Encontre resposta, de forma instantânea, para o que procura digitando sua dúvida na caixa de buscas abaixo:

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Contribuições do INSS em atraso terão multa diária.

Contribuições do INSS em atraso terão multa diária.

A partir de hoje, 18.01.2010, quem for pagar parcelas de contribuição à Previdência terá que pagar multa diária. A taxa que será cobrada é de 0,33% ao dia. Além da multa também é cobrado juros diários.

Quem não pagou no último dia 15 a parcela de Dezembro/2009 já terá que pagar a multa diária contada desde o dia do vencimento. Essa regra vale para os contribuintes individuais, facultativos, empregadores domésticos e optantes pelo plano simplificado.

Não esqueça que em Janeiro são pagas as contribuições sobre os vencimentos de Dezembro. Utilize os valores tabela antiga, somente em Fevereiro é que serão utilizados os novos valores.

O preenchimento da guia para recolhimento pode ser preenchida na internet neste site da Previdência. É só preencher com os seus dados que o sistema calcula a multa e os juros.

Se você tem alguma dúvida sobre este assunto ou sobre qualquer outra ligado à Previdência Social, INSS, faça sua consulta que responderei com prazer.









Faça seu comentário e apareça no rol dos comentadores.
Se gostou do post subscreva nosso FEED.
Cópia não permitida -  www.aposentadorias.net
Fonte: Notícias da Previdência.
Compartilhar

267 comentários:

«Mais antigas   ‹Antigas   1 – 200 de 267   Recentes›   Mais recentes»
LISON disse...

Saudações!
Que Post Fantástico!
Amigo Catarino, muito importante os seus esclarecimentos a cerca do INSS. Uma notícia que vai ao encontro de milhares de pessoas!
Parabéns pelo excelente Post!
Abraços fraternos,
LISON.

concentrado disse...

Catarino amigo seu blog é muito util para muitas pessoas.

Anônimo disse...

caso tenha a carteira assinada com renda de 02 salarios mimino posso contribuir atraves do carne para completar o valor de 10 salarios de contribuição. Para que tenha um renda melhor no futuro.

Anônimo disse...

Já completei tempo para aposentar tenho 31 anos de contribução e 54 de idade, devo esperar a aprovação do fator 85/95, para solicitar a minha aposentadoria. Preciso continuar contribuindo???

Atenciosamente,

Irene

Catarino disse...

Na verdade o teto não é 10 salários, é R$ 3.416,00 e o valor que você pagar em atividade secundaria não soma diretamente, existe uma fórmula que desconta do valor pago.

Catarino disse...

Irene
Se você tem condições de continuar contribuindo e suas contribuições forem maiores que o mínimo sua renda fica melhor, mas se for no mínimo não vale a pena esperar.
Quanto a nova regra não há garantias que seja votada em breve.

Anônimo disse...

para contribuite avulso o percentual é de 20 porcento do ´salario mínimo? já tenho 23 anos de contribuição e estou com 57 anos de idade, atualmente estou contribuindo com seis sálarios mínimos, vou pedir aposentadoria por idade,é vantagem pra mim aumentar o valor da contribuição. como é feito o calculo no meu caso?

Catarino disse...

A renda é feita pela média das contribuições desde 07/94 aproveitando 80% das maiores. Dessa média você fica com 70% mais 1% por ano de contribuição.
Se você tem condições de aumentar a contribuição vale a pena, pois cada contribuição maior que você fizer tira uma menor da média.

Anônimo disse...

O que uma empresa deve fazer existindo atraso com INSS e FGTS de uns 08 meses

Catarino disse...

A empresa vai ter que procurar a Receita Federal e a Caixa Federal para acertar os valores.

Anônimo disse...

Boa noite,Catarino.
Vou dar entrada na aposentadoria especial na próxima semana como dentista,pois trabalho em uma empresa,faz 25 anos e 3meses.Tenho PPP.Pretendo continuar trabalhando no meu consultório.Acontece que estou atrasada na minha autonomia,faz alguns anos.Gostaria de saber,se posso pagar junto ao inss esses anos atrasados,e continuar pagando minha autonomia até concluir os trinta anos de contribuição e dar entrada numa nova aposentadoria por tempo de contribuição. Fico no aguardo.O meu nome é ALBA Obrigada

Catarino disse...

Alba
Não existe como ter duas aposentadorias no INSS. Só em regimes diferentes, se você trabalha na iniciativa privada e no Estado ou Prefeitura.
Pagar atrasados pode, mas veja o limite do teto.

PEDRO ROBERTO disse...

Sr.Catarino, sempre contribui pelo máximo em empresa e por probl da vida, parei de pagar há muitos anos e um advogado que consultei viu q eu tinha quase 25anos e 3meses de contribuição e que deveria contribuir mais 4anos e 10meses pra chegar ao tempo mínimo.Não tem sido fácil pagar quase 700,00/mes.Tenho 59anos.O raciocínio é este mesmo? Devo continuar pagando pelo máximo? Poderia fazer uma projeção de quanto seria hoje minha aposentadoria com os dados acima?
obrigado

Catarino disse...

Pedro Roberto
Não sei o que esse advogado quis dizer com tempo mínimo, pois a soma que você fala dá 30 anos e você precisa ter 35 anos de contribuição para se aposentar ou esperar até os 65 anos que exige o mínimo de 15 anos.
Não há como fazer projeção de valor de aposentadoria. A média é feita com as contribuições feitas desde 07/94.

pedro roberto disse...

Catarino, obrigado pela pronta respota
É que contribuo desde 1968, com longo período sem pagar e desde 2008 voltei com carnê.Segundo ele meu caso é diferente.

pedro roberto disse...

Catarino,

qdo disse que meu o advogado calculou pra mim, é pq contribuo desde 1968, então posso aposentadoria parcial com 30 anos.
Falei com vc ontem a noite

Catarino disse...

Pedro
Só terá direito se no ano de 1998 você tinha 30 anos de contribuição, fora isso terá que pagar o pedágio de 40% sobre o tempo que faltava para ter 30 anos em 1998.

roberto disse...

meu carne vence proximo dia 15 e só vou pagar próximo mes, pago pelo máximo.Como devo calcular quanto vou pagar?

Catarino disse...

Roberto
Os juros e multa são diários, por isso você vai ter que entrar no site abaixo quando for pagar para calcular o valor.
http://www.previdencia.gov.br/conteudoDinamico.php?id=258

MARISA DA SILVA disse...

URGENTE
NOSSA DÚVIDA E COM RELAÇÃO A DECLARAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA.

NO COMPROVANTE INSS DE MEU PAI QUE RECEBEU UM DIFERENÇA ATRAVES DE AÇÃO ADMINISTRATIVA, VEIO A SEGUINTE INFORMAÇÃO QUE O MONTANTE RECEBIDO É TRIBUTÁVEL MAS O IR NÃO FOI RETIDO DEVIDO Acao Civil Pub. No. 19996.10.00.037100 - 19a. Vara Federal - SP - 09/04/1999. Incluído em outros: CPMF

COMO DECLARAR E FICAR ISENTO DO PAGAMENTO.

Anônimo disse...

trabalho desde 1980 sempre com carteira assinada quando terei direito a aposentadoria

Catarino disse...

Marisa
Não há como ficar isento, você declara junto com os outros rendimentos e se der imposto a pagar tem que recolher.

Catarino disse...

Depende se você é homem ou mulher, se for mulher quando completar 30 anos e se for homem quando completar 35 anos de contribuição.

Paulino disse...

Caro Catarino, contribui para o inss no periodo de setembro de 1976 a novembro de 1988 e desde dezembro de 1988 resido no Japão . Gostaria de saber se posso pagar os 21 anos que deixei de contribuir para poder me aposentar daqui a 2 anos por tempo de contribuição. Tenho 52 anos. Qto ao acordo previdenciário Brasil-Japão que deverá entrar em vigor no próximo ano, poderá somar as contribuições paga nos dois paises para calculo da aposentadoria no brasil?

