Encontre resposta, de forma instantânea, para o que procura digitando sua dúvida na caixa de buscas abaixo:

domingo, 29 de julho de 2012

Tire suas dúvidas sobre o INSS.

Tire suas dúvidas sobre o INSS.


Quer saber tudo sobre o INSS e seus produtos? Aqui é o lugar correto. O INSS é a maior seguradora do mundo, todos os brasileiros são seus clientes, basta ser registrado.


Para saber tudo sobre o INSS convido que leia Você sabe o que é INSS que escrevi para esclarecer as dúvidas sobre essa Instituição.

Para saber sobre os principais produtos do INSS convido que leia o artigo Relação dos principais benefícios onde faço um resumo de todos os serviços disponíveis no INSS.

Caso queira fazer uma pergunta use o Fórum do Consultor, nele você obtém resposta e ajuda outras pessoas a se informarem com o assunto tratado.


Faça uma doação para a manutenção do blog.             



Se gostou do post subscreva nosso FEED. 
Cópia não permitida - www.aposentadorias.net 
Conheça o SHOPPING DO CATARINO 
Protected by Copyscape Online Plagiarism Check

316 comentários:

«Mais antigas   ‹Antigas   1 – 200 de 316   Recentes›   Mais recentes»
Anônimo disse...

Bom Dia!!
Minha mae é aposentada por invalidez pq tem um problema grave de visao.Ela foi aprovada no concurso de saude do meu Estado como auditora.Em relação a aposentadoria dela, o q ela tem q fazer?Ela tem q ir ao Inss cancelar ou o inss cancela automaticamente?Como devemos proceder?
obrigada

Catarino disse...

Ela tem que ir no INSS é pedir o fim do benefício, se ela deixar para que o INSS descubra pode se complicar até no serviço público.

Anônimo disse...

Boa tarde Catarino, trabalho para uma mesma pessoa a 18 anos, 7 em uma empresa que já fechou as portas e atualmente 11anos na outra, suspeitei outro dia que essa pessoa nunca pagou o meu inss, tanto de uma empresa como da outra que estou atualmente, um amigo me avisou que passando certo tempo o patrão não é obrigado a pagar. Isso é verdade? como faço para saber se ele realmente nada pagou nesse 18 anos de empresas?
Abraço

Anônimo disse...

Boa tarde Catarino, trabalho para uma mesma pessoa a 18 anos, 7 em uma empresa que já fechou as portas e atualmente 11anos na outra, suspeitei outro dia que essa pessoa nunca pagou o meu inss, tanto de uma empresa como da outra que estou atualmente, um amigo me avisou que passando certo tempo o patrão não é obrigado a pagar. Isso é verdade? como faço para saber se ele realmente nada pagou nesse 18 anos de empresas?
Abraço

Marcos

Catarino disse...

Marcos
O único jeito é ir em uma agência do INSS e solicitar um extrato do seu tempo, se constar lá é por que está tudo certo, se não constar você vai ter problemas.

Consultor

LUCIDÓRIO disse...

LUCIDÓRIO A. TAVARES

MINHA ESPOSA COMPLETOU 26 ANOS COMO PROFESSORA NO ENSINO FUDAMENTAL DENTRO DE SALA DE AULA.
ELA TEM 53 ANOS DE IDADE.
NESTE CASO 100% ESPECIAL CONSEGUE A APOSENTADORIA INTEGRAL INDEPENDENTE DA IDADE, OU SEJA NESTE CASO NÃO ENTRA O FATOR PREVIDENCIÁRIO? (O REGIME É O RGPS).

AGRADEÇO E AGUARDO A RESPOSTA.

MONTE CARLO SC

Catarino disse...

Lucidório
Ela pode se aposentar, mas vai sofrer o redutor do fator previdenciário, a única vantagem é que ganha 5 anos na tabela, é como se ela tivesse os 26 anos com um acréscimo de 5 anos, 31 anos.

LÚCIO disse...

TENHO 33,5 ANOS DE CONTRIBUIÇÃO, DESTES 19 EM SETOR RUIDOSO, JÁ POSSUO OS LAUDOS (PPP).EM AGOSTO ESTARÁ SOMANDO 41 ANOS.
NESTE CASO EU PEDINDO A APOSENTADORIA, QUAL SERÁ A PERDA?

lúcio disse...

EU LÚCIO ESQUECÍ DE INFORMAR A MINHA IDADE QUE É DE 51 ANOS.

OBRIGADO PELO ESCLARECIMENTO.

Catarino disse...

Lúcia.
Com a sua idade você vai perder por volta de 40% da média, a média é feita com as contribuições desde 07/94 usando 80% do total utilizando as maiores.

Consultor

LÚCIO disse...

Sr. Catarino não sou Lúcia e sim Lúcio.
Lhe pergunto se esta perda é se for mulher ou homem?

mais uma vez grato, tenha um bom dia.

Lúcio A. T.

Catarino disse...

Lúcio, desculpe foi erro de digitação.
A resposta é para você mesmo(homem), pois para mulher a perda seria bem menor.

Anônimo disse...

Olá Meu nome é Valeria meu pai é boliviano tem 70 anos e sempre trabalhou autonomo de mecanico a aproximadamente a 10 anos sofreu um derrame e nao trabalha mas, existe algum auxilio ou aposentadoria no caso dele.

Atenciosamente

Catarino disse...

Valeria
Se ele não tem nenhum renda, vive só ou a esposa não tem renda, pode pedir o amparo assistencial ao idoso, isso se ele vive no Brasil legalmente.


Consultor

angela disse...

tenho 53 e sou autonoma a 18 anos em 07/89 eu comecei a contribuir , eu fui a uma agencia da previdencia e fui informanda que eu não preciso mais contribuir todos os meses ja que so vou me aposentar por idade ele me informou que eu peguei uma lei de 07/89 onde eu fui cadastrada no pis em 1993 eu comecei a contribuir como outonoma baseado nessa lei eu so preciso fazer uma contribuiçao anual para não perder o direito ao auxilio doença ,posso fazer assim ate completar 60 anos e pedir minha aposentadoria .
essa informação procede ?posso ficar sem pagar ate completar 60 anos ja que tenho o tempo de contribuiçao mas nao tenho idade ou preciso pagar ate fazer 60 anos mesmo tendo ja contribuido 18 anos.
me responda por favor

Catarino disse...

Angela
É verdade, se você já tem mais de 15 anos terá direito a receber um salário mínimo quando completar a idade. Pagando uma mensalidade por ano garante a qualidade. Está correta a informação.

Anônimo disse...

ola boa tarde me chamo mirian ,meu amasio faleceu a um ano ele recebia um ausilio doença por um avc que teve tenho um filho de 8 anos ,eu gostaria de saber se ele tem direito a receber uma pensao ,e o que tenho que fazer.desde ja agradeço .

Catarino disse...

Seu filho tem direito sim. Você tem que agendar o serviço pelo fone 135 e no dia marcado levar os documentos que lhe informarão.

eddieiron disse...

MEU NOME E MAURICIO,CONTRIBUO C/O INSS A 30 ANOS,SOU COMERCIANTE ,SOFRI UM ACIDENTE,JA ESTA MARCADO A PERICIA ,DEIXEI DE PAGA ALGUMAS PARCELAS,MESMO ASSIM TEREI DIREITO AO AUXILIO DOENÇA?

Anônimo disse...

MEU NOME È ELI, MINHA MÃE ESTA EM AUXÍLIO-DOENÇA ATÉ 05/07/2010 . FOI NO RETORNO DO MÉDICO DIA 31/05/2010 E ELE DEU UM NOVO RELATÓRIO ;DIA 21/06/2010 FIZ O PEDIDO DE PRORROGAÇÃO,MAS A NOVA PERICIA FOI MARCADA SOMENTE PARA 19/07/10;GOSTARIA DE SABER:O RELATÓRIO DO DIA 31/7/10 TEM VALIDADE PARA PERÍCIA DIA 19/07?? CONTO A VALIDADE DE 30 DIAS DO RELATÓRIO,DO DIA QUE MARQUEI A PERICIA OU DO DIA DA NOVA PERÍCIA?? OBRIGADO.

Anônimo disse...

SOU ELI ;CORREÇÃO: O DIA DO RELATORIO E 31/5/2010 E NÃO 31/7 . OBRIGADO

jakson disse...

Senhor.

