiá-la, realmente a situação me consternou.
Um forte abraço.

naif rafael disse...

Dr. Catarino,

Sobre a consulta que acabei de fazer, a moça deficiente tem um bom tempo de contribuição anterior ao acidente, para seu conhecimento.
Abço

Catarino Alves disse...

Naif
Não tenho como responder essa questão, pois é difícil falar de casos específicos sem conhecer o processo. Ela precisa contratar um advogado que possa ver porque perdeu na Justiça, se foi algum erro do advogado dela ou não e depois ver se há alguma coisa que possa recorrer novamente à Justiça, pois quando ela for entrar com o processo o INSS vai apresentar em sua defesa a sentença que já teve, pois por ser estadual ou federal não há diferença.

Ademir cipriano disse...

gostaria de saber se posso me aposentar sofri um acidente de moto e encurtei a perna direita nove centímetro e não dobro a perna

Catarino Alves disse...

Ademir
A aposentadoria por invalidez é uma decisão exclusiva da perícia do INSS, leia o artigo que nele explico essa situação.

Charles Vale disse...

Dr. sou aposentado por invalidez, sou cego e portador de graucoma em alto grau. eu me casei no cilviz, uma pergunta se minha esposa trabalhar de carteira assinado o meu beneficio sera cortado???

Catarino Alves disse...

Charles, você tem certeza que é aposentado, pois essa pergunta é feita por quem recebe benefício assistencial à pessoa com deficiência que tem a manutenção relacionada com a renda familiar. Sugiro que leia o artigo e se é realmente aposentado não tem nenhum problema a esposa trabalhar.

julia reis disse...

a medica perita deu ao meu marido aposentadoria por invalidez pediu para aguardar carta em casa 20 dias e sera que pelo numero do beneficio eu consigo saber pela internete se ja esta pronta e o dia que devo ir ao inss para saber onde vou receber.

Catarino Alves disse...

Julia
Na aposentadoria é dado um novo número e para saber se foi concedida só indo ao INSS.

joelma andrade disse...

tenho um filho com sindrome de moebus,ele é aposentado pelo inss e ganha um salario minimo,vivo em funcao dele nao tenho nenhuma renda,existe algum beneficio que possa me ajuda sem que eu perca a aposentaduria dele

julia reis disse...

Catarino boa noite. eu preciso saber uma coisa meu marido vive da profissao motorista particular só que nao pode mais dirigir pois esta com cegueira legal devido a diabete proliferativa ele pode se aposentar por invalidez pois ja esta em auxilio doença ja 2 anos e devido nova pericia esta aguardando isso acontecer . obrigada.

Catarino Alves disse...

Julia
Leia o artigo que nele explico como funciona, justamente a sua dúvida.

Catarino Alves disse...

Joelma
Não existe nenhum benefício por cuidar de alguém, talvez na prefeitura possam lhe dar alguma ajuda.

Lucia de oliveira disse...

Passei na pericia judicial por estar com depressao recorrente ,tenho hiv e ja tive tuberculose,tambem estou com problemas na colluna ,espondiloartrose lombar,só sei de uma coisa eu nao vou trabalhar doente .ja contribui com o o inss por mais de vinte anos se me negarem sou capaz de cometer uma tragedia por conta da depressao que sinto.....

Catarino Alves disse...

Lucia
Converse com seu advogado para que ele explique por que perdeu a causa.

Joaobarbosa Barbosa disse...

Ola boa noite !! Minha esposa descobriu que tem lupos e ela esta desempregada a 6 meses ; ela pode tentar afastar pelo SUS já que ela não consegue trabalhar por causa das dores constantes e fica cansada atoa grato

Catarino Alves disse...

João
Se ela tinha mais de 12 meses de contribuição mantém o direito por mais 12 meses, assim pode fazer o pedido.

my disse...

dr to afastada a 1 ano e meio sou caixa de um supermercado.mas nao consigo fazer masi nada to com forte depresao cid 32.3 por favor o qeu faço se nao passar na proximma pericica

Catarino Alves disse...