Catarino disse...

Pagar tempo passado não é possível, quem vive no exterior pode ser contribuinte facultativo e essa categoria não paga parcelas em atraso.
O tempo que você já tem no Brasil poderá utilizar no Japão e o contrário também.
Boa sorte

DOTÉ disse...

R.SILVA/GOSTARIA DE OBTER UMA INFORMAÇÃO ESQUECI DE PAGAR MEU CARNE DO INSS O VALOR EH 279,00 REAIS VCTO TODO DIA 15 SO QUE O MÊS DE ABRIL EU ATRAZEI JA TEM
07 DIAS DE ATRAZO GOSTARIA DE SABER COMO FAÇO PARA CALCULAR ESTES DIAS DE ATRAZO PARA PODER FAZER O PAGTO DIGO DESTE MÊS CNTO COM SUA AJUDA POR FAVOR MUITO GRATO.

Catarino disse...

Doté
Você via precisar entrar no site abaixo e preencher a guia que o sistema já dará os juros:
http://www.previdencia.gov.br/conteudoDinamico.php?id=258
Boa sorte

Anônimo disse...

NEIRIVALDO PEREIRA LAGO

Anônimo disse...

NEIRIVALDO PEREIRA LAGO QUANTO PAGAREI DE ATRASO A MINHA AUTONOMIA

Anônimo disse...

AILTON SOUZA FILHO GOSTARIA DE SABER .SOU APOSENTADO E RECEBIA AUXILIO ACIDENTE E CORTARAM O MEU BENEFICIO TENHO DIREITO DE RECORER

Catarino disse...

Ailton
O auxílio-acidente vale só vai até a data do início da aposentadoria. Não pode ser acumulado.

Catarino disse...

Neirivaldo
Não entendi sua dúvida.

Anônimo disse...

VANDA PEREIRA LAGO SOUZA ,GOSTARIA DE SABER SE COM 8 ANOS QUE RECEBO AUXILIO ACIDENTE ,E COM 48 ANOS JA POSSO PEDIR A MINHA APOSENTADORIA

Anônimo disse...

VANDA PEREIRA LAGO SOUZA GOSTARIA DESABER SE COM 8 ANOS QUE REÇEBO AUXILIO DOENÇA ,E COM 48 ANOS SE JA POSSO PEDIR A MINHA APOSENTADORIA

Catarino disse...

Vanda
Você precisa verificar com a perícia do INSS para que seja recomendada a sua aposentadoria, pois já está em benefício a bastante tempo.
Boa sorte

Anônimo disse...

BOM DIA, TENHO UM AMIGO AUTONOMO E ESTA HA 2 ANOS S/PAGAR INSS, ELE PODE PAGAR OS ATRAZADOS E SOLICITAR AUXILIO DOENCA, OBRIGADO, OSVALDINO DE SOUZA

Anônimo disse...

Ola,gostaria de saber se o militar que apos ter sido reformado por invalidez, ingressou no INSS e contribui por 6 anos e ficou doente e solicitou auxilio doenca e apos o periodo de 24 meses ele pode ser aposentaado por invalidez previdenciaria, mesmo tendo a reforma pelas forcas armadas, obrigado, Wanderley

Catarino disse...

Souza
Não adianta, só vale pagamentos em dia.

Catarino disse...

Wanderley
Desde que o motivo, doença, seja completamente diferente daquela que o aposentou nas forças armadas.

Anônimo disse...

Sr.Catarino booa Noite.Contribui p/o INSS durante 19 anos,há 14 anos trabalho por conta propria e não contribuo, tenho 51 anos, posso quitar estes anos e solicitar aposentadoria por contribuição?

Grata,
Vera

Catarino disse...

Vera
Se você fez sua inscrição e contribuiu ao menos um mês em dia, poderá pagar.
Se não fez isso, terá que entrar com um processo pedindo autorização e provar, com documentos, que trabalhou nesse período.
O processo é no setor de benefícios do INSS.

Anônimo disse...

Sr Catarino,o militar que questionei e reformado por invalidez por ser renal cronico, como melhorou entrou na iniciativa privada, ficando mais tarde renal cronico de novo,ele pode receber as 2 aposentadorias, ha crime militar ou previdenciario ou nao tem.Wanderley

Catarino disse...

Wanderley
Provavelmente ele terá que devolver os valores que recebeu indevidamente, pois estava curado e não pediu o encerramento do benefício.
Mas não sei quais são os procedimentos das forças armadas.

Anônimo disse...

Ola, Sr Catarino, qual o tempo maximo que o contribuinte deixa de pagar o inss, para perder o direito de segurado. Osvaldino

Catarino disse...

Osvaldino
Se já contribuiu mais de 10 anos o tempo é de 2 anos, se contribui menos é de 1 ano.

João disse...

tenho 28 anos de contribuição, 56 anos, tenho atrazados os anos 78, 79, como faço para pagalos. AMARO

Catarino disse...

João
Se você é contribuinte individual e já contribuia antes dessa data, pode procurar uma agência do INSS e solicitar o cálculo para pagar.

João disse...

estou atrazado, no recolhimento da contribuição previdenciária entre 78 79 80 uns 2 anos,porem tenho 28 anos de contribuição e estou contribuindo. estou isento destes pagamentos pois se passaram 30 anos? joão

Catarino disse...

Joao
O direito de cobrar prescreve em 5 anos, por isso você só paga se for interesse seu.
VivercomSaúde

DANDI disse...

Prezado Catarino, sou micro empresario, e não pude recolher minhas contribuiçoes ao INSS alguns meses de 1984/85/86 - quase 20 meses. Posso PAGAR ESTES ATRAZADOS ? pois estou com 54 anos, trabalho registrado desde 1976 e depois como micro empresario desde 84. Como é feito o calculo ? Obrigado
Fernando

Catarino disse...

Dandi
Se você contribuiu ao menos com uma parcela em dia antes da data que quer pagar poderá fazer.
O cálculo é feito pelo valor que você atribuir, pode ser o mínimo, pois a cobrança está prescrita, mas de 5 anos.
Deve ir em uma agência para solicitar o cálculo.

Anônimo disse...

meu primeiro registro em carteira foi em1989, trabalhei 9 meses e sai depois trabalhei mais uns 6 meses em outro lugar e e por mais 4 e assim foi tenho pouco tempo de firma em registro hoje stou com 36 anos já cheguei a ficar até 6 anos sem registro atualmente sou do lar quero contribuir com o insss o que devo fazer? sou devedora de contribuição? o que devo fazer para pagar essas contribuições em atrazo? devo pagar? ou só continuar contribuindo ñ entendo nada disso me oriente por favor, se existe um jeito de pagar todos os atrazados ou ñ . obrigada.

Léiia disse...

anônimo esqueceu de deixar um nome léia ta´? obrigada.

Anônimo disse...

eu me chamo IRANY.eu estou arasada 10 anos de contribuição do inss. posso pagar os atrasados. para requerer a posentadoria.

Catarino disse...

Léia
Para pagar atrasados você tinha ser contribuinte individual e ter pago ao menos uma parcela em dia.
Se você quer começar a contribuir agora tem que fazer o registro no INSS, é só ir em uma agência com seus documentos que eles fazem isso para você.
Consultor

Catarino disse...

Irany
Se você é contribuinte individual pode pagar, é só procurar uma agência para fazer os cálculos.
Consultor

Anônimo disse...

Prezado Catarino,

Sou autônoma e me inscrevi como contribuinte individual somente em julho de 2008. Gostaria de saber se é possível eu recolher contribuições retroativas, ou seja antes de julho de 2008. Obrigada, Patrícia.