Por gentileza,uma duvida.Sou contribuinte facultativo 1406 e pretendo me inscrever no programa empreendedor individual do governo,que terei que contribuir com 11% do salario.Caso se eu aderir esse programa,tenho que cancelar os pagamentos do facultativo ou posso contribuir com os dois,facultativo e individual.O que faço,por favor.

Grato,aguardo resposta.

Catarino disse...

Mauricio
Tem direito sim, com 30 anos de contribuição você só perde a qualidade se ficar mais de dois anos sem contribuir.

Catarino disse...

Eli
Não sei o que você quer dizer com relatório, se for o atestado médico que comprova a incapacidade para o trabalho não terá problema nenhum, não tem validade prevista.

Catarino disse...

Jakson
Você só pode ter um tipo de contribuição, depois de feita a opção fica nessa.
Preste atenção que o empreendedor individual só tem direito a aposentadoria por idade e no valor do salário-mínimo, por isso essa opção só é boa para quem já está próximo da aposentadoria e não tem expectativa de receber mais de um salário.

Anônimo disse...

Oi meu nome é Vanusa,tenho uma dúvida;meu marido é pescador e sofreu um acidente de carro fora do setor de trabalho,e ele é contribuinte do INSS a um ano e dois meses,ele tem direito ao auxílio-acidente?

Anônimo disse...

Boa Tarde !
Fiquei em aux doença (cancer)até 30/06, recebia o beneficio todo 2 dia util, fiquei um ano e 1 mes, o médico na epoca me informou a data que cairia o sistema e que se eu precisasse prorrogar a licença teria que 15 dias antes do termino agendar nova pericia, enfim gostaria de saber se realmente é automatico , e se tenho direito a receber alguma coisa no 2 dia util de julho ? Se se existe pagamento ferias ou 13o.por ter ficado mais de 1.., voltei ao trabalho 01/07.

Catarino disse...

Vanusa
Tem direito sim, acidente é isento de carência. Agende pelo 135.

Consultor

Catarino disse...

Se o benefício cessou em 30 de junho, você receberá este mês mais o 13º proporcional ao período.

Consultor

Valeria disse...

Olá Catarino quero agradecer sobre a resposta que postou.Meu nome é Valeria e fiz a pergunta no dia 29/06/10 tenho mas um duvida meu pai vive no Brasil a mas de 40 anos tem duas filhas brasileiras e se casou com uma brasileira(Falecida)ele nao é naturalizado sua nacionalidade é Boliviana tem 71 anos e sempre trabalhou com autonomo e nao contribuiu para INSS deve ter menos de 1 ano de contruição gostaria de saber se mesmo assim ele tem direito ao amparo do Idoso? Desde ja Agradeço mto pela atenção!

Catarino disse...

Valéria
Se ele casou no Brasil é porque sua situação está regularizada. Se ele tem endereço comprovado no Brasil e preenche os outros requisitos pode ter o benefício sim.

INSS Consultor

Anônimo disse...

Atualmente estou trabalhando com carteira assinada, mas fiz minha inscrição para pagar sobre o codigo 1007, gostaria de saber se terei um complemento na hora de me aposentar se pagar sobre 1 salário, pois faltam 11 anos para completar 60 anos. Será que vou pagar inutilmente?

Catarino disse...

Se você pagar os 11 anos completos melhora sua renda.
Veja o artigo: http://www.aposentadorias.net/2010/05/multipla-atividade-e-renda-dos.html

INSS Consultor

Anônimo disse...

Estou quase a um ano no beneficio aux.doença,agora terei alta.Quais valores tenho direito a receber na última parcela??

Catarino disse...

Na última parcela você recebe os dias do mês mais o 13º proporcional.

INSS Consultor

Anônimo disse...

BOM DIA
SOU CLAUDIO CARDOSO,
GOSTARIA DE TER INFORMAÇOES DIRETAS RELACIONADAS .
EX: EU FOI DEMITIDO 30-05-2010 E A EMPRESA SABIA Q EU ESTAVA FAZENTO TRATAMENTO,PARA MINHA DOENÇA E NO ENTATO ASSIM MESMO ME DEMITIRO.ELES TIHAM ESTE DIREITO.QUANDO FOI FAZER MEU EXAME DISE Q ESTAVA FAZENDO TATAMENTO,E ELE O DR° DISE Q Ñ TINHA POBLEMA Q EU TINHA ATE 12 MESES DE CARENCIA CASO VIESE ME ACONTECER ALGO.
Q TENHO AZER POS EU ESTOU IPERTENÇO,CERVOZO,E OPERADO DE DICECÇÃO DE ORTA,NAO POSSO FAZER FOÇA E ME ABORECER E OUTRAS.
QU VC SUGERE EU ENTRO COM UMA AÇÕA NA JUSTIÇA OU DOU ENTRADA NO AUX DOENÇA ,obs: SÓ Q ESTOU RECEBENDO MEU SEGURO DESENPREGO.
SOU GARTO

Anônimo disse...

Meu none é LUIZ AUGUSTO, estou contribuindo a 33 anos tenho 51 anos, daqui a dois anos quero me aposentar, deade 1995 pago sobre o máximo, quero saber se tenho que contribuir alem dos 35 anos para receber a aposentadoria integral.? Se sim por quanto tempo a mais.?

Anônimo disse...

Ola Catarino é a Valeria novamente filha do Boliviano que solicitou informaçoes do Amparo ao idoso, ja agendei a visita no INSS mas me surgiu uma duvida meu pai tem uma casa que ele morra mas de 40 anos ela é bem humilde no qual so tem o documento de compra e venda, n tem escritura e as documentacoes ainda esta me nome da corretora sera que tendo essa propriedade ele n tera direito ao amparo mesmo nao tendo uma forma de rendimento? obrigada aguardo a resposta

Catarino disse...

Cláudio
Se você estava doente tinha que estar em benefício para não poder ser demitido. Agora ainda pode pedir o auxílio-doença, mas não pode pedir enquanto estiver recebendo seguro desemprego.
Se você quer reverter a demissão terá que entrar na justiça do trabalho, pode fazer as duas coisas, ou seja, pedir o auxílio-doença e entrar na justiça.

INSS Consultor

Catarino disse...

Luiz Augusto.
Você vai sofrer com o fator previdenciário que diminui a média devido a idade, no seu caso você perde certa de 40% da média. A cada ano que você pagar a mais diminui o fator, mas não há como dizer quanto terá que esperar para zerar o fator, mas deve ser perto dos seus 60 anos.

INSS Consultor

Catarino disse...

Valeria.
Ser proprietário do imóvel onde mora não é levado em conta, só se ele tivesse um imóvel muito luxuoso. É feito uma avaliação social e depois é decidido se tem ou não direito.

INSS Consultor

Anônimo disse...

quero saber se uma pessoa for aposentada por que é deficente,se chegar passar em um concurso q tem as vagas reservadas a portadores de deficiência,se deve ainda continuar com a aposentadoria e o emprego público ,ou se deve pedir cancelamento do benefício no inss.

Anônimo disse...

tenho um primo que é aposentado por validez,pq ele é deficiente físico,ele ñ tem casa pra morar,então ele tah querendo abrir uma continha pra todo mês depositar um poukinho pra compra um terreno,as pessoas fazem medo q disse q ñ pode abrir a continha,se ñ é cancelado o benefício do inss.isso é verdade? queremos saber : ele pode ou ñ abrir a continha dele pra v se um dia o coitado compra o terreninho pra fazer uma casa?

Anônimo disse...

oi seu catarino ,bom dia,sou o sr.binal,eu gostaria de saber se uma pessoa q é aposentada pq é portadora de deficiência ,se ela passar em um concurso público q tem as vagas reservadas a portadores de deficiência ,ela pode permanecer recebendo os benefícios da aposentadoria do inss e o emprego público tbm,ou deve ir no inss cancelar o benefício e ficar só com o emprego público.fico muuito agradecido,se for respondido.

Anônimo disse...

bom dia
sou clauio cardoos

eu tenho q eperar acabar meu seguro desenprego e depois dar entrada no aux doença.mais e baseado no meu salario q tinha na carteira.e tenho q ter o laudo medico agora e quando for dar entrada no inss

Anônimo disse...