Isso não há como prever.

marcos aves disse...

Bom dia DR , tenho um irmão aposentados por invalidez acidentaria B 92 ,o problema é a visão perda do olho 100% e do olho direito 50% , será que a previdência pode convocar ele para fazer pericia neste caso o perito escreveu no pedido da aposentadoria é INCURAVEL E INRREVERSIVEL ,ele é aposentado desde 2003 mais de 10 anos fora o afastamento que foi em 2001.
Eles do INSS não deveria pagar o auxilio acidente B94 caso eles me convoque para pericia medica , por que o perito aposentou direto , também é verdade que eles vão chamar todos os aposentados para pericia ou cada caso é um caso fico no aguardo .

Catarino Alves disse...

A lei manda revisar todos, mas isso não estava sendo feito e agora irão fazer.

marcos aves disse...

Boa noite DR , tenho um irmão aposentados por invalidez acidentaria B 92 ,ele não tem que receber a B94 auxilio acidente primeiro caso ele recebe alta ......

Catarino Alves disse...

Marcos
Isso só a perícia pode responder.

marcos aves disse...

Bom dia CATARINO são todos aposentados por invalidez sera convocado , ou cada caso é um caso eles avalia os documentos primeiro antes de chamar uma pessoa atttt

Catarino Alves disse...

Marcos
Não sei responder, sugiro que vá ao INSS saber da sua situação.

jhonatan tiene disse...

com a Carta de Concessão da internet posso receber meu beneficio de axilio doença

Catarino Alves disse...

Jhonatan
Pode sim, é só observar o dia que estará liberado e levar seus documentos pessoais e a carta.

marcos aves disse...


O INSS pode mudar um beneficio ACIDENTÁRIO da B92 para B94 no auxilio acidente , e depois liberar o aposentados ……….
Bom dia eu tenho 6 anos de contribuição mas sofri um acidente de trabalho estou aposentados a mais de 13 anos , e no meu caso eu perco o tempo de carteira meu registro esta em aberto ate hoje pela empresa …………….

Catarino Alves disse...

Marcos
Por lei pode, se não passou 5 anos de aposentado pode retornar ao trabalho na mesma empresa, caso tenha alta da aposentadoria e passe a receber o auxílio-acidente.

marcos aves disse...

Catarino bom dia e o tempo de carteira explica para mim , não tem que ter 15 anos de contribuição ....
OBS= tenho 6 anos de contribuição mas sofri um acidente de trabalho estou aposentados a mais de 13 anos , e no meu caso eu perco o tempo de carteira meu registro esta em aberto ate hoje pela empresa …………….

marcos aves disse...

Bom dia eu tenho 6 anos de contribuição mas sofri um acidente de trabalho estou aposentados a mais de 13 anos , e no meu caso eu perco o tempo de carteira meu registro esta em aberto ate hoje pela empresa …………….

Catarino Alves disse...

Marcos
Para que você quer usar o tempo em carteira se já está aposentado?

marcos aves disse...

Bom dia CATARINO se a previdência convocar os aposentados por invalidez acidentário na B92 para pericia e liberar .
Por causa disso que eu te perguntei dos 6 anos de contribuição e resto de aposentadoria por invalidez isto soma na contagem dos 35 anos de carteira, dizem que vai chamar todos os aposentados por invalidez uns fala que cada caso é um caso nem todos ....

Catarino Alves disse...

Marcos
Não sei responder sobre essa questão, sugiro que vá ao INSS ver sua situação.

leumas m disse...

Meu nome Samuel de Macedo fiz 3 cirurgias no ombro tenho aangina. Perdi a forca do braço e arranquei a veia safena da perna tenho 48 anos não consigo emprego por causa dos problemas e fico um mês no emprego e mandam embora ou me afastam do serviço e o INSS não quer me aposentar! E tenho ainda um filho tetraplégico. Como faco pra comprar remédio comer se eles não me aposentam e ninguém. Me pega pra trabalhar. Já tenho 28 anos trabalhados. Como facto. E o pior é que me enquadro em todos os requisitos pra se Aposentar mas eles não aposentam? Como fasó Catarino

Catarino Alves disse...