Catarino disse...

Patrícia
Não pode pagar antes da inscrição e do primeiro pagamento em dia.
Para ser aceito precisa provar que exerceu atividade e não contribuiu, mas tem que ter documentos, como imposto sobre serviços pagos na prefeitura. Depende muito de qual sua atividade.
Você pode fazer um pedido retroação da data de inicio das contribuições e se for aceito lhe darão autorização.

ANA disse...

eu trbalhei em uma casa de familia sai de la ha quatro anos atras e até hoje ela não pagou o inss fui a delegacia do trabalho, e la falaram que era na receita, fui e mas uma vez falaram quenão eralá e sim no forum, chegando no forum me falaram que não era lá voltei a estaca zero e até hoje não sei como procurar meus direitos.ANA

Catarino disse...

Ana
Você precisa procurar um advogado e entrar na Justiça do Trabalho para ter seus direitos garantidos.
Boa sorte.

Anônimo disse...

pago autonoma inss no brasil,vim pra portugal e pago a segurança social aqui tbm poso pedir minha aposentadoria nos dois paises,pois me diseram que nao poso fazer iso que estou pagando e vao maria alves

Catarino disse...

Maria Alves
Se você completar o direito nos dois países poderá se aposentar nos dois.
Também pode levar o tempo pago em um para se aposentar no outro depende da sua situação e do tempo contribuído em cada país.

Anônimo disse...

sr. catarino
FIQUEI NO ECERCITO DE 1982 A 1987, E DE 1987 A 2004 , EM 1988 PAGUEI UM MES DE INSS E DEPOIS NO PAGUEI MAIS, SO QUE NO NO PASSADO 2009, COMEÇEI
A PAGAR OS ATRASADOS, JA PAGUEI 1988,1989,1990,
1991, EU PAGO UM ANO E ESPERO UM POUCO E ACERTO
OUTRO ANO E VOU INDO ASSIM ATE CHEGAR AO ANO 2004,
APOS 2004 ESTA TUDO CERTO, EU ESTOU USANDO A TABELA PRATICA QUE TEM NO SITE RECEITA FEDERAL NELA TEM O COEFICIENTE DA EPOCA E OS JUROS
A SEREM USADO NO MES EM QUE EU PAGAREI AS ATRASADAS, EU USO A TABELA DE SALARIOS DA ÉPOCA
DE REFERENCIA, E PAGO SOBRE 20 %, GOSTARIA DE SABER SE ESTOU FAZENDO O CORRETO,EU FAÇO OS
CALCULOS QUE TEM NA TABELA, E GOSTARIA DE SABER
SE NA EPOCA QUE CRIOU O A UFIR E DEPOIS O REAL,
DESTA ÉPOCA EM DIANTE NAO SE USA MAIS O COEFICIENTE DE CORREÇAO DA TABELA PRATICA.
DESDE JA MEUS GRADECIMENTOS
ATT MARCOS ANTONIO

Anônimo disse...

SR CATARINO, COMPLEMENTANDO O COMENTARIO ANTERIOR MEU, QUERO DIZER QUE DE 1988 A 2004 NAO RECOLHI
INSS AUTONOMO,

ATT
MARCOS ANTONIO

MARCOS ANTONIO disse...

SR CATARINO
NO COMENTARIO ANTERIOR QUE EU FIZ, É QUE DE
1982 A 1988 EU FIQUEI NO EXERCITO. E DE 1988
ATE 2004 EU NAO RECOLHI O INSS AUTONOMO,
SOMENTE UM MES NO ANO 1988 EU RECOLHI, DEPOIS ATE O ANO DE 2004 EU NAO RECOLHI
ATT
MARCOS ANTONIO

Catarino disse...

Marcos Antonio
Eu não sei dizer se está correto, pois para pagar contribuições atrasadas, de tempos antigos, é preciso autorização do setor de benefícios do INSS, por isso você precisa ir em uma agência para acertar sua situação, pois o corre o risco de não ter essas contribuições aceitas quando for solicitar algum benefício.

Anônimo disse...

boa tarde gente, tenho 46 anos de idade nunca assinei minha carteira de trabalho gostaria de saber se posso retroagir desde 1974 a 1978 ou seja se posso conseguir assinar minha carteira este 4 anos como autonomo, pois preciso urgentemente destes quatro anos p/ eu conseguir me aposentar pelo estado, gostaria de saber tambem quanto pagarei pelos encargos. valeu um abraço, ansioso aguardarei a resposta.

Catarino disse...

Não há como pagar retroativos. Não tem valor para benefícios, só pagando mês-a-mês.
Se não foi assinado e recolhido na época agora não tem como fazer.


ConheçaVivercomSaúde

Anônimo disse...

boa noite gente,meu irmao tem 3 anos de carteira assinada nos anos de 1977 a 1980, gostaria de saber se pode passar os tempos dele pra minha carteira de trabalho (isto é com a autorizaçao dele), sou leigo no assunto portanto gostaria de uma resposta valeu.

Catarino disse...

Não pode, o tempo trabalhado só valem para o próprio segurado.

Yolanda disse...

Interessei-me pelo conteúdo do blog e parabenizo-o pela iniciativa.
No site da Previdência, li que a perda da qualidade de segurado não será considerada para a aposentadoria por idade, desde que o segurado conte com a carência e idade mínima exigidas.
Isso signifca que posso voltar a contribuir até completar a carência de 180 parcelas, mesmo tendo parado de contribuir por um tempo como facultativo?
Agradeço o esclarecimento.
Abraços
Yolanda

Catarino disse...

Yolanda
É verdade, você só precisa completar 15 anos de contribuição, não importa em que época foi feita as contribuições.

Anônimo disse...

MEU NOME E ZENIR, TENHO 61 ANOS,TENHO 9ANOS E 10MESES DE COMTRIBUIÇÃO E MAS 4 ANOS E 1 MES DE ATRAZADO NO CARNE AUTONOMO ATE DEZEMBRO VOU TER 14A E 5 MESES , MAS PELA LEI TERIA QUE TER 14A E 6 MESES, SO QUE FALTOU UM MES PARA ME APOSENTAR EM DEZEMBRO, MAS ESE 1 MES QUE ESTA FALTANDO E UM MES DE CARTEIRA QUE NÃO FOI COMTRIBUIDO PELO MEU ANTIGO PATRAO TEM COMO EU RECORER ESE 1 MES DE CARTEIRA PARA FECHA O TEMPO DE 14A E 6 MESES QUE FALTA E PG OS 4 A E 1 MES DE ATRAZADO.GRATA

alexandre disse...

OLA CATARINO PARABENS PELO BLOG ESTA OTIMO,O MELHOR QUE VI ATE HOJE.TENHO UMA DUVIDA AMIGO
TRABALHEI EM 1993 DURANTE 1 ANO DE CARTEIRA ASSINADA,DEPOIS NUNCA MAIS PAGUEI GOSTARIA DE SABER SE POSSO PAGAR ESSES 17 ANOS RETROATIVOS COMO AUTONOMO JA QUE ESTOU COM 34 ANOS PARA GARANTIR UMA APOSENTADORIA.e GOSTARIA DE SABER SE VALE A PENA.
MUITO OBRIGADO

Catarino disse...

Zenir
Você pagar por vínculo em carteira não tem como, o tempo vale de acordo com o que estiver anotado na CTPS mesmo que o patrão não tenha pago.
Consultor

Catarino disse...

Alexandre
Se você não fez a inscrição no mês seguinte em que ficou desempregado e pagou ao menos uma parcela em dia não poderá pagar atrasados.
Se cumpriu essa exigência tem que passar em uma agência para negociar o pagamento.
Quanto a valer a pena depende da sua capacidade de pagamento.