Muito Obrigada Catarino, que Deus o abençoe grandimente vc e sua familia!!!
Como é bom saber que existem pessoas como você que ajuda o proximo. Que muitas vezes nao tem recurso e nem conhecimento e descolhece os seus direitos. Parabens pelo que vem fazendo!!!
Obrigada!!! Obrigada!!!Obrigada sempre!!!
Valeria Rodriguez

Catarino disse...

Deve pedir o cancelamento do benefício sim, pois se não fizer isso quando o INSS descobrir ela será processada e pode perder o benefício, devolver os valores e ainda perder o emprego público.


INSS Consultor

Catarino disse...

Claro que pode, não há irregularidade nenhuma em guardar parte do seu dinheiro.


INSS Consultor

Catarino disse...

Binal, sua pergunta é igual ao anônimo acima, ele tem que pedir o cancelamento do benefício senão poderá ser processado e perder até o emprego.

Catarino disse...

Claudio
Não pode receber seguro-desemprego e auxílio-doença junto. Se quiser terá que esperar ou parar de receber o seguro-desemprego.

Anônimo disse...

seu catarino,sou zefinha,aposentada por invalidez pq sou deficiente,tenho vontade de abrir uma conta poupança,pra depositar uma pequena parte no Més q Deus me ajudar q sobre um pouquinho. pra mim comprar um terreno um dia ,perguntando a alguém se poço ou ñ abrir a conta,as pessoas me fazem medo q pode ser cancelado o benefício,isto é verdade? eu ñ poço abrir a conta?..queria tanto q um dia Deus me ajudasse e eu ter minha própria casinha.e pra isso só se eu abrisse uma continha pra por um poukinho no Mês q desse de sobrar pelos menos R$ 30 ou 50..

Anônimo disse...

bom dia eu gostaria de saber se meu pai tem direito a qual beneficio ele amputou um dedo devido a diabete ele tem insuficiencia renal e diabetico e hipertenso ele tem 63 anos e nao tem nenhum auxilio quero saber se ele tem direito ana paula

Catarino disse...

Zefinha
Você pode abrir sua conta de poupança normalmente não tem nada a ver com seu benefício.

Catarino disse...

Ana Paula
Você não disse se ele tem as contribuições necessárias, se tem 12 meses de contribuições feitas antes de ficar doente pode pedir o auxílio-doença, é só marcar a perícia no 135.

Anônimo disse...

boa tarde tenho artrose quero saber se tenho direito a algum benificio maria do socorro

Catarino disse...

Para ter direito tem que ser segurada da Previdência, ter qualidade e carência.
Só por estar doente não.

Anônimo disse...

Ola Catarino
Foi ao Inss dia 26/07/10 e tive a seguinte resp: Decisao: Indeferimento do pedido
Motivo: Nacionalidade
Fundação Legal:Art 7°do regulamento de beneficios de prestação continuada, aprovada pelo decreto n°6214/07
Informamos que, apos analise da documentação apresentada, nao foi reconhecido o direito, tendo em vista nao estar previsto o reconhecimento do direito ao beneficio p requerentes de nacionalidade estrangeira nao naturalizados.Desta decisao poderá ser interposto recurso a Junta de Recursos da Previdencia Social dentro do prazo de 30 dias contados da data do recebimento desta comunicação 26/07/10
Gostaria de saber se ja posso entrar com recurso ou terei que aguardar a carta do Inss que esta previsto para chegar em 20 dias?
atenciosamente Valeria Rodriguez a filha do Pai Boliviano

Catarino disse...

Valeria.
Pode entrar sim, não precisa aguardar a carta.

Anônimo disse...

Muito obrigada mas uma vez
Que Deus o abençoe grandimente!!!!
Valeria Rodriguez

master disse...

ola catarino.

Contribui durante 17 anos no Brasil com carteira assinada. Em 2007 mudei-me para o Japão e para nao perder o tempo contribuido, comecei a pagar no Brasil como contribuinte individual enviando o dinheiro mensalmente em minha conta brasileira. Dúvida: ao chegar os 35 anos de contribuição, terei algum problema em pedir a aposentadoria por tempo de contribuição mesmo eu estando trabalhando aqui no Japão? ou seja, nao sendo trabalhador contribuinte em território brasileiro?

Catarino disse...

Master
Não terá nenhum problema, pois o INSS vê somente se completou o tempo e não onde trabalhava.

André disse...

Catarino, boa noite. Minha situação é umpouco diferente...
Tenho apenas 37 anos e tenho 14 anos e 8 meses de contribuição. Essas contribuições sempre foram pelo teto.
Saí de minha empresa há 4 meses para voltar a estudar, e parei de contribuir. Devo voltar a trabalhar daqui há 4 anos, porém, não sei se vou atingir o teto (salário registrado mais baixo).
Considerando que ainda sou muito novo, compensa continuar contribuindo? Ou volto apenas quando voltar a trabalhar? O que perco nessa ausência de contribuição?
Grande abraço!
André

André disse...

Ah, não entendi o que é o "quadro consultor" para a resposta personalizada. Se quiser enviar por email, é engand@hotmail.com
Obrigado,
André

Catarino disse...

Andre
Se você ficar mais de um ano sem contribuir perde a qualidade de segurado, por isso recomendo que faça uma contribuição ao ano, sempre antes de completar 12 meses, para se manter segurado e ter direito aos benefícios por acidente ou doença.

Catarino disse...

Andre
No final do artigo tem uma imagem, se clicar nele você será direcionado para um formulário de contato.
INSS Consultor

André disse...

Catarino, muito obrigado pela resposta. Enviei um complemento pelo quadro consultor mas a página seguinte não confirma o envio "com sucesso". Se por acaso não recebeu, envio de novo.
Abraço!
André - engand@hotmail.com

Anônimo disse...

Olá Catarino,
Gostaria de um esclarecimento...
Meu no é Regina, sou digitadora,tenho 46 anos de idade e quase completando 30 de contribuição, gostaria de saber se me aposentar quanto eu perderia com este absurdo do fator previdenciário.
Se puder me informar ficarei agradecida.Obrigada!

Catarino disse...

REgina
Com 46 anos de idade você perde 50% da média.

Anônimo disse...

boa tarde. no dia 21/01/2010,foi concedido o meu auxilio-doença,o funcionario me informou o local para receber,comecei a receber em fevereiro e quando foi no dia 02/05,a funcionaria do banco disse que não tinha nada,fui na aps e o funcionario viu no sistema que o auxilio foi até o dia 30/04/10,e que esse documento foi expedido no dia 21/01/10,no dia da concessão do auxilio,quer dizer,o funcionario não me deu esse documento e eu perdi o prazo do recurso.no mesmo dia,02/06,liguei para a ouvidoria e expliquei o ocorrido,e ele marcou a pericia para o dia 11/06,no meier.fui e lá o médico disse que o meu pedido havia sido indeferido,mostrei o laudo do neurologista e ele mandou que eu fizesse um novo pedido de recurso com os laudos.marquei para o dia 18/06,mostrei os laudos e ele falou que iria mandar para a junta médica analizar,pois o laudo diz que além da cardiopatia,tenho doença vascular cerebral e periféricos,faço uso de anticoagulante e outros medicamentos neurologicos,trabalho de segurança armado,por isso o laudo diz ter incapacidade por tempo indeterminado. eu estou sem receber nada pois,os médicos estão em greve e eu estou sem o auxilio-doença desde o dia 30/04/10.tenho como recorrer para receber e para agilizar a minha situação?pois estou vivendo de favor. hamilton santa cruz-rj

Catarino disse...

Hamilton
Você já fez esta pergunta em outro comentário.
Não sei o que dizer, o recurso é demorado e enquanto não sai o resultado não recebe nada.
Você sempre pode procurar um advogado e entrar na Justiça.

Anônimo disse...

boa noite seu catarino,eu sou aposentado por invalidez,gostaria de saber se posso fazer um emprestimo pra comprar um terreno pra fazer uma casinha pra eu morar...eu sou o jósi max,sou deficiente físico

Catarino disse...

Jósi
É só procurar um banco que preste esse serviço, não tenho conhecimento sobre esse assunto, pois depende dos critérios de cada banco.

julianagrande disse...

olá tudo bem? me chamo Juliana, minha faleceu tem 1,5 ano, meu irmão recebe a pensão pela morte dela, eu tive que sair do serviço para cuidar dele, gostaria de saber se ele vier a falecer eu teria direito tenho 35 anos gostaria muito de trabalhar mais não posso deixá-lo sozinho pois tem esquizofrenia.
agradeço desde já.