Sugiro que procure um advogado na sua cidade.

Shen disse...

Estou afastada há um ano e sete meses, por cirurgia de coluna. Meu último perito disse que só um milagre da medicina para voltar a trabalhar, perguntou o tempo que estava afastada e me deu até o fim do ano. Minha pergunta é ;
Trabalho na empresa há 12 anos, tenho direito alguma coisa?
Caso venha me aposentar!
Meu médico particular quer me dar uma carta solicitado minha aposentadoria, vale para alguma decisão pericial?
Obriga aguardo resposta...

Catarino Alves disse...

Shen
De pouco adianta levar carta de médico indicando aposentadoria, os peritos seguem as regras deles. Na empresa não tem nenhum direito a mair por aposentar-se.

Ricardo Oliveira Guimaraes disse...

Prezado Catarino, eu tive e afastamento entre 2009 e 2010 devido a transtornos mentais, Bipolar e Depressão, no final de 2010 sai do trabalho para conseguir realizar um tratamento melhor e diminuir a carga de remédios que eram muitos, planejei ficar 1 ano sem trabalhar para me recuperar, o problema é que o dinheiro acabou e tive que abandonar o tratamento psiquiatrico que era particular achando que conseguiria atendimento pelo sus, estou na fila de espera desde 2011 e só consegui atendimento este mes em uma cidade vizinha, a minha duvida é: estou desde nov/2010 sem registro na carteira, ou seja sem pagar inss, ainda posso dar entrada em beneficio pois não consegui retornar ao mercado de trabalho devido a uma ansiedade cronica parte do transtorno bipolar, na consulta médica fui informado que eu não deveria procurar emprego agora que deveria me tratar, posso pedir auxilio!!

Catarino Alves disse...

Ricardo
Por ficar sem contribuir desde 2010 deixou de ser segurado do INSS, pode tentar fazer o pedido para ver se consideram que na época que ficou incapacitado era segurado.

Catarino Alves disse...

Ricardo
Por ficar sem contribuir desde 2010 deixou de ser segurado do INSS, pode tentar fazer o pedido para ver se consideram que na época que ficou incapacitado era segurado.

Jocerlanio Lins disse...

Sou Jocerlanio tenho 28 anos sou acougeiro mas tenho serio problema de visão nao vejo com o olho esquerdo e enxergo trinta por cento com o direito que beneficio tenho direito

Catarino Alves disse...

Jocerlanio
Não tenho como responder, pois não diz se recolhe INSS, desde quanto recolhe, quando ficou doente já era contribuinte? Leia o artigo e entenderá.

Doris Bieging disse...

boa tarde, estou em auxilio-doença a mais de 5 anos , tenho varios cids, e agora tambem descobri que tenho vírus do hiv, tenho 17 anos de contribuiçao, fui enviada para reabilitaçaõ, mas ainda não fui chamada, posso pedir minha aposentadoria.

Catarino Alves disse...

Doris
Pode tentar levando os comprovantes da nova doença.

celeste geryn disse...

Tenho 63 anos,estou com dores por todo corpo pois sofro de fibromialgia,depressão,artrose,e já fiz pericia duas vezes pra ver se consigo um afastamento,mas os peritos nem sequer dão uma olhada nos exames que a gente leva,assim como eles vão saber se a gente tem direito ou não.É um direito de todo cidadão que está na ativa,mas eles não querem nem saber,só negam,porque???

Catarino Alves disse...

Celeste
Essa pergunta eu não tenho como responder.

Jeferson Oliveira disse...

Boa noite Dr,
Minha mae e aposentado por invalidez deste 2010, os peritos informaram que ela passa por disturbio mental, bom ela esta fazendo 60 anos em março de 2015, gostaria de saber se vale apena$$ fazer a troca da aposentadoria de invalidez por a da idade?
Desde já agradeço e fico no aguardo.

