QUERO DOAR R$ 20,00

quinta-feira, 16 de junho de 2011

// //

Previdência Privada para os atletas de futebol profissional.

Previdência Privada para os atletas de futebol profissional.

Uma boa notícia que foi divulgada pela Previdência Social é a criação de um fundo de previdência privada para proteger os jogadores de futebol profissional. A previdência privada é sempre interessante, pois o valor pago pela previdência pública é muito aquém das expectativas, principalmente para jogadores de futebol. A notícia foi assim divulgada no site da Previdência Social:

O ministro interino da Previdência Social, Carlos Eduardo Gabas, e o ministro dos Esportes, Orlando Silva, lançaram na noite desta terça-feira (14), no Museu do Futebol, em São Paulo, o EsportePrev, plano de previdência complementar que beneficiará atletas de todo o país. A previsão é que, inicialmente, o plano beneficie mais de seis mil jogadores de futebol.

Estruturado na modalidade Contribuição Definida (CD), o EsportePrev foi criado por meio de um convênio de adesão entre a Fundação Petrobrás de Seguridade Social (Petros) - entidade fechada de previdência complementar (EFPC) que irá administrar o plano de benefícios - e seis sindicatos de atletas profissionais do país, que serão os instituidores.

A adesão ao plano será feita por meio do vínculo associativo, ou seja, o atleta deve ser filiado a algum dos sindicatos instituidores para poder contribuir e, futuramente, receber os benefícios complementares. Os benefícios previstos pelo EsportePrev são aposentadoria por contribuição, por invalidez e pensão por morte.

Foram definidos como instituidores do Esporteprev o Sindicato dos Atletas de Futebol do Rio de Janeiro, do Rio Grande do Sul, do Rio Grande do Norte, Paraíba, Mato Grosso do Sul e São Paulo.

Previdência Associativa – Nos últimos anos setores importantes ingressaram nos fundos de pensão por meio de uma novidade da Lei Complementar 109/2001: a previdência associativa. Com o objetivo de democratizar o acesso à Previdência Complementar, viabilizou-se a criação de fundos de pensão por meio do vínculo associativo. Essa modalidade conta hoje com mais de 200 mil participantes.

Este blog é gratuíto, mas se você encontrou resposta para sua dúvida pode ajudar fazendo uma doação. Não seja como a maioria que não estimula a livre iniciativa.
Se gostou do post subscreva nosso FEED. 
Cópia não permitida - www.aposentadorias.net