Catarino disse...

Juliana
Você já fez esta pergunta.
Você não tem direito, pois somente filhos inválidos têm direito a pensão deixada por mãe ou pai.

Anônimo disse...

Bom dia!
Estou de licença médica por tendinite, sendo que não estou trabalhando desde o dia 8 deJunho de 2010. No dia 23 de Junho, quando completaram os 15 dias, fui até a empresa, ppeguei o documento e dei entrada no pedido de pericia.
Marcaram minha perícia para o dia 19 de Julho de 2010, e qual não foi minha surpresa ao descobrir que os médicos peritos estavam em greve?
O problema agora é: remarcaram a minha pericia para o dia 08 de setembro, e segundo os atendentes do 135, Todos estes dias que fiquei sem trabalhar, eu só recebo se a pericia me conceder o benefício.
Ou seja, estou há quase três meses sem poder trabalhar, porque só posso voltar se a perícia me der alta, não tenho nenhuma fonte de renda, um filho pequeno para criar, e ainda corro o risco de não receber nenhum centavo, mesmo não tendo culpa por ter ficado em casa?
Me tire esta dúvida por favor.
Se o INSS Não sabe me informar, não sei mais a quem posso perguntar.
obrigada

Anônimo disse...

Desculpa .. Sou a mesma da pergunta acima.
Meu nome é Luciana.

Bom, me expressei mal.
Eu tenho uma fonte de renda, mas a única que tenho, é o meu emprego, ao qual não posso retornar por não ter passado pela perícia.
Sei que se os peritos me derem alta não recebo o benefício.
Mas a minha dúvida é em relação aos dias não trabalhados até a data marcada para a perícia.


Obrigada pela informação.;

Catarino disse...

Luciana
É isso que está acontecendo com todos devido a greve dos peritos.
A única alternativa é ir à Justiça.

Anônimo disse...

junior
gostaria se saber se o casal de idoso pode soliciatar o auxílio ao idoso,pois os dois são doente um é cardiaca ou outro tem câncer de posta.

Anônimo disse...

junior
os mesmo tem 65 anos

Catarino disse...

Junior
Pela lei do loas não pode ser concedido para os dois, mas existe algumas localidades que estão sob o efeito de ações cívis públicas, por isso terá que ver na agência onde eles moram se há essa ação em vigor.

Anônimo disse...

Me chamo Adriano, sou deficiente físico e recebo amparo social pessoa com deficiencia, fui aprovado no concurso do banco do brasil e gostaria de saber se demora o cancelamento desse beneficio, se existe burocracia, assim como para adquirir o benficio.

Catarino disse...

Adriano
Você precisa fazer um pedido por escrito na agência onde recebe o benefício. Não demora, é só tempo de ser atendido.

luiz fernando giorgi disse...

boa noite.gostaria de tirar uma duvida, trabalhei com carteira 24 anos ,parei de contribuir por 8 anos, tive um avc ficando com sequelas que impossibilitão de trabalhar, porem estou pagando como autonomo a 3 anos, pergunto, tenho direita a algum tipo de beneficio?
meu email: esquadrias_giorgi@yahoo.com.br

Anônimo disse...

Aqui é o Adriano novamente, quando diz que tenho que fazer um pedido por escrito na agência onde recebo o benefício, você se refere à agência bancária ou agência do inss onde requeri o benefício?

Catarino disse...

Adriano.
É na agência do INSS, o banco não tem nada a ver com seu benefício, só faz o pagamento.

Anônimo disse...

Oláa.. gostaria de uma informação.. estava com pericia marcada no dia 13/08 e por causa da greve ela foi remarcada pro dia 15/09 e o meu lado esta datado no dia 10/08 gostaria de saber se vou ter q ir no medico pegar outro lado pelo fato da validade do laudo ser de 30 dias.. ou se eu posso ir com esse mesmo.. até prq eu ñ tenho nada ver com essa greve ?!
Desde já obrigada...

Catarino disse...

Não precisa no laudo, pois o que vale era a data marcada primeiro, a próxima data tem que manter todos os dados.

Anônimo disse...

Adriano

Catarino, esse pedido tem que ser por escrito, até aí tudo bem.
Eu estou em Goiânia fazendo os exames pré-admissionais do banco,retornarei apenas na quarta, tenho que estar com tudo resolvido até sexta antes do almoço, pois encerra aí o prazo da qualificação.
Eu não terei palavras para lhe agradecer, se você puder me enviar por e-mail o modelo desse pedido de cancelamento do benefício, pois sendo considerado apto pra função, eu terei pouco tempo pra fazer o cancelamento, e eu não moro na cidade onde está a agência do INSS onde o benefício foi requerido.
Meu e-mail: adriano.silvamtv@hotmail.com
Essa oportunidade do Banco representa muito pra mim, eu me esforcei muito pra conseguir ser aprovado nesse concurso...

Anônimo disse...

bom dia sr catarino meu nome fernando estou em beneficio por doença mais na carta nao fala quando termina o beneficio estou com uma doença que nao tem cura por nome de linfedema nao posso ficar sentado por muito tempo e nem em pe podem me aposentar

Anônimo disse...

Luz do sol

Tenho um filho de 5 anos que tem síndrome de down, não trabalho e dependo do benefício (salário mínimo)dele.Ele ainda não possui o nome do pai no registro de nascimento. Quando ele for registrado com o sobrenome do pai, perderei o benefício?

Catarino disse...

Fernando
Se continuar doente terá que pedir prorrogação 15 dias antes da data indicada para a cessação.

Catarino disse...

Luz
Depende se o pai vive com o filho e faz parte do núcleo da família, nesse caso não tem direito nem antes e nem depois de ter o nome no registro. O que vale é a renda familiar.

Anônimo disse...

Catarino,

O pai nunca morou com a gente...A família é somente eu e meu filho. Se a criança passar a receber pensão alimentícia, qual o valor em reais que poderia receber para não perder o benefício, já que a criança é especial. Dependendo do valor, eu poderia entrar em acordo com o juiz para não perder o benefício? Mesmo o pai possuindo carteira assinada? E se ele não possuir a carteira assinada?
Obrigada pela atenção!
Luz do sol

Catarino disse...

Luz do sol
O valor máximo por pessoa da família é de 1/4 do salário mínimo, R$ 127,50, se a pensão for menor que R$ 255,00 e você não tiver nenhuma renda o benefício permanece.

Anônimo disse...

Bom dia.
Meu nome é Lia e tenho uma filha com Sindrome de Down ela vai fazer 03 aninhos, meu marido não trabalha e tenho outras duas filhas, estou requerendo benefício da nenem no INSS , mas me falaram que por causa do meu salário eu talvez não consiga. Ganho 1.447 mas tenho muitas depesas , inclusive com escolas das meninas . Voce acha que não vou conseguir o benefício? A escolinha da minha nenem é particular , pq não tenho com quem deicar para poder trablhar.

Catarino disse...

Lia
Você não tem direito, pois para isso a renda média da família tem que ser menor que 1/4 do salário-mínimo, e esse não é o seu caso.

Anônimo disse...

bom dia catarino meu pai fez pericia dia 13 eo medico disse que chegaria uma carta e ate agora nada o que devo fazer ele esta tentando o bpc onumero do requerimento e 124197948 espero a resposta o nome dele e valdeci gomes da silva grato ana paula

Catarino disse...

Ana Paula
Você deve ir na agência onde ele fez o pedido para ver a situação, tem que ter uma autorização dele.

INSS Consultor

Anônimo disse...

Boa Noite
Vou começar a receber meu seguro desemprego e gostaria de contribuir ao INSS enquanto desempregado. Minha dúvida é se ao contribuir não perderei o direito ao benefício do seguro desemprego?
Att
Márcio Tonhão

Catarino disse...

Marcio
Se você contribuir como facultativo não terá problema.


Faça uma doação para manutenção do blog

Anônimo disse...

bom dei entrada no inss a pericia foi marcada para o dia 16 de agosto ,no dia marcado fui mais eles remarcarão para o dia 21 de cetembro .com isso meus dias previsto no laudo do medico que me encaminhou para a pericia venceu que era de 60 dias ,minha pericia não foi feita ainda .o que tenho que faser ?

Anônimo disse...