Abraços.

Catarino Alves disse...

Jeferson
No INSS não tem como fazer essa troca.

daniel araujo disse...

Estou revendo o auxilio doença a 1 ano pela CID 32,, o tratamento deixou seria sequela Comba impossibilidade de trabalhar,, o INSS pode quer me dar alta ou não ??

Catarino Alves disse...

Daniel
Não podemos opinar em matéria médica.

Carlos Coelho disse...

Bom dia FIS uma pericia e me aposentar o pôr invalides mais FIS outra pericia com perito do tedran ele repachou minha CNH dê d para b 2a perigo minha aposentadoria por invalides me desponta obg

Catarino Alves disse...

Carlos
Não entendi sua dúvida.

Carlos Coelho disse...

Boá tarde fui aposentado por infalides minha CNH era categoria d fiz uma pericia no detran o perito repachou para b isso implicaria na minha aposentadoria por invalides porque tenho um carro de passeio implicaria na minha aposentadoria sim ou não obrigado

Catarino Alves disse...

Carlos
Quem é aposentado por invalidez só pode ter CNH se a perícia do INSS autorizar, sugiro que procure o INSS para ver se pode conduzir veículo na categoria B.

Denise disse...

Boa noite. Minha mãe trabalhou por 8 meses de empregada doméstica e ainda está registrada. Ficou doente com um quadro grave de DPOC. Hj teve perícia e o médico disse q ela não poderá receber o auxílio doença porei a doença foi antes da data de início. Só descobrimos a doença a pouco mais de 3 mese

Denise disse...

Como podemos recorrer deste laudo?att, DeniseBoa noite. Minha mãe trabalhou por 8 meses de empregada doméstica e ainda está registrada. Ficou doente com um quadro grave de DPOC. Hj teve perícia e o médico disse q ela não poderá receber o auxílio doença porei a doença foi antes da data de início. Só descobrimos a doença a pouco mais de 3 mese

Catarino Alves disse...

Denise
Matéria médica não temos como opinar, sugiro que procure o médico dela que possa apresentar provas de que a doença só iniciou agora.

Doigo Oliveira De Sousa disse...

Senhor catarino queria sabermeu beneficio foi sessado porque nao me comunicarao para fazer a reabilitacao e falarao que eu tinha que pedir um pedido de reconcideracao e iria demora oito meses para fazer a pericia .eu fiz com oito meses de pois , o perito me sugerio o auxilio acidente porque eu perdi o cutuvelo ,e iria demora ums20 dias para eu ficar sabendo mas ja se pasarao 50dias e nada eu fui la no inss e me falarao que tinha so um medico para resolver varias questoes ,eque eu tinha que espera ate 3meses ,podem fazeren isso

Doigo Oliveira De Sousa disse...

Seu catarino eu posso dar entrada em um outro auxilio acidente

Catarino Alves disse...

Não tem nada que possa fazer para antecipar os prazos do INSS.

LUIZ FERNANDO disse...

olá tenho uma tia que aposentou por invalidez.
ocorre que ela tem a carteira assinada e vem de um longo período de auxilio doença ate poder aposentar, ela deve pedir baixa na carteira junto ao seu patrão ou deve esperar algum tempo?
como ela pode agir?

Catarino Alves disse...

Luiz
Ela não tem que fazer nada, pois o contrato de trabalho fica suspenso por 5 anos, se no final desse prazo a aposentadoria não foi revertida a empresa dá baixa no contrato.

vitória mota da costa disse...

Sr. Bom Dia quero saber meu marido é aposentado por invalidez se eu pagar o inss eu posso me aposentar tambem.

Catarino Alves disse...

Vitória
Se realmente ele é aposentado, não recebe LOAS, pode pagar e se aposentar normalmente.

Antonio Cesar disse...