Consultor

Anônimo disse...

oi catarino e a zenir novamente,vc me respondeu dia 07/07.entao mesmo que o patrao nao pg esse um mes eu tenho direito? nao presisa eu recorer em juiz para o inss considerar esse 1 mes que falta na carteira? porque se nao presisar eu pg todos os atrazados no carne autonomo, pelas contas eu me aposentaria em dezenbro. que daria 14 a e 6 meses so o que esta faltando e esse mes que nao costa como contribuido.entao minha duvida e, mesmo que o meu ex patrao nao contribuido com um mes eu tenho direiro ?

Catarino disse...

Zenir
Agora lembrei de um detalhe, se esse vínculo que você fala se refere a empregada doméstica terá que recolher o valor em atraso para ter direito.
SE é um emprego em empresa e foi feita a anotação correta vale mesmo que não tenha sido recolhido.

Consultor

Anônimo disse...

me chamo karina,tenho4 anos de atrazado como domestica em carne autonomo fui calcular no inss me assustei com juros e multa,vc sabe me dizer se tem algum geito de retirar os juros e multas ou derepente so as multa .agradeso desde ja.

Catarino disse...

Karina
Não há como isentar, pois só se existisse uma lei específica para isso e no momento não há nenhuma.

INSS Consultor

Dayse Moreira disse...

Catarino,
Tenho 54 anos e 30 anos de contribuição INSS você acha que vale a pena eu parar de pagar agora o INSS e dar só no ano que vem entrada na minha aposentadoria com 55 anos para não perder o fator previdênciário que entra no cálculo da aposentadoria?
Dayse

Catarino disse...

Dayse
Parando de pagar o ganho é mínimo, por isso não vale a pena esperar mais um ano. Valeria a pena se você continuasse pagando um valor alto para melhorar a média e diminuir o fator.

INSS Consultor

MARIANE: disse...

Olá ! preciso de uma orientação: trabalhei em várias empresas, sempre registrada, de 1995 a 2008. A última empresa faliu, sumiu do mapa, e eu estava em licença-maternidade. as minhas dúvidas são:
- Hoje tem como eu solicitar o pagto do valor que deveria ter sido repassado pela empresa pela ocasião da licença-maternidade ? só recebi 1 mês de salário-maternidade ...
- Estou em casa, sem trabalho formal há 2 anos e gostaria de saber como fica a minha situação no INSS ? eu perco o que já contribui há anos atrás ? como eu faço para regularizar a minha situação e continuar pagando ? Agradeço muito uma orientação. Obrigada ! Mariane Levino Corio - SP.

Catarino disse...

Mariane
Valores que a empresa não pagou não tem o que fazer, só entrando na Justiça do trabalho.
O tempo de serviço não é perdido, fica valendo sempre.
Para voltar a contribuir é só você pegar o seu número do pis e começar a pagar como facultativa.
Para preencher a guia veja este site: http://www.previdencia.gov.br/conteudoDinamico.php?id=258


INSS Consultor

Ailton disse...

Parabens pela pagina na internet!
Gostaria de saber como faço para pagar somente multa e juros de uma contribuição já paga com dias de atrazo, por exemplo: A GPS de competencia do mes 04/2010, vencia no dia 15/05/2010, mas esse dia caiu num sábado, porem eu deveria ter para no dia 17/05/2010 (2ª feira) e eu fui ao banco Itau somentenodia 18/05/2010 (3ª feira) e o Banco recebeu sem cobrar ATM/MULTA E JUROS e agora... comoposso regularizar esta contribuiçãoa? . Grato. Ailton Martins Vieira - SP / SP.

Catarino disse...

Ailton
Você calcula os juros e multa no site da Previdência e acrescenta ao valor da próxima parcela que for pagar.
Se o valor que você paga é alto e os juros e multa somados der acima de R$ 50,00 pode pagar repetindo a competência.

INSS Consultor

Anônimo disse...

Bom dia meu nome é Neide e gostaria muito de uma ajuda, trabalhei como empregada doméstica de 20/09/1976 a 31/12/1977 isso registrada em carteira, mas quando fui dar entrada na minha aposentadoria esse tempo não consta como pago, e como eu perdi esses carnês eu não tenho como provar, o que faço, tenho que entrar na justiça? De 14/02/1978 a 19/12/1984 eu trabalhei nesse período com carteira assinada por 77 meses, mas só constam 59 pagamentos, como faço para cobrar esses pagamentos aos meus antigos patrões?

Anônimo disse...

Catarino, primeiramente parabéns pelo seu blog, é de grande valia as respostas que aqui são dadas. Minha dúvida é a seguinte, tenho uma cliente que teve um tempo de trabalho no rural, em 1983 virou sócia de uma empresa com o marido. Ocorre que apenas em 1989 ela fez sua inscriçao no INSS, recolhendo todos os atrasados ao período anterior a 1989. Ocorre que o INSS indeferiu sua aposentadoria por idade, por falta de carência, já que não entrou no cômputo os anos em atraso. Hoje ela conta com 61 anos, 225 contribuições, porem para efeito de carencia somente 145. Sera que ela consegue fazer com que na justiça seja reconhecido esse periodo de anos feito em atraso para uma aposentadoria por idade ou que reconheça o tempo trabalhado no rural mais as contribuições feita como empresária e pedir uma aposentadoria por tempo de contruibuição/serviço??? Muito obrigada!!!
Jaqueline

Catarino disse...

Neide
Você pode pedir a emissão de micro-fichas das suas contribuições, vai precisar do número do nit onde eram feitas as contribuições.
Caso não existam você pode pedir para pagar esses tempos e se for aceito você paga a guia e tem os tempos incluídos. Pode fazer nos dois períodos. O valor a pagar é pequeno e como já passaram mais de 5 anos não há como cobrar dos patrões.
A Justiça você deve deixar como último recurso.

Catarino disse...

Jaqueline
É possível sim, antes de entrar na Justiça veja quando ela pagou esses atrasados e quando foi que negaram o pedido, pois atualmente existe uma norma em que os empresários podem pagar os tempos atrasados com valor para a carência, veja esses dados e procure o chefe de benefício da agência para ver se é possível entrar com um recurso e mudar a decisão administrativa.

Roberto disse...

Olá, parabens pelo site e pelas valiosas informaçoes passadas... Meu nome é Roberto e gostaria de saber dos direitos para minha mãe se aposentar. Ela, quando soteira, trabalhou de 72 à 76 num hospital registrada.. Após ela saiu e trabalhou mais 1 ano num posto de saude em outra cidade sem registro. Casou no ano seguinte e trabalhou como auxiliar de consultorio odontologico (do marido dela) por 10 anos sem recolher e sem registro. Anos apos ela foi sócia de um laboratório bioquimico com o filho dela (meu irmao) por 5 anos sem recolher. O unico periodo que recolheu foi nos primeiros 4 anos no hospital. Não teve mais anotações na carteira. Ela hoje está com 57 anos. Existem fichas preenchidas por ela no tempo que era auxiliar de dentista (marido), oq serviriam como prova desse trabalho. O que fazer?? Provar o trabalho e recolher o atrasado (faz mais de 15 anos que nao trabalha mais como o marido)?? recolher o tempo que foi sócia como autonoma (de 2001 à 2006)?? Ajude minha mãe a se aposentar. Agradeço aatenção.

Roberto disse...

Desculpe... esqueci de perguntar... posso agora registrar ela como uma funcionária minha no meu consultório odontológico tentando uma aposentadoria especial?? Ou não faria diferença, bastando apenas recolher de forma autônoma?? Agradeço novamente. Att. roberto

Catarino disse...