Olá,
Deixei de pagar 2 anos de inss da minha empregada domestica. Vou acertar em b reve...quero saber se ela perdeu tempo de contribuição por isso e se tem como recuperar.
Grata

Claudia

Mariana disse...

olá, boa noite Sr Catarino, sou recém formada e começo a atuar no tocante a previdencia, entretanto, me apareceu um caso incomum, veio a minha procura um senhor pescador que se encontra há 4 anos sem receber as parcelas que lhe são devidas em função do periodo de defeso, gostaria de saber como devo proceder, qual ação devo entrar requerendo tais parcelas?
e contra quem devo entrar?
Grata

Catarino disse...

Mariana
Sua dúvida não tem a ver com os benefícios da Previdência.
Primeiro ele precisa procurar a colônia de pescadores da qual faz parte para saber o que há, pois são eles que passam a informação para que seja pago o seguro-desemprego, que é pago aos pescadores no período de piracema.
Não sei contra quem você deve entrar na Justiça.

A Resposta foi adequada? Faça uma doação para manutenção do blog

michel disse...

olá meu nome é michel recebo beneficio assistencial do inss, desde quando tinha 16 anos de idade hj estou com 21 e gostaria de saber se eu posso arrumar um emprego de carteira assinda e se eu arrumar eu perco o meu beneficio?

Catarino disse...

Michel
Se você tem condições de trabalhar é porque recuperou a saúde, nesse caso deve pedir o cancelamento do benefício, pois se descobrirem irão cobrar os valores indevidamente pagos.
Antes de iniciar a trabalhar tem que pedir a cessação do benefício no INSS.

alexandre disse...

Bom dia Sr. Catarino , meu nome é Alexandre , trabalhei com carteira 23 anos , vou dar entrada no seguro desemprego e gostaria de continuar contribuindo ao INSS até completar tempo de contribuição ou idade. Minhas dúvidas são - posso contribuir como facultativo até completar 35 anos de contribuiçao ou tenho que mudar de categoria quando parar de receber o seguro desemprego. tenho que ir ao INSS e comunicar essa mudança, como devo proceder

Catarino disse...

Alexandre
Você pode contribuir como facultativo até ter tempo para se aposentar, é só usar seu número do PIS e o código correspondente, não precisa ir ao INSS, é tudo automático.

Faça uma doação para manutenção do blog

Mara disse...

bom dia. meu nome é hamilton,eu mandei uma pregunta no dia 5/8/10,devido aos problemas em relação ao benefício,e por meu pedido de recurso estar na junta médica pericial,a última contribuição ao inss foi em dezembro de 2009,caso eu consiga o auxílio por tempo indeterminado,eu tenho que contribuir ao inss para não perder o direito de aposentadoria após um ano sem contribuição? e como fazer para isso ? hamilton de santa cruz.

Catarino disse...

Hamilton
Se você conseguir o benefício não precisa pagar,pois o tempo em benefício conta normalmente para a aposentadoria.
O problema é se você não conseguir o benefício, daí terá que fazer as contribuições com atraso.

Mega disse...

Oi, Contribuo com a previdencia social como autonomo, porém agora fazem 5 meses que passei num concurso temporário do IBGE para o cargo de Agente Censitário Supervisor, com contrato de trabalho temporário, renovado a cada 30 dias. O total da duração do emprego não é definida, depende de qto tempo vai durar o Censo. Todo mes é descontado na faixa de R$80,00 da minha folha de pagamento do IBGE. Ocorre que agora rompi o ligamento cruzado do joelho e terei que operar, irei receber o benefício da previdencia pelo IBGE ou pelo pagamento autonomo que eu realizava anteriormente e que ainda continuo pagando? Minha dúvida é que muitos me falam que pelo fato do IBGE ter contrato renovado a cada 30 dias, eles podem me mandar embora assim que fechar os 30 dias. Como fica essa situação? Obrigado

Catarino disse...

Mega
Você pode pedir o benefício no INSS, pois continua sendo segurado. Não sei para qual regime o IBGE recolhe, precisa ver com eles.
Quanto a ser demitido não sei informar, pois depende do que consta no contrato.

antonio disse...

No comentário do dia 22 de junho de 2010 15:36 do Marcos constatando que estava desconfiado que as empresas onde ele trabalhava nunca tinha recolhido suas contribuições. Pois bem o Catarino respondeu Marcos
O único jeito é ir em uma agência do INSS e solicitar um extrato do seu tempo, se constar lá é por que está tudo certo, se não constar você vai ter problemas.

Pois bem, sou estudante de Direito Previdenciário minha família meu irmão e meu pai são servidores públicos do INSS e posso garantir que ele não terá nenhum problema e sim as empresas se for constatado que as empresas não fizeram os devidos recolhimentos, só pelo fato de estar no Decreto 3048 que o recolhimento do segurado empregado é presumida, ou seja, a receita que é o órgão que recolhe as contribuições, considera como presumida mesmo se a pessoa for no INSS e descubrir que a empresa nunca fez seus recolhimentos ela terá o direito, foi o caso de uma segurada empregada que foi pedir salário maternidade e quando chegou descobriu que a empresa nunca tinha feito seus recolhimentos. Foi apenas uma maneira de ficar mais fácil para a receita descobrir o que a empresa tinha feito, pois, por ela ser segurada empregada ele teve direito do benefício. Ai sim posso te dizer com toda certeza que quem terá problemas é a empresa. Espero ter ajudado e um grande abraço. Não poderia passar por aqui sem deixar minhas considerações sobre o blog. Muito bom o blog que tem apresenta muitos casos interessantes uma grande fonte de conhecimento desta matéria tão bacana que é o Direito Previdenciário.

Catarino disse...

Antonio
O que você diz é verdade, o que eu disse é que ele precisava ver se o vínculo constava no sistema do INSS, se consta não tem problema se não foram feitos os recolhimentos. O problema é se não constar, ou seja, que a empresa não fez o registro do vínculo, daí o empregado terá muitos problemas para provar que esse vínculo existiu, pois o INSS não aceita vínculos que constam somente na CTPS, é preciso constar no sistema.

isabel disse...

Sofri um avc,em setembro de 2009, não contribuia para o inss,comecei a contribuir em janeiro de 2010.Quero saber, se tenho direito ao seguro depois de 1 ano de contribuição. Obrigado

Catarino disse...

Isabel
As contribuições feitas após a ocorrência do avc não terão valor para fins de benefício, só irão valer para aposentadoria ou se ocorrer outra doença incapacitante, para a primeira você não estava segurada.

karen disse...

boa tarde catarino meu nome é hamilton,como eu havia perguntado no dia 5 de agosto sobre o meu caso.eu tinha auxílio-doença pois tenho uma prótese metálica aórtica e tive disfunção(cardiopatia).o benefício foi cessado em 30/04/10.fiz pedido de recurso que foi mandado para junta de recurso.depois da greve marcaram no dia 12/11/10 a sessão para a decisão,na décima segunda junta de recurso,levei um exame que consta que eu estou com o mesmo problema,pois o caso é cirúrgico.levei também o exame neurológico com o laudo de doença vascular cerebral,e mesmo assim eles negaram o meu pedido,e disseram que se eu achar que não tenho condições de trabalhar,que eu tinha que dar entrada em um novo pedido de auxílio,por que como vou trabalhar de segurança armado desse jeito ? tenho como recorrer ou fazer tudo de novo ? hamilton de santa cruz-rj grato.

Catarino disse...

Hamilton
Você tem direito a recorrer ao conselho da previdência, você terá 30 dias após ser notificado, deve apresentar o recurso na mesma agência onde apresentou o primeiro recurso.
Quanto ao pedir um novo benefício pode ser feito mesmo tendo entrado com recurso ao conselho.

Robson disse...

Olá amigo,
Me chamo Robson. Tenho uma tia que tem quatro filhos deficientes. Dois deles recebem benefício do Inss. Gostaria de saber o porque os outros dois não tem direito ao benefício.
E tenho uma outra dúvida: minha tia tem umas economias e quer abrir uma conta poupança só que disseram pra ela que o Inss pode bloquear o benefício se descobrir que a pessoa possuem dinheiro em conta poupança. Isso é verdade? Ela pode abrir uma conta poupança ou não?
Agradeço pela ajuda e parabéns pelo blog, já coloquei no Favoritos!

Catarino disse...