Bom dia, sou portador de ELA e fui aposentado por invalidez em março 2014 por ordem judicial mas só recebi em novembro de 2014 só que cobraram 500,00 de IR, e fui informado que poderia pedir a restituição e ao ir no INSS falaram q tenho q declarar imposto de renda pra só então pedir a restituição.nunca declarei IR.Isto esta correto? Senão como proceder?Ainda tem 12.000,00 de atrazados esperando na julgamento de recurso na Recursal SP, se vier vai ser cobrado mais IR? O que fazer?

Catarino Alves disse...

Antonio Cesar
Sua dúvida é bem interessante e pode ser comum a outras pessoas, por isso resolvi responder na forma de um artigo, que peço que leia no seguinte link: Dúvida sobre incidência do Imposto de Renda nos benefícios do INSS

junior almeida disse...

Doutor, a bronquite asmática( Bronquiectasia pulmonar) tem direito a aposentadoria???

Catarino Alves disse...

Junior
Não existe nenhuma doença que dê direito a aposentadoria, o que importa é que a doença torne o trabalhador totalmente incapacitado para o trabalho que faz e nem possa ser reabilitado para outra função.

Pedro Gabriel disse...

Boa noite,uma pessoa aposentada por invalidez por esquizofrenia cid 10 20 ,se renova sua carteira B armadora sem remuneração, o INSS suspende automaticamente o benefício?

Catarino Alves disse...

Pedro
Se a doença incapacitante for incompatível com o ato de dirigir automóvel o benefício é suspenso.

Pedro Gabriel disse...

Presumo então que o Detran comunique ao INSS mêsmo que sua profissão anterior não tenha sido de motorista e mesmo VC renovando a B e sem remuneração afim de apenas locomoção necessária?

Catarino Alves disse...

Pedro
Isso só a perícia do INSS tem como saber.

Paulo Henrique Americo Lucindo disse...

oque que dizer cessado o meu beneficio esta assim

Catarino Alves disse...

Paulo
O que quer dizer é a própria palavra, cessado, encerrado, o que você precisa saber é o porquê de estar cessado e isso só no INSS.

Rovilso Alonso disse...

Ola Catarino tenho duvidas meu pai faceu quando tinha 11 meses e já vou completar 20 anos eu tenho algum beneficio a receber e se tiver quais são os documentos q preciso?

Catarino Alves disse...

Rovilso
Não tenho como responder, você precisa saber se ele era segurado quando faleceu e se ninguém pediu o benefício como esposa ou companheira. Para saber isso só indo ao INSS.

Ivone Rocha disse...

Boa noite! Meu tio é portador do Mal de Parkinson, é aposentado por invalidez e já recebe o acréscimo de 25% no beneficio. Porem, o INSS nega o direito ao recebimento dos atrasados. Como devemos proceder? obrigada!
Ivone

Catarino Alves disse...

Ivone
Não se que atrasados você se refere, saliento que o INSS paga a partir do dia do pedido.

pires disse...

Boa noite. Gostaria de tirar uma duvida. Em 2/12/13 passei por uma pericia quando o perito fundamentou artigo 43, 71,78. Na ocasião ele disse que seria reavaliado no final de 2 anos e eu seria informado do limite do beneficio através de novo comunicado. Hoje está fazendo 1 ano e 4 meses e não recebi nenhum comunicado. Liguei nos 135 e disseram que o DCB continua indeterminado (não tem data). Entendo que foi sugerido aposentadoria, mas continua B31. Será que ainda não foi avaliado pelos superiores? O que provavelmente pode acontecer?

Catarino Alves disse...

Pires
Não temos como saber o que houve, a única solução e você ir ao INSS onde fez o pedido e verificar, pois se a aposentadoria foi negada terá que pedir prorrogação antes de cessar o benefício, cuja data não passa de dois anos.
Notícias do INSS

pires disse...

Ok, obrigado pela atenção. vou ate ao INSS para saber. Apenas mais uma coisa! caso já tenha sido analisado a sugestão de aposentadoria e negada, já não era para ter uma data para o DCB?

Catarino Alves disse...

Pires
Isso eu não tenho como responder.

Marieta disse...