Roberto
Aposentadoria especial exige 25 anos em trabalho insalubre em empresa que emita o PPP e que a perícia médica considere atividade especial.
Não sei dizer o que será melhor para ela, pois trabalhos sem registros são muito difíceis de serem aceitos no inss, o mais fácil e contribuir os períodos que era autônoma, mas precisa ter autorização do iNSS e seguir pagando até completar a idade e a carência que é de 15 anos e 60 anos de idade.
O tempo que trabalhou com carteira vale para essa carência, mas na forma simples.

Anônimo disse...

Boa noite. Tenho uma dúvida. Paguei inss da minha empregada (competencia abril/2010) no dia 15 maio no homebank, mas a operação foi efetivada no dia 17. Tenho que fazer alguma coisa?

Eduardo

Catarino disse...

Eduardo
O pagamento vence no dia 15, mas se cai em final de semana prorroga para segunda-feira, por isso está correto o pagamento.
Convido que veja este artigo: http://www.inssconsultoronline.com/2010/07/ate-que-dia-do-mes-pode-pagar-inss-sem.html

Anônimo disse...

Boa Noite.Trabalhei de 1981 até 1998 em três hospitais diferentes completando 16 anos de contribuição.Parei de trabalhar e de janeiro de 2000 até hoje pago facultativo sobre um salário mínimo. Vou completar 27anos de contribuição.Eu ja posso entrar com o pedido de aposentadoria aproveitando estes anos que trabalhei em local insalubre?Ou devo continuar pagando e aumentar a contribuição parar ganhar mais depois?Como conseguir o PPP de um dos hospitais que faliu?
Eu tenho 49 anos e me chamo Rosani.Agradeço muito pelas respostas ás minhas dúvidas.

Catarino disse...

No seu caso é muito difícil de aumentar sua renda, pois o fator previdenciário lhe tirará 50% da média e como você tem a maioria pelo mínimo acabará recebendo o mínimo, mesmo que pague mais alguns anos com um valor superior.
Você terá que procurar o antigo dono ou síndico da massa falida para solicitar a emissão do PPP, pois sem ele não consegue a conversão.
Sobre o cálculo da renda convido que veja este artigo: http://www.aposentadorias.net/2010/01/como-e-calculada-renda-dos-beneficios.html

Anônimo disse...

boa noite meu nome é paulo,to de auxílio doença a 4 anos,cessou em 30/06/2010 e não pedi prorrogação no tempo certo por isso tive que da entrada em um novo beneficio em 13/07/2010,marcaram a pericia para 09/08/2010,o meu caso é a mesma doença,e fui orientado por funcionario do inss anteriormente quando dei entrada no novo benefício que derrepente no caso da mesma doença havia possibilidade de prorrogar o beneficio anterior.a perita nem quis ouvir falar do outro beneficio ,colocou outro codigo de doença e ainda pra completar colocou o pedido do auxílio que foi feito em 13/07/2010 para ser pago a partir do dia 05/08/2010.gostaria de uma orientação sua no que posso fazer?grato

Catarino disse...

Paulo
Você pode entrar com um pedido para que o benefício anterior seja reaberto por ter pedido o benefício antes de 60 dias da cessação.
Se negarem pode entrar com recurso para ser julgado pela junta de recursos do inss. Normalmente nesses casos é dado provimento.

blogger disse...

meu nome Elias ,bom dia, sr Catrino, mi aposentei por ivalides a 8 anos, entrei com bedido de revisao a 2 anos ,quanto tempo leva para defini um revisao, agradeso

Catarino disse...

Elias
Não há tempo definido, mas nesse caso você deve procurar o chefe do posto onde pediu a revisão para ver o que houve, há casos que fica parado esperando que a pessoa procure para saber de alguma pendência.

Anônimo disse...

Sou da antiga VARIG e estou de auxílio-doença há seis anos e dois meses e agora a empresa faliu, para quem devo entregar o documento que devemos entregar à empresa se ela não existe mais? Essa falência interfere no meu benefício? Devo ir à Empresa para que ela dê baixa na minha carteira e poder sacar meu fgts?
Obrigada, Isabelle.

Anônimo disse...

É Isabelle, novamente, esse documento a que me refiro no post acima, é o que recebemos do inss na ocasião da perícia para ser entregue à empresa, a minha próxima perícia é dia 26/08/2010, mais uma vez, obrigada.

Catarino disse...

Isabelle
Se a empresa faliu você terá que procurar o síndico da massa falida.

Anônimo disse...

parabens pelas respostas esclarecedoras, tenho 66 nanos e contribui como empregado de 1963 a 1978 e de 1984 a 1988, com intervalos da mais de 180 meses pelo que entendo posso me aposentar por idade com o minimo, porem tenho uma empresa desde 1998 mas não recolhi nada como socio desta empresa. Posso recolher agora com atraso para melhorar o rendimento? quantos anos e que valor máximo, é possivel? grato pela atenção, Julio

Catarino disse...

Julio
Tendo completado a carência terá direito, não importa quando foram feitas as contribuições.
Você até pode pagar os atrasados, mas não sei se será um bom investimento, pois vai pagar um valor alto e a renda não terá grandes ganho, pois é feita pela média das contribuições desde 07/94.
Faça uma simulação da renda antes de decidir-se.
Veja como em: http://www.inssconsultoronline.com/2010/07/consultor-simule-sua-renda-nos.html


Faça uma doação para manutenção do blog

Anônimo disse...

obrigado pela atenção, mas não entendi como sera calculado a minha media se meu ultimo como empregado foi 1988. No meu caso não valeria somente a media das contribuição que eu pagasse agora como socio da empresa que tenho desde l998? grato pela atenção, Julio

Catarino disse...

Julio
Veja este artigo:
http://www.aposentadorias.net/2010/01/como-e-calculada-renda-dos-beneficios.html

Valeria disse...

Trabalhei como domestica no periodo de 1996 a 1998, mas meu ex patrão não recolheu inss. Estava pagando os atrasados atraves do site da previdencia, mas agora não posso pagar mais , devido a nova lei complementar nº 128 , art 45A. E agora, como faço para regularizar esse tempo? Vou perder devido a um erro de meu ex empregador? Naõ posso calcular esses valores atrasados através da tabela prática de taxa selic, ou terei que ir ao inss? Obrigada.

Catarino disse...

Valéria
Você terá que ir ao INSS e lá lhe dirão que documentos serão necessários para provar o vínculo.

Paulo Roberto disse...

Boa noite, Catarino.

Tenho uma dúvida, trabalhei como microempresário de 1987 a 1995, nesses anos meu contador apenas pagou o inss referente aos sócios e não a pessoa física, ou seja não paguei durante 7 anos. Antes dessa microempresa era autonômo e pagava inss, parei ao abrir a empresa. Pergunto posso utilizar desse carnê e pagar em atraso essas mensalidades??? Se puder é melhor pagar por um salário???
Muito obrigado e parabéns pelo blog.
Paulo Roberto

Catarino disse...

Paulo Roberto
Você pode pagar, mas antes terá que passar no INSS para receber os cálculos, os valores vão ser de acordo com o que a empresa recolheu e informou ao sistema, por isso não tenho como dizer que valor você terá que pagar.

Fernando disse...

Prezado Catarino,

Meu nome é Fernando e gostaria que se possível me esclarecesse algumas questões. Tenho 49 anos e aproximadamente 25 anos de contribuição para o INSS, considerando 6,5 anos como estatutário (funcionário de Estado). No período entre 1979 e 1982 era lavrador, mas trabalhava para outros, não possuía terras, isto é, tudo que produzia na terra era dividido com o proprietário. Não contribuía para o INSS, mas sim para o Sindicato dos Trabalhadores Rurais do município. Durante o ano de 1982 trabalhei para a Prefeitura Municipal dessa cidade, mas não recolheram o INSS. Apenas me forneceram uma certidão de tempo de serviço. Depois por cerca de 2,5 anos trabalhei em um Cartório, que na época não era regime de estatutário, mas também não recolheram o INSS. Pergunto:
- O tempo rural pode ser contado como contribuição, sem carência;
- O tempo de serviço municipal também poderá ser contado, ou a Prefeitura poderá ainda recolher o INSS atrasado, e nesse caso como se é feito o cálculo;
- O tempo do cartório tem alguma chance também de ser contado. Sei que o meu caso é difícil e complicado, mas não custa tentar. Desde agradeço e parabenizo blog que tem ajudado muita gente. Parabéns.