Robson
Isso é lenda, o INSS não tem como saber que uma pessoa tem conta em banco e nem há nada na lei que diga que a pessoa não pode economizar.
O que não pode é ter renda mensal sem informar ao inss para recalcular a renda familiar.
Os irmãos não tem direito devido a renda média da família que com os dois benefícios já pagos não suporta um terceiro.

rodrifr disse...

Oi, meu nome é Rodrigo. Contribuo com o INSS por duas formas, uma como autonomo e há alguns meses comecei a trabalhar também em outro lugar onde todo mes recolhem R$72,00 do meu salário para o INSS. Agora me operei e quando fui requisitar o benefecio, dei entrada no INSS com o documento de autonomo contribuinte e me deram o beneficio por dois meses, falei que eu pagava INSS por dois lugares, porém me disseram que eu só poderia receber o beneficio por um, que não pode receber dois beneficios ao memso tmepo. Como que fica, na hora de pagar, paguei duas vezes e agora na hora de usufruir só posso usar um?

Catarino disse...

Rodrigo
Como empregado funciona assim, a empresa paga os primeiro 15 dias e depois lhe dá um documento para solicitar o benefício.
Como autônomo você pede o benefício desde o dia que ficou incapacitado.
Você tem direito aos dois benefícios ou que as duas rendas sejam incluídas, veja o que ocorreu e pode entrar com pedido de revisão ou recurso.

Jaiane disse...

Bem, minha tia Jaqueline trabalhou 30 anos em uma empresa de cosméticos. tinha 55 anos quando deu entrada em sua aposentadoria. Só que três dias depois teve um enfarte e faleceu. Seu marido e filhos maiores tem direito a receber a aposentadoria dela?

Catarino disse...

Jaiane
Filhos maiores não têm direito.
O marido se estava casado quando ela faleceu pode requerer a pensão por morte. É só agendar pelo fone 135 e na data indicada levar os documentos.

tania disse...

como fico sabendo se um beneficio foi cancelado no inss pois um amigo da minha tia comdo ela morreu ele pegou os documento dela e deu entrada no inss como se morava com ela pois ele tinha a conta de luz no nome dele e ele coecia uma mulher no inss e ajudo ele mais agente descobrimo e fomos ate nela e ela falou que ia cancela mais nao temo centeza se ela cancelou como fazer para ter certesa

Catarino disse...

Tania
Só indo em uma agência do INSS ou ligando para a ouvidoria fone 135.

Anônimo disse...

ola amigo vc pode me tirar uma duvida sou aposentado por idade e sou casa se eu faltar minha esposa passa a receber essa minha aposentadoria passa para ela na minha falta aguardo resp muito obrigado...josé meu end:sandrinha2008sp@hotmail.com

Catarino disse...

Jose
A esposa tem direito a pensão por morte que é concedida quando o segurado falece.

Maria da Conceição disse...

Minha irmã que recebia benefício por ter problemas mentais, contribuiu como autonoma por 9 anos. o INSS concelou o seu benefício, alegando não haver incapacidade e e precisar ter no mínino carencia de 12 contribuições mensais.
Se ela entrar com pedido de Reconsideração e ganhe o benefífio ela deve continuar contribuindo

Catarino disse...

Maria
Enquanto estiver em benefício não pode pagar, só quando estiver sem receber o benefício.

Anônimo disse...

Olá gostaria de saber por quanto tempo continua-se a receber o beneficio da aposentadoria de uma pessoa falecida,e se para cancelar este beneficio é preciso ir até ao inss ou isto é feito automaticamente?Se for ao banco e tiver o beneficio depositado pode recebe-lo?

Grato

Catarino disse...

Não pode receber nem um dia depois do óbito. Continuar recebendo é crime.
Você deve apresentar a certidão de óbito em uma agência do INSS ou ligando para o 135.
Saque pós o óbito é sempre investigado.

Anônimo disse...

Olá senhor catarino,gostaria que tira-se uma grande duvida minha.meu filho esta afastado do trabalho a 1 ano e meio pelo Cid 10 F23.1,na ultima pericia ele recebeu o beneficio escrito de uma forma diferente,dos outros que já avia recebido onde não falava de ter que ser submetido a fazer novo exame,e também não falava de poder ser suspenso o beneficio caso não ouve-se uma nova pericia, então não entendi muito ao certo,já que tinha ligado para o 135 e eles não souberam me responder essa pergunta,dizendo eu ter que ir na agencia para saber,OLHA o laudo diz o seguinte:
Em atenção ao seu pedido de auxilio doença,apresentado no dia 16/08/2009,informamos que o beneficio foi concedido até 26/07/2012.
CONSIDERANDO que V.senhoria será submetido a novo exame medico-pericial,solicitamos que entre em contato com a agencia onde realizou seu exame,com 30 dias de antecedência,para agendamento da pericia-medica ou pelo tel.135.O não comparecimento a nova pericia implicará na suspensão do beneficio.
Um novo exame medico pericial poderá ser gendado para V,senhoria A QUALQUER TEMPO,dentro do período de vigência do beneficio.
Enfim esse foi o laudo,oque não entendo é que ele acabou de sair da pericia recebendo esse laudo até 2012,mas com essa OBS dizendo que terá que ser feito novo exame com 30 dias de antecedência ,caso não aja novo exame, poderá ser suspenso seu beneficio,então fica minha pergunta ao senhor,eu tenho que marca nova pericia para ele ,mesmo estando assegurado até 2012 senhor catarino,desde já agradeço sua atenção e sua resposta.
Atenciosamente.Nadja Jorge

Anônimo disse...

olá gostaria de saber o porque meu salário família foi cortado do me beneficio,estou a 1 ano pela pericia e sempre recebi junto o meu salário famila,mas desde Dezembro para cá a 3 meses não vem mas,engraçado que filho simplesmente não morre todo ano para ter que levar novamente sua certidão de nascimento para comprovar novamente que vc é pai da criança que ano passado junta com a documentação entregou a certidão de nascimento,saberia me dizer oque ouve para eu parar de receber.obrigado pela informação
Pedro henrique

Anônimo disse...

Recebo pensão alimentícia, mas completo 21 anos no próximo dia 20. Entrei com o pedido de seguro desemprego e ele foi indeferido porque eu recebo a pensão. Se eu esperar o fim da pensão e entrar com o recurso tenho chances de ganhar?

Catarino disse...

Nadja
O benefício vai ficar ativo até 26.07.2012. Se até aquela data ele estiver curado é só retornar ao trabalho. Se ele ficar curado antes tem que avisar o inss para que o benefício seja suspenso.
Se naquela data ele continuar doente, terá que marcar uma nova perícia com 30 dias de antecedência, ou seja um mês antes da data final que é 07/2012.

Catarino disse...

Pedro
Essa informação eu não tenho, você terá que ir na agência do inss. Normalmente eles pedem o comprovante de vacinas ou de matrícula escolar.

Catarino disse...

Você deve estar confundindo pensão alimentícia com pensão por morte. Pensão alimentícia é paga por alguém vivo, por separação ou filho. Cessa quando a justiça manda.
Pensão por morte é paga por alguem morto e cessa aos 21 anos.
Se for o segundo caso é só esperar que esteja cessado e fazer o pedido, mas não sei se poderá receber.

allinemaster disse...

Olá boa tarde tenho uma duvida gostaria muito que vc me ajudasse eu sou deficiente fisico e trabalho numa empresa a nove anos e agora estou afastado por problema de saude estou recendo do inss mais a precisa solicitou que eu voltasse pq eles vão acerta com todas as pessoas e querem que eu volte pra fazer esse acerto msm sem ser liberado pelo meu medico eu devo fazer isso e se fizer depois consiguirei entrar novamente de linceça pelo inss ja que a minha carteira vai ta dado baixa.

Catarino disse...

Quanto a fazer acerto na empresa não sei opinar.
O desempregado mantém o direito por mais 12 meses depois de afastado.

Anônimo disse...

gotaria de saber se depois de fazer o atestado de obito do faleçido se o benefiçio cançela automaticmente ou ten que ir noinss para cançelar obrigado

Catarino disse...

Sim, em que levar em uma agência do inss ou ligar para o fone 135 e informar o óbito.

wesley disse...

boa tarde meu nome e wesley

recebo pensao por morte do meu pai

completo 21 anos agora em maio

sou universitario

tem como pedir a prorrogaçao do beneficio

por que eu faço faculdade

Catarino disse...

Wesley
Na lei previdenciária não há como pedir prorrogação, na justiça há casos de prorrogação, mas são situações extremas, você vai precisar de um advogado.