Meu tio é aposentado por invalidez, por cegueira. Mas um vizinho fez vários videos dele trabalhando de mecânico e também dirigindo carro.
O que pode acontecer se ele entregar esses videos ao INSS ?

Arione Barbosa Jr disse...

Bom dia Doutor
efetuei o pedido de aposentadoria por invalidez devido ao fato de ter epilepsia adquirida após um assalto no qual recebi um tiro na cabeça e ter ficado com o projetil alojado dentro dela em 2001 Mesmo com o problema a empresa que trabalhava nao me demitiu e adaptou alguns cuidados que eram necessarios para que pudesse continuar trabalhando porem apos ser deminitido e tentar encontrar outro trabalho percebi que e quase impossivel pois nenhuma empresa tem interesse devido a este problema existir e entao decidi solicitar a minha aposentadoria porem foi negada devido ao fato de que eu não tenho mais a qualidade de segurado por nao ter vinculo empregaticio a mais de 12 meses o que posso fazer para reverter esta situação e conseguir o beneficio

Daniel Pedro disse...

Sou autônomo e estou afastado do INSS, por depressão tomo remédios controlados, revalidei minha carteira de motorista AB, so que passei pelos os médicos e eles não falaram nada so que agora as pessoas me falaram que posso perde meu benefícios, oque posso fazer?

Catarino Alves disse...

Marieta
Se ele não é cego e enganou o INSS vai ter que devolver tudo o que recebeu e ainda responder processo criminal.

Catarino Alves disse...

Arioine
Isso eu não tenho como responder.

Catarino Alves disse...

Arioine
Isso eu não tenho como responder.

Catarino Alves disse...

Daniel
Realmente não podia ter ido renovar a carteira, só se tivesse dito ao perito do trânsito e ele tivesse dito que não tinha problema.

DIEGO BEZERRA disse...

FIZ PERICIA E MEU BENEFICIO FOI CONCEDIDO SEM DATA OQ ISSO QUE DIZE ?

Catarino Alves disse...

Diego
Não sei do que se trata, sugiro que ligue para o fone 135 para ver se sabem do que se trata.

elcio disse...

Eu tenho anemia falsiforme q causa dor vo posta um link explicando. As empresas n me contrata devido esse poblema mais ja dei entrada no inss e n consegui nada por causa da renda e tbm q eles alega q eu tenho como trabalhar mais ja fiz varias entrevista eu ate passo mais quando falo do meu poblema n fico na empresa vou faser 24 anos mes q vem e nunca trabalhei e dependo dos meus pais e n queria depender mais deles me ajudem por favor link sobre minha doença http://www.google.com.br/url?q=http://anemiafalciformeempauta.blogspot.com/%3Fm%3D1&sa=U&ved=0CBUQFjADahUKEwiF4-3Br4TIAhUGlZAKHWyRCCM&sig2=hwokHUUAteMayhoVNIIolw&usg=AFQjCNHiqWRU-F1MAyejhMrQjq2jIOzr_Q

Giovana Theodora disse...

Pessoa com depressão recorrente, esta aposentada via judicial, em processo ainda em andamento. Pessoa necessita de veiculo para melhor locomoção, claro que como passageira, porem por ter isenção de taxas, compraria em seu proprio nome. Isso pode vir a ser usado pelo inss contra o paciente? O inss tem acesso a esse tipo de informação ou quando se pede isenção de taxas que ocorre? Outra questão, Fies, neste caso ele é cancelado através da informação do inss , isso pode tb ser usado contra o paciente ja que antes de adoecer estava estudando?

Catarino Alves disse...

Giovana
Como se trata de pedido via judicial a melhor opção é ele falar com o advogado que vai orientar melhor.

Rosa branca disse...

Uma pessoa que foi aposentada com o cid 10... Na verdade está pessoa não tem nenhuma doença, enganou tds os peritos, ele mesmo vive tirando onda dizendo que estes peritos são tds idiotas... Como pode essa pessoa continuar recebendo, somos nós tds que pagamos o salário dele, é um absurdo... Qual é o procedimento a tomar...obrigado

Catarino Alves disse...