Fernando disse...

Prezado Catarino,

Meu nome é Fernando e gostaria que se possível me esclarecesse algumas questões. Tenho 49 anos e aproximadamente 25 anos de contribuição para o INSS, considerando 6,5 anos como estatutário (funcionário de Estado). No período entre 1979 e 1982 era lavrador, mas trabalhava para outros, não possuía terras, isto é, tudo que produzia na terra era dividido com o proprietário. Não contribuía para o INSS, mas sim para o Sindicato dos Trabalhadores Rurais do município. Durante o ano de 1982 trabalhei para a Prefeitura Municipal dessa cidade, mas não recolheram o INSS. Apenas me forneceram uma certidão de tempo de serviço. Depois por cerca de 2,5 anos trabalhei em um Cartório, que na época não era regime de estatutário, mas também não recolheram o INSS. Pergunto:
- O tempo rural pode ser contado como contribuição, sem carência;
- O tempo de serviço municipal também poderá ser contado, ou a Prefeitura poderá ainda recolher o INSS atrasado, e nesse caso como se é feito o cálculo;
- O tempo do cartório tem alguma chance também de ser contado. Sei que o meu caso é difícil e complicado, mas não custa tentar. Desde agradeço e parabenizo blog que tem ajudado muita gente. Parabéns.

Catarino disse...

Fernando
O tempo na prefeitura conta mesmo não tendo contribuições, já o tempo rural e o tempo no cartório vai depender das provas que tem serem aceitas pelo inss, não tenho como dizer se terá sucesso ou não.

Ieda disse...

Trabalhei de 1976 a 1981 (5 anos) como professora contratada do Estado de MG, eu era inscrita no Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais. Após esse período, fiquei apenas como dona-de-casa e voltei a exercer atividade profissional como Consultora Natura (vendas de produtos de beleza) de forma autônoma do ano de 1997 ate 2010 (13 anos, e não contribui nesse período. Gostaria de saber se posso pagar as prestações atrasadas e quantas seriam. Completei 60 anos em julho deste ano. Obrigada, Iêda.

Catarino disse...

Iêda
Se você se inscreveu na Previdência e pagou ao menos uma mensalidade em dia pode requer o pagamento das atrasadas, se não fez isso será muito difícil conseguir isso.
Deve ir ao INSS e ver sua situação.

joaoebecca9 disse...

Boa tarde, queria tirar uma dúvida. A diretora da escola Municipal onde trabalho contratou uma pessoa para fazer um serviço no valor de R$1.100,00 no mês de agosto/2010 onde tirou 20% inss da cooperativa resultando R$ 220,00 e 11% inss trabalhador resultando R$ 55,00. Estamos em 22/10/2010 e não sabemos como calcular as multas e juros de inss. Suplico por uma resposta a essa nossa dúvida.

Catarino disse...

João
Nesse caso o contador da escola terá que fazer o cálculo, ou terá que ir na Receita Federal para saber sobre esse assunto.

Drika disse...

Boa tarde, estou em uma empresa á 18 anos, pelo que fiquei sabendo, a firma não esta pagando o INSS, o valor é descontado todo mês do meu salário, como devol proceder neste caso, para não ficar no prejuízo, uma vez que a Empresa, não anda muito bem financeiramente. obrigada.

Catarino disse...

Drika
Você precisa ir ao INSS e ver se o vínculo está registrado, se estiver não terá problemas pois os recolhimentos não feitos não tira o direito do empregado.

claudia disse...

Boa tarde,

Contratei uma empregada doméstica que está sem recolher o INSS desde 02/10. Como fazer para recolher agora em novembro? Quem deve pagar os atrasados?
Obrigada, Claudia

Catarino disse...

Claudia
Você tem que recolher a partir do dia que contratou e é a pessoa responsável pelos pagamentos, deve reter a parte do empregado e efetuar o pagamento.
Pagamentos atrasados não são aceitos pelo INSS, é preciso um processo para comprovar que ela realmente trabalhou e o empregador não contribuiu.

WAGNER MENDES disse...

Caro amigo, tive carteira assinada no periodo de setembro de 1974 a novembro de 1986 e desde dezembro de 1988 fiquei desempregado . Gostaria de saber se posso começar a pagar agora em 2010 Tenho 56 anos. e receber aposentadoria por idade .

Catarino disse...

Wagner
Sim pode contribuir normalmente, o tempo que trabalhou conta para a carência que é de 15 anos.

lena disse...

HÁ 2 ANOS MINHA MÃE CONTRIBUI PARA O INSS COMO INDIVIDUAL NOS 11%, QUE É A INTEGRAÇÃO DOS BAIXA-RENDAS. O QUE O INSS CONSIDERA COMO BAIXA RENDA, ELA É DONA DE CASA E AJUDA MEU PAI NA MERCEARIA, QUE ESTÁ ENQUADRADA COMO EPP (EMPRESA DE PEQUENO PORTE)?? A MERCEARIA EXISTE DESDE DE 1990 E MEU PAI PASSOU A CONTRIBUIR COMO INDIVIDUAL PARA O INSS SÓ DESDE DE 2009, DAQUI A 13 ANOS ELE VAI CONSEGUIR SE APOSENTAR POR IDADE SEM PRECISAR PAGAR OS ATRASADOS, JÁ QUE O INSS SÓ PODE COBRAR 5 ANOS ATRÁS!? O MEU PAI TAMBÉM TEM 14 ANOS DE TRABALHO DE CARTEIRA ASSINADA ANTES DELE TER A MERCEARIA, ESSAS CONTRIBUIÇÕES VÃO ENTRAR NO CÁLCULO? GRATA, LENA

Catarino disse...

Lena
Para se aposentar por idade tem que ter um mínimo de 15 anos e a idade.
O cálculo utiliza as contribuições feitas desde 07/94, o período que trabalhou com carteira foi dentro desse intervalo será utilizado no cálculo.

hhomolka disse...

Catarino

Parabéns por sua iniciativa!

Tive o tempo de Fev1978 a FEV1980 já reconhecido pela previdência (Câmara de Recursos) como ministro de atividade religiosa com dedicação integral.
Agora vem os cálculos.
Esses cálculos poderão ser sobre um salário mínimo da época?
Disseram-me que utilizam os valores recolhidos no presente, e no meu caso, estou no teto.
São 24 meses. Como posso estimar este valor? Os cálculo ainda não foram realizados.

Catarino disse...

Não há como simular os valores, a indenização do período é feita levando em consideração a média das suas contribuições e por isso só o pessoal da agência do inss poderão apresentar o cálculo.

juliannalmeida disse...

Olá Catarino. Minha mãe trabalha com meu pai, são donos de uma loja e há +/- 15 anos ela contribui com o mínimo, ou seja 20% do salário mínimo, mas ela quer saber o que fazer para se aposentar e receber o salário máximo? Ela terá que começar a pagar o teto máximo, ou seja 20% de R$ 3.467,40 e com relação ao que já passou, ela terá que pagar retroativo? Como é feito esse cáculo, é em cima do valor atual (pega os valores que ela pagou e diminui do valor máximo atual, mês a mês)? A soma será o retroativo, ou há um cálculo diferenciado para isso?

Catarino disse...

Julia
O tempo já contribuído não tem como alterar o valor pago, daqui para a frente ela pode aumentar, mas não terá a renda máxima, pois é feita pela média das contribuições desde 07/94 desprezando 20% do total escolhendo as menores.

