QUERO DOAR R$ 20,00

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

// // 3 comments

O que o segurado do INSS deve verificar antes de requerer sua aposentadoria.

aposentadoria, INSS, Previdência, Benefícios

Considerando que a aposentadoria é um ato definitivo e que vai influenciar as condições de sobrevivência do cidadão pelo resto da vida é necessário que, antes de requerer o benefício, o segurado verifique o seguinte:

1 – qual o valor que vinha contribuindo e qual a expectativa de renda mensal para o benefício pretendido.

2 – esta empregado ou trabalhando normalmente e tem condições de continuar contribuindo ou está desempregado.

3 – qual o tempo de contribuição exato que possui, pois no INSS o tempo é contado, para fins de cálculo da renda, em anos, assim se tiver 35 anos e 10 meses, por exemplo, vale mais a pena esperar até completar 36 anos.

4 – qual sua idade exata, pois o fator previdenciário só muda de acordo com a idade em anos, assim quem tem 53 anos e 10 meses, por exemplo, vale mais a pena esperar até completar 54 anos para ter um fator previdenciário menor e, com isso, uma renda maior.

Em resumo:

- se a média das contribuições feitas é igual ou muito próxima do salário-mínimo a aposentadoria pode ser requerida assim que completar o direito, pois esperar não iria melhorar a renda.

- se esta desempregado e com poucas oportunidades de voltar ao trabalho e precisa da renda do benefício para sua sobrevivência é melhor pedir a aposentadoria assim que completar o direito.

- se esta empregado, ou exercendo atividade que lhe renda o suficiente para sobreviver e continuar contribuindo vale a pena fazer uma simulação da renda e planejar o dia para entrar com o requerimento, levando em conta a idade e o tempo de contribuição de forma que obtenha o menor fator previdenciário e, por isso, a melhor renda. Lembre-se que a cada ano de contribuição e de idade que completar o fator previdenciário diminuirá duas casas, melhorando a renda final do benefício.

Uma ideia muito difundida é que aposentar-se assim que tiver direito e continuar trabalhando seria uma grande vantagem, pois passaria a ter duas rendas. Esta ideia só seria boa se o segurado fizesse uma poupança do valor que estava recendo a mais para usar no futuro, pois vai chegar um dia que não poderá mais trabalhar e, nesse momento, a única renda que sobrará é a do benefício e já estará defasada pelo tempo.

Se gostou do post subscreva nosso FEED. 
Cópia não permitida - www.aposentadorias.net 
Compartilhar 
Conheça o Fórum do Consultor

Fórum do Consultor. Pergunte sobre os benefícios do INSS

3 comentários:

Carmen Seabra disse...

Ola Catarino,
Sou baiana moro em Salvador, tenho 58 anos de idade e conpletarei dia 13 de dezembro 34 anos de serviço,será que eu terei perda com o fator previdenciario xe eu pedir a minha aposentadoria agora?no dia 15 de janeiro estarei completando 59 anos.

Catarino Alves disse...

Carmen
Se tiver será poucas perdas, se esperar até completar a idade é mais vantajoso, leia o artigo que nele explico.
Simule sua renda:http://www.consultor-online.com/2013/11/como-simular-na-internet-a-renda-mensal-em-um-beneficio-do-inss.html

Renato Custodio disse...

Usando o Simulador da Previdência notasse que é utilizado valores QUEBRADOS tanto de idade como de tempo de serviço !! Seria bom verificar isto. Se fizeres uma simulação usando valores com poucas diferenças da para notar que existe o uso de valores quebrados.