Rosa
Você pode denunciar no INSS, pelo fone 135, na Polícia Federal ou no Ministério Público Federal.

Leonardo Quintanilha disse...

Bom dia gostaria que sanasse uma dúvida por favor.
Já fui a 5 advogados e apenas 2me disseram que eu poderia dar entrada antes de suspenderam meu aux doença. Já estou afastado a 2anos e agora estão querendo me reabilitar profissionalmente. Se eu esperar eles me jogarem pra reabilitação eu corro o risco de ficar sem receber pq nao tenho condições de encarar trânsito e caminhadas, por mais que sejam breve.Ocorreu erro médico, fiquei 28dias aguardando as próteses para coluna chegarem, hospital público, minha bacia calcificou errada e sinto muitas dores qd ando ou fico muito tempo em pé, sem falar a dor na coluna pois tenho próteses placas e pinos na L4 e L5 e sacro S1. foi mt complexa minha fratura, e não foi acidente de trabalho, minha empresa está "falindo" mandou mais de 50%embora.
Se eu for liberado pra reabilitação e o médico do trabalho me barrar como eu procedo? Aguardo os trâmites todos ou poderia dar entrada direto pela Justiça Federal para aposentadoria por invalidez? Nao gostaria de esperar o processo terminar e ficar sem receber durante esse periodo. Ou seria melhor esperar eles liberaram pra reabilitação e so depois dar entrada?! desde já te agradeço a atenção! abraco

O Consultor em Previdência disse...

Se acredita que tem direito procure um advogado que ele saberá orientar o melhor caminho.

Regina Seixas disse...

Bom dia. Por favor, minha mãe tem doença psiquiátrica , CID 33.3 + 42.1, e recebe auxilio doença a 1 ano e meio. Gostaria de saber se ela tem direito a pedir aposentadoria por invalidez. Ela contribui com o INSS a mais ou menos 23 anos. Temos todos os laudos do Psiquiatra desde o início da doença.Caso ela tenha direito, como devemos proceder? Obrigada pela atenção.

O Consultor em Previdência disse...

Regina
Não existe como determinar quem tem ou não direito, se ela está em auxílio-doença tem que aguardar a decisão dos peritos.

orcione disse...

Meu colega era aposentado por invalidez cegueira. Em 85 ingressou no serviço publico mas não seu baixa continuou recebendo. O inss pediu para ele justificar o retorno ao serviço. Eu pergunto ele terá que devolver o que recebeu.

O Consultor em Previdência disse...

Orcione
Vai depender do que ele justificar e da perícia médica, se ficar comprovado que ele pode exercer essa nova atividade não precisa devolver.

Quero Doar R$ 10,00

osvaldo lemes disse...

estou a cinco anos tomando medicação controlada com o cid f41.0 e f31.2 posso aposentar? Osvaldo, estou ainda recebendo beneficio do INSS.

Consultor Previdenciário disse...

Osvaldo
Aposentadoria é uma decisão da perícia médica do INSS, não há como opinar se tem ou não direito.
VOU FAZER UMA DOAÇÃO

Dyemerson dos Santos disse...

Boa noite

Me chamo Dyemerson, minha duvida e que eu fui demitido a quase 2 anos da empresa e depois de 1 ano comecei a pegar o seguro desemprego por ordem judicial, ai ouvi falar que tenho mais 12 meses de segurado, tenho um problema cronico pulmonar(Bronquiectasias), estou desempregado e quero saber se posso dar entrada no auxilio somente com os laudos que tenho, um feito em 2010 e outro em 2014 com raioi x e tomografias computadorizadas, preciso de atestado medico ?Lembrando que estou desempregado e tenho os laudos e tomografias que comprovam a doenca.
Por favor peco que me ajudem.

Consultor Previdenciário disse...

Dyemerson
Vai precisar de um atestado atual e pode usar os laudos que já tem. Se terá direito só o INSS poderá responder, mantém o direito por 2 anos, caso tinha 12 ou mais meses de trabalho no último emprego.