Wagner disse...

Olá Catarino,

Sou registrado como autônomo no INSS e tenho alguns meses em atraso no ano de 2009. Gostaria de saber se o salário-base para o cálculo destas seria o valor de 465 reais ( salário mínimo em 2009 ) ou 510 reais ( salário mínimo atual )?

Grato.

Catarino disse...

Wagner
O valor é o do salário em vigor na data em que deixou de pagar, no seu caso é 465,00.

Andre disse...

Olá Catarino,

Durante o período de 03/2002 a 06/2004, trabalhei em uma empresa privada, com registro em carteira e, agora, anos após sair da mesma, descobri que as informações referentes às contribuições previdenciárias referentes aos meses 07 e 08/2003 e também as que foram descontadas entre os meses 12/2003 e 06/2004 não contam no INSS, provavelmente por não terem sido informadas pela empresa, que já teve sua falência decretada. Existe alguma forma de conseguir que estas contribuições passem a constar, tendo em vista que os valores foram efetivamente descontados de meus vencimentos ?

Atenciosamente.

Andre N. Silva

Catarino disse...

Andre
A única alternativa seria conseguir na Justiça, mas se a empresa faliu será muito difícil.

Anônimo disse...

Olá Catarino

Fiz a inscrição em Fev de 2010 e não efetuei nenhum pagamento, preciso pagar os atrasado, vou ter que ir no INSS ou posso emitir a guia pelo GPS.
Obrigada

Adriana arruda

Catarino disse...

Adriana
Se não pagou nenhum parcela em dia não pode pagar os atrasados, se pretende pagar os atrasados terá que ir ao INSS e solicitar autorização.

Anônimo disse...

Ola Catarino,
Desde fevereiro/2010 fiz inscrição no inss e pago como contribuinte individual,em nov/2010,o instituto do cancer do RJ, onde estou inscrita e me trato desde maio/2010,indicou afastamento do trabalho para operar um cancer, me operei em dezembro e solicitei auxilio doença ao inss , fui a pericia que negou o beneficio porque perita determinou que o inicio da doença e o afastamento era anterior a minha inscrição. Antes trabalhava como diarista 3 vezes na semana em uma casa de familia, entre julho de 2008 e jan/2010,se o meu patrão assinar a carteira e pagar o inss em atraso tenho o inss concede o meu beneficio porque o meu tratamento pode ser prolongado.

Catarino disse...

Isso não irá adiantar, pois o vínculo de empregada doméstica só é válido se pago em dia a contribuição.

Anônimo disse...

Saudações Catarino,
Agradeço por sua disponibilidade em esclarecer nossas duvidas.

Em 1981 comecei a contribuir como empresária e depois passei para facultativo. Ha 10 anos parei de contribuir. Durante esse tempo sem contribuir eu tive renda como autonoma, que talvez possa ser comprovada. Posso pagar esses atrasados?

Agradeço muito,
Ana Karolina

Catarino disse...

Ana Karolina
pagar pagar atrasados é preciso ter autorização do INSS, lá você terá que provar que exerceu atividade e não pagou.
O contribuinte facultativo não paga atrasados.

Anônimo disse...

gostei muito do seu blog. parabens

Anônimo disse...

Walmir - Bom dia, fui ao INss para solicitar minha aposentadoria por tempp de contribuição- 35 anos - mas no final caiu uma exigencia: por eu ter um processo trabahista eu deveria trazer a petição inicial (2004) e como ja tinha a primeira sentença tambem a mesma - alegou o Inss que por eu ter entrado na justição isso poderia alterar o meu valor (oras sempre contribui pelo teto maximo) e que essa ação poderia alterar meu beneficio. Pergunto: eles podem não dar minha aposentadoria? isso é correto, legal ? e enquanto tempo saberei se minha aposentadoria vai ser efetiva e ser não for como fica minha aposentadoria? terei que esperar o fim do processo que ja se alastra por 08 anos e ainda sem previsão de terminio. Desde ja grato

Catarino disse...

Walmir
Você já recebeu a resposta por e-mail

Anônimo disse...

Olá Bom dia Catarino
Eu gostaria de saber como faço para pagar minha autonomia,trabalhei 4 mese de carteira assinada, agora estou em um outro emprego que não assina a carteira no caso já estou com 4 meses de atraso.
Como posso começar a pagar a minha autonomia ?

Agradeço Lucia

Catarino disse...

Lucia
Depende de vários fatores;
Veja este artigo: http://www.inssconsultoronline.com/2010/08/como-pagar-contribuicoes-do-inss-em.html

FERNANDA disse...

Catarino gostaria de saber se posso pagar retroativo 1ano e meses p/completar 30a. de contribuição,sendo q.estou com 59a.e desde 97 não consigo emprego,apenas bico,não tendo condições de pagar s/14 salários q.era o q.contribuia. Ou então posso me cadastrar como individual e pagar s/salário menor,será q. perco o q.contribui,ou vale a pena tentar pagar pelos l4 e consigo aposentar...obrigada...Beto

Catarino disse...

Fernanda
Não tem como pagar retroativo.
Você pode pagar pelo mínimo o tempo que falta, pois a renda é feita pela média.
Veja o artigo:http://www.aposentadorias.net/2010/01/como-e-calculada-renda-dos-beneficios.html

Radioamadorismo disse...

NO MEU COMPROVANTE INSS QUE RECEBI, NO CAMPO 6-INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES CONSTA SEGUINE INFORMAÇÃO UM DIFERENÇA ATRAVES DE AÇÃO ADMINISTRATIVA, VEIO A SEGUINTE INFORMAÇÃO QUE O REND. TRIB: R$ 3.107,61 - IR NÃO REC: 193,59 Acao Civil Pub. No. 19996.10.00.037100 - 19a. Vara Federal - SP - 09/04/1.INCLUIDO EM OUTROS CPMF.

O QUE SERIA ESTA INFORMAÇÃO?

Antecipados agradecimentos

Mário Fonseca

ANTONIO MARCOS PEREIRA GOMES disse...

BOA TARDE, TRABALHO EM UMA EMPRESA QUE FICOU INATIVA, POIS ABRIU OUTRA FIRMA EM NOME DE PARENTES CONTINUEI COM O MESMO REGISTRO ATÉ HOJE E FAZ MAIS DE 2 ANOS QUE NÃO RECEBO HOLERITH E DESCOBRI QUE ELES NÃO PAGAM O INSS DA FIRMA INATIVA QUAIS MEUS DIREITOS?
PERDI O TEMPO DE INSS QUE NÃO TENHO HOLERITH?
ME AJUDEM?

ANTONIO MARCOS

Catarino disse...

Mario
Não sei dizer, mas você deve ter recebido algum valor pago pela justiça ou é alguma decisão judicial que está em vigor na sua região.

Catarino disse...

Antonio Marcos
O seu caso é do direito trabalhista, você terá que procurar o seu sindicato ou a justiça do trabalho para ter a sua ctps regularizada, pois era preciso ter sido feito as devidas anotações. Se a empresa é sucessora da outra, basta anotação de que o contrato teve continuidade.

Anônimo disse...

Boa noite Catarino. A minha dúvida é a seguinte: minha avó completará 65 anos este mês e não consegue se aposentar por que não tem tempo suficiente de contribuição, ela trabalhou com carteira assinada alguns anos e desde de 2008 ela contribui como facultativa, faltam 24 meses de contribuição para alcançar as 180 exigidas para aposentadoria por idade, entre 2000 e 2008 ela trabalhou como diarista mas não teve recolhimento, ela pode recolher os dois anos que faltam retroativamente dentro desse período de tempo? Muito Obrigada pelas informações já disponibilizadas seu blog é muito bom, aguardo sua resposta.