Anônimo disse...

ESTOU EM AUXILIO DOENÇA POR QUADRO PSICOTICO AGUDO E LEVE DEPRESSAO,CONSEGUÍ O BENEFICIO VIA JUDICIAL E O JUIZ ME CONCEDEU POR TEMPO INDETERMINADO E REZA A SENTENÇA QUE SÓ PODEREI RETORNAR AO SERVIÇO APOS O TRATAMENTO MAIS O PSIQUIATRA DISSE QUE O TRATAMENTO VAI DURAR ENQUANTO EU VIVER.O INSS PODE ME APOSENTAR ALTOMATICAMENTE?ISSO DEMORA?TOMO AS SEGUINTES MEDICAÇOES:DONAREM RETARD 150MG,LORAZEPAM 2MG,NEULEPTIL 4 MG,DIAZEPAM 10MG,FLUOXETINA 25MG,ALPRAZOLAM 1MG,RISPERIDONA 1MG AMITRIPTILINA25MG ASSRT50MG.

Catarino disse...

Se o benefício foi concedido na via judicial o INSS irá mudar para aposentadoria. Você terá que voltar na justiça e pedir isso.

Anônimo disse...

Boa Tarde,meu sogro recebia auxilio doença a 1 ano e meio, ele veio a obito, mais o inss continuou a depositar o beneficio,no qual os filhos(maiores de idade) pegaram 4 parcelas apos o obito. Só que consultaram e viram q caiu a 5 parcela do beneficio.Como eles deveme proceder?
Pq o inss continuou a depositar?

Catarino disse...

Os filhos deviam ter apresentado ao inss a certidão de óbito e pedido o cancelamento. Eles não podem receber os valores a partir do óbito, é crime e quando forem descobertos terão que responder por isso.
Sugiro que apresentem a certidão.

Anônimo disse...

Certo....Obg pela informação...então eles terao que devolver esse dinheiro ao governo? eles pegaram para cubrir as despesas do interro e despesas deixadas pelo falecido.
Caiu mais uma parcela parcela na conta, ou seja a 5 mais eles não pegaram..deixaram lá.
Eles consultaram a assistente social e ela disse que o cartorio que tem por obrigação de enviar as certidões de óbito ao inss.
Ou seja falha do cartorio.
O que pode aconteçer? por eles terem pego as 4 parcelas apos o obito?
Eles fizeram o saqui atraves de cartao magnetico.
Obg.

Catarino disse...

Eles tem que devolver ao inss, o melhor é levar ao inss a certidão e propor um acordo para devolver, pode ser parcelado.
Se deixarem que a polícia federal vá atras é aberto processo e não importa dizer que usaram o dinheiro porque estava na conta e que a obrigação é do cartório. A obrigação legal é dos parentes próximos, pois foi um deles que foi ao cartório fazer a certidão.
Receber valores indevidos é crime.

ANNA RITA disse...

Bom dia, me chamo Anna Rita e gostaria de saber o que eu preciso fazer para transferir minha pensao para um outro banco.

Catarino disse...

Anna
Você tem que ir ao inss e levar o número do banco e da conta corrente e pedir a transferência. Só é possível mudar para o banco em que mantém conta corrente.

Anônimo disse...

minha mae faleceu e qu queria saber como faço para cancelar o inss pois ela era pensionista do meu padrasto,e minha e pensionista e nao quer cancelar e quer continuar recebendo me ajudem?

Catarino disse...

Você só precisa ligar para o fone 135 e comunicar o óbito ou entregar uma cópia da certidão em qualquer agência do inss.

Anônimo disse...

Boa tarde,
Tenho 47 anos e 31 de contribuição, se pedir aposentadoria receberei integral ?
Pretendo entrar para o serviço público, é melhor esperar para entrar, completar 10 anos no serviço público e depois entrar com o pedido, o que vc aconselha.
Grata,
Mara Rejane

Catarino disse...

Mara
Com sua idade vai perder mais de 50% da média.
Quanto a ir para o serviço público não sei o que dizer, pois lá seguem outras regras para aposentadoria.

Anônimo disse...

Boa tarde.Preciso da seguinte orientaçao:Afastado
a 5 anos fiz as duas pericias do inss e fui liberada, no exame de retorno o médico deu inapto.Entrei na justiça federal que marcou pericia p/03/06/11.Sem conhecimento a empresa abru
novo beneficio marcando pericia no inss para 04/04/11.O que devo fazer?nao ir a pericia do inss, quais as consequencias.grato
Luis

Anônimo disse...

ivt..sr catarino por favor eu preciso de tirar uma duvida se a pessoa e casada, viveu puco tempo com seu companheiro ela tem direito do benficio do inss dele obrigado

Catarino disse...

Luis
A empresa não tem obrigação e nem dever de pedir benefício, vá na empresa saber porque fizeram isso.
A decisão é sua, que deve avaliar os riscos.

Catarino disse...

Não entendi sua dúvida, você é casada com a pessoa falecida ou é companheira de uma pessoa casada que faleceu.
Se é casada e o casamento não foi uma fraude para obter benefício, tem direito mesmo que o casamento tenha durado pouco tempo.

Anônimo disse...

meu nome é Artur oscar tenho 31 anos de idade sofrir acidente de trabalho cai de 4 metros de altura e estourei os dois calcanhar colocaram enxerto osseo e adiquirir artrose nos dois pes sito dor intensa so ando de moletas por 50 metrs e fico tonto sinto queimores dor no quadril e bursite no ombro direito meu medico disse que fez o que podia e disse que ficarei com dor o resto de minha vida faco pericia de 4 em 4 meses vou a pulso de tanta dor que sinto tenho direito a me aposentar por invalidez meu medico disse que meu caso e compricado pois os peritos sao raros ortopedista isto e correto

Catarino disse...

Artur
Na lei não existe um único item que diga quem tem ou quando tem direito a aposentadoria. É uma decisão da perícia médica, quando acharem que você não tem mais recuperação lhe darão a aposentadoria.

Anônimo disse...

MInha filha recebe pensão continuada do INSS, sou autônoma, mas o pai dela é funcionário público e a inclui no imposto de renda, bem como, toda a família. Sei que não tenho mais direito em receber o benefício, como faço para cancelá-lo? Ou ainda posso continuar a recebê-lo? Obrigada.

Catarino disse...

Não sei o que é pensão continuada, por isso não tenho o que dizer.

imported shop disse...

por favor,minha mãe recebe aposentadoria (do meu falecido pai,que foi aposentado por invalidez),atualmente ela quer vir pro japão,existe uma maneira dela vir,e continuar recebendo a aposentadoria,,pois ela não atingiu a idade,recebe a que era do meu falecido pai,,ela ainda ta pagando a dela..porem em agosto tem que renovar,,pode outra pessoa renovar por ela?

Catarino disse...

Ela recebe pensão por morte e pode morar onde quiser que não perde o benefício. Só terá que ver como vai fazer para receber, deve procurar um banco brasileiro que tenha agência onde ela vai morar.
Não entendi o que você quer dizer com em agosto ela vai renovar.

Rosemary disse...

ola,sou a Rose tenho um primo que tem um bebe especial tem simdrome de down como fazer para aposentar o bebe, isso é possivel obrigada

Catarino disse...

Rose
Aposentadoria é só para quem é segurado e possui contribuições.
Você deve estar falando do LOAS, não tenho como dizer se terá direito, pois são vários fatores envolvidos, a renda familiar não pode ser superior a 1/4 do salário-mínimo. Ele tem que ver isso e ir no INSS se informar.

Anônimo disse...

oi minha mae faleçeu dia 23de maio d.2011?? gostaria de saberse a aposentadori dela ainda continuacaindo?? na conta e porquanto tempo ela tinha 80 anosrecebia pensao por idade

Catarino disse...

O benefício dela tem que cessar no dia do óbito, qualquer valor sacado após esse dia é considerado irregular. Os valores residuais devem ser requeridos pelos herdeiros.

pedrito ávila disse...

Tenho dois pequenos grandes problemas, minha esposa é professora esta com 50 anos de idade, tem 23 anos de contribuição comprovada de professora, mas ela tem mais 3 anos que contribui para o INSS como autônoma mas ela era proprietária da escola mas exercia a profissão de professora, como faço para alterar de autônoma para professora junto ao INSS? Tem comprovantes que ela exercia a profissão de professora. Outro erro cometido nos recolhimentos delas foi o primeiro trabalho, ela foi contratada para setor de educação seria MOBRAL na época, são dois anos registrado na carteira de trabalho mas registrado na época como Escrevente, temos diplomas fotos e testemunhas que ela exerceu a profissão como alfabetizadora na época, o que devo fazer para alterar este erro? Pois já fui até prefeitura e disseram que não tem jeito, tenho que rever estes 2 erros pois nada nada são 5,5 anos que ela poderia já estar aposentada, aguardo sua resposta.

Catarino disse...

Pedrito
Você em Prefeitura, sua esposa trabalha na prefeitura e recolhe para o inss ou é a prefeitura quem vai aposentar, se for o segundo caso não tenho como ajudar.
Se ela recolhe para o iNSS e é lá que vai se aposentar o tempo que tem em outras atividades não será aceito, pois só é válido a atividade exercida em sala de aula de escola regular de ensino fundamental e médio. Mas o tempo pode ser usado para a soma total, no caso de se aposentar por tempo.

Anônimo disse...

Boa tarde sr Catarino
Sou contribuinte individual a dois anos(sou manicure)estou gravida de 6 meses e passei em um concurso publico que devo tomar posse mes que vem.
Terei direito a dois salarios maternidade?como autonoma e pela empresa tbm? pelo que me cosnta a empresa paga pelo inss tbm

Consultor disse...

No INSS só é possível um único benefício.

Anônimo disse...

Alecsandra boa noite queria tira uma duvida a maé do meu esposso faleçeu quando ele tinha 9 anos mais ele só deu entrada no pedido de pençao as 19 antis de completar 21 perdeu a pençao ja tem 6 ano ele ainda pode recorre por que dois atrasado ou nao

Consultor disse...

Alecsandra
Não tem direito, a lei prevê que o filho menor deve pedir o benefício até os 16 anos e 29 dias para receber desde o óbito, depois dessa idade recebe a partir do dia do pedido.

Anônimo disse...

Oi. Meu nome é Estela, tenho 19 anos. Recebo uma pensao por morte do meu pai. Mas só fiquei sabendo disso a pouco tempo, e só fui receber a 1° vez em março. Antes quem recebia era minha tia, que nunca me contou. Ate os 18 anos eu morava com ela. Mas eu sai de la e ela continuo recebendo todo o dinheiro sem me dar um real quase um ano e meio. Isso é errado? Eu posso recorrer contra isso?
No começo do ano que vem vou começar a fazer faculdade. Faço 21 anos em outubro do ano que vem. Fazendo faculdade minha pensão continuara? Muitas pessoas ja me disseram que sim. E o que eu devo fazer? Bjos

Catarino disse...

Estela
Se sua tia recebia é porque tinha autorização legal, agora é uma questão de família, você terá que ir na justiça e dizer que ela não lhe passava os valores e mover um processo, no inss não há o que reclamar.
A pensão cessa aos 21 anos, esteja estudando ou não.

Anônimo disse...

BOM DIA!
MEU PAI RECEBE AUXILIO ACIDENTE E EM AGOSTO DESTE ANO JA SE APOSENTA POR IDADE COMO AGRICULTOR. ESSE AUXILIO ACIDENTE CAÍ OU ELE CONTINUA RECEBENDO? SENDO QUE O LEGISTA (MÉDICO) FEZ O LAUDO P 10 ANOS, E ELE RECEBE DESDE DE 2007. E TAMBÉM ELE FAZ CONTRIBUIÇÃO JÁ FAZ MAIS DE 33 ANOS.

Catarino disse...

O auxilio acidente cessa quando da aposentadoria.

Anônimo disse...

Olá,
entrei com um pedido na Junta de recursos do INSS, e a decisão foi favorável.O que acontece agora? Eu tenho que fazer mais alguma coisa, aguardo um comunicado?

Catarino disse...

Não. Agora é só aguardar o cumprimento da decisão por parte da agencia.

Anônimo disse...

SE EU RECEBO O AUXILIO ACIDENTE E NOS MES QUE VEM JA ME APOSENTO POR IDADE.. VEM AUTOMATICO A APOSENTADORIA OU TEM QUE DAR ENTRADA NO INSS. POIS RECEBO O AUXILIO ACIDENTE, E QUANDO ME APOSENTO CESSA? CAI O SALARIO DO INSS AUTOMATICAMENTE?
OBRIGADO!

Catarino disse...

A aposentadoria só é concedida se você fizer o pedido formal, ligue para 135 para agendar o atendimento.
O auxílio acidente é cessado no dia anterior ao inicio da aposentadoria.

Anônimo disse...

Informação!

Após a morte do segurado que recebia Benefício Assistencial - LOAS. O Cartório informa ao INSS e assim o benefício é automaticamente cancelado?

Catarino disse...

Em tese sim, mas os familiares têm obrigação legal de levar uma cópia da certidão ao INSS e pedir a cessação.

Anônimo disse...

Meu pai sofreu um acidente no trabalho que o deixou com sequelas em um braço e com reduçao de 60% da funçao, enfim hoje recebe o beneficio Loas já há uns 35 anos aproximadamente. Porém o seu beneficio vem diminuindo cada vez mais, antes ele recebia um salário minímo, hoje recebe duzentos reais. Gostaria de saber se esse tipo de beneficio não tem reajuste anual como os outros beneficios.

Catarino disse...

Sua histórica não está correta. Você diz que seu pai recebe loas? Não seria auxílio-acidente, se for esse o caso é pago um percentual do benefício que recebia e o valor é reajustado, mas com o tempo perde valor.

Anônimo disse...

Olá, meu sogro faleceu e arrumando as coisas dele achamos uma carta da revisão da aposentadoria na qual ele tinha direito. Consta um valor de atrasados de aproximadamente 7 mil. Meu marido é filho único ele tem direito de receber esse valo??? No casa como ele teria que proceder.

Catarino disse...

Primeiro é preciso confirmar se há o valor a ser recebido e depois terá que pedir um alvará judicial.

Anônimo disse...

Boa Noite, conversando com meu pai hoje a tarde, fiquei intrigado com sua aposentadoria. O mesmo aposentou em 1982 com quatro(4) salarios mininos,para minha surpresa fiquei sabemdo hoje o ele recebe R$ 854,00.Isso representa um (1) salario e meio isso é correto ou podemos pedir uma revisão nos calculos.
Alguem pode me ajudar?

Obrigado,

Edmilson

Catarino disse...

Edmilson
Não há o que fazer, a perda da renda se dá devido aos índices de reajustes que são diferente para quem ganha mais de um mínimo.

Anônimo disse...

Catarino muito obrigado


Edmilson

Anônimo disse...

sou pensionista e gostaria de fazer a transferencia de um banco para outro, como eu devo fazer?ir no banco e pedir a transferencia ou ir no inss?, obrigado.

Catarino disse...

Para trocar de banco é preciso ter conta corrente no banco para onde quer levar seu benefício, pode pedir ao banco que faça a transferência ou ir no INSS levando os dados do banco para a transferência.

Anônimo disse...

Catarino, boa noite! Estou para me aposentar e mudei de São Paulo para Bahia, ainda não transferi minha conta bancária. Vou ter algum problema por não ter conta em banco aqui na Bahia? Solange

Catarino disse...

Solange
Não tem problema nenhum, não é preciso ter conta para receber a aposentadoria.

Anônimo disse...

Tenho uma pessoa na família que é portador da Síndrome de Down, ele tem 35 anos, não trabalha, pergunto, ele poderia ter direito ao benefício do INSS?

Catarino disse...

Não tenho como opinar, pois isso depende da condição econômica da família e seu estado de saúde.

Josue castro disse...

Boa noite,
Tenho uma Duvida, eu e minha esposa tivemos 2 filhos sendo que um tem paralisia cerebral e eh beneficiario do inss. estavamos sendo sustentados pelas nossas familias. Agora, minha esposa foi chamada num concurso publico e esta trabalhando. Gostaria de saber se meu filho perde este beneficio?
Obrigado.

«Mais antigas ‹Antigas   1 – 200 de 316   Recentes› Mais recentes»

Postagens populares

 
Copyright © Benefícios da Previdência - Todos os direitos reservados.
Imagem header crédito: stock.xchng - Template Minima de Douglas Bowman - Design por Linketal.com