Catarino disse...

Não pode, pois o INSS não aceita pagamentos antecipados.
Só seria possível pagar se ela tivesse feito a inscrição de contribuinte individual e pago ao menos um mês em dia naquele período, agora seria considerada contribuinte em atraso, fora isso não tem como.

Lisa disse...

Boa noite, Catarino.
Primeiramente parabéns pelo excelente blog que nos é de grande utilidade.
Meu pai tem 63 anos e trabalha há muitos anos como caminhoneiro autônomo. Como ele presta serviços a várias transportadoras e algumas não fazem o devido recolhimento da contribuição previdenciária, há meses que a contribuição ficou abaixo do salário mínimo vigente. É necessário que ele faça a complementação pelo menos até chegar ao salário mínimo? Mesmo os que já passaram mais de 5 anos? Em 2001, 2002 e 2003 ficou alguns meses sem recolher a contribuição, é necessário que ele faça o recolhimento atrasado ou podemos simplesmente deixar de contar esses meses? Ouvi dizer que até um tempo atrás, acrescentava-se 40% do tempo por ser atividade insalubre, isso procede? Na reservista e na certidão de casamento consta a profissão de lavrador. Com esses documentos acrescentariam 2 anos ao tempo de contribuição? Perdoe-me pelas perguntas extensas, desde já agradeço a atenção e novamente parabenizo-o pela iniciativa.
Forte abraço e até mais.
Lisa

Catarino disse...

Não precisa pagar parcelas em atraso.
Os demais itens dependem de muitas variáveis e não dá para responder por comentário.
Vá ao inss no setor de orientação.

Anônimo disse...

Saudações...

Hoje tenho 31 anos, e 4 de carteira assinda, antes nunca contribui com o INSS, a pergunta é: Posso pagar retroativo tipo 10 anos para somar e ficar 14 anos de contibção?

Grato

Catarino disse...

Veja o artigo: http://www.aposentadorias.net/2010/10/como-pagar-contribuicoes-do-inss-em.html

Anônimo disse...

Bom Dia,

Nao paguei o inss da minha empregada domestica desde 2007 e agora quero dar baixa em sua carteira. Como devo proceder??
Obrigado.

Catarino disse...

Tem que ir no inss para receber o cálculo e a guia. Tem que levar as provas de que trabalhou no período pretendido.

Anônimo disse...

Catarino,

Boa noite!

Paguei inss de 1979 a 1994 e de 2002 até hoje 2011...,como professora, tenho 54 anos de idade. Posso pedir minha aposentadoria.
Muito obrigada desde já.

Anônimo disse...

Parabéns pelo blog. Tem tirado muitas dúvidas.

Catarino disse...

Não existe como pagar como professora, só existe benefício para quem é professora em escola regular, tendo 25 anos pode se aposentar.

Anônimo disse...

Porfavor minha mãe trabalhou de 1981 a 1995 e de 1995 a 2005, ocorre que neste periodo não consta 26 contribbuições e o inss disse não obriga o patrão dela a pagar então pedi para eles pagarm 26 agora em 2008, 2009 e 2 de 2010 sendo que te pergunto. gostaria de pedir a aposnetadoria proporcional é possivel? Tá certo isto que eu fiz?

Catarino disse...

Não sei dizer, pois não sei como é que foi feito esses pagamentos, se o INSS autorizou formalmente poderá ser usado.

Priscilla disse...

Por favor qual a base legal para o recolhimento de juros e multa na competencia seguinte de contribuição ja paga?
Se o recolhimento somado de juros e multa for maior que R$ 50,00, posso recolher na mesma competencia? Mas deixo o campo do principal zerado e só informo o valor no campo de juros e multa?

Catarino disse...

Priscila
Não tenho como dar argumento juridico, para isso deve procurar um advogado.
Se você pagou uma competência em atraso e quer recolher os juros pode recolher junto com a próxima competência ou em guia a parte, se for maior que o mínimo.

carla disse...

Boa tarde,

Tenho um salão de beleza e me cadastrei no pequeno empreendedor passando a ser pessoa jurídica, mas sempre paguei o INSS como pessoa física. Agora diz que estou devendo os meses passados (que na verdade foram pagos como pessoa física). Gostaria de saber o que eu faço. A quem devo procurar? Pois estou num jogo de empurra-empurra.

Catarino disse...

Carla
A partir do mês que se inscreveu no MEI tem que pagar pela guia do MEI.
Para acertar tem que ir na REceita Federal.

Magali disse...

Bom dia, Catarino.

Meu nome é Magali, tenho 49 anos e já completei 30 de contribuição. No entanto, 03 anos foram conquistados na justiça. Ocorre que esse período, apesar de ter sido registrado em CT, não constaram na pesquisa que fiz no INSS. Como devo proceder para me aposentar? Grata.

Catarino disse...

Magali
Não sei o que é conquistado na justiça. Terá que ver com seu advogado.

Bianca V@sques disse...

Olá Catarino,
gostaria de saber a seguinte informação. Sou empregadora e por uma falha do sistema do Ministério do Trabalho do empregador doméstico (DRTMA) as guias relativas ao 13o foram emitidas e pagas apenas sobre os 8% (2009 e 2010). Gostaria de saber se calculando os juros pelo site da previdencia e pagando apenas em guia separadas (não aquela que é emitida pelo próprio site, pois lá é somado os 8%+12%, mas via homebanking) o valor relativo apenas sobre os 12% se esse procedimento é aceito pela previdencia, se irá causar algum ônus ao empregado.

Catarino disse...

Bianca
Empregado doméstico é empregado de pessoa física e suas contribuições são feitas pela guia GPS.
Se está pagando com GFIPS e CEI terá que ir na REceita Federal acertar.
Se for com guia GPS é só calcular o valor não pago e quitar a guia com a mesma competência original e guardar os carnês.
Não sei o porquê de você citar Ministério do Trabalho.

karenrmonteiro disse...

Catarino, trabalhei durante 10 anos com carteira assinada. Parei em 1995, mas não paguei mais nada. Como posso me aposentar? Vale a pena eu começar a pagar agora?

vicente disse...

Catarino, boa noite

Tenho 55 anos, 29 anos de contribuições, 149 contribuições de julho\94 a nov\2006 como funcionário de empresa privada, quando então me desliguei e não mais contribuí para a previdecia.
Posso recolher esses anos retroativo para fins de aposentadoria por tempo de contribuição? Hoje sou autonomo, mas não consigo comprovar recebimentos. Em 1985 recolhi um carnet para a previdencia como autonomo, nessa época não era um
numero do PIS e sim uma inscrição no INSS. Isso implica que tenho inscrição como autonomo e portanto posso recolher retroativo ou não?
Peço sua orientação
Grato

Vicente Cortes

Catarino disse...

karen
Não posso lhe ajudar, não sei que idade tem e nem que tipo de aposentadoria deseja.

Catarino disse...

Vicente
Para pagar atrasados é preciso ter a atorização formal do inss, entre com o pedido se lhe autorizarem pode pagar.

elinalvas disse...

Ola Catarino! minha mãe tem 51 anos, e nunca contribui para o INSS, gostaria de saber se ela começar a contribuir como autônoma, desde já e a pagar o teto máximo, conseguirá se aposentar com o teto máximo. por favor me responda urgente.

Cloud Maverick disse...

Olá. Meu nome é Leandro e tenho 29 anos e a ultima vez que trabalhei de carteira assinada foi em outubro de 2008. E desde então não fiz a contribuição. Gostaria de saber como faço para pagar a autonomia de agora em diante e incluir esses anos que não contribui. Gostaria de saber por favor o passo a passo para regularizar a minha situação. Obrigado pela atenção.

Catarino disse...

Eli
Não. Para se aposentar ela terá que pagar 15 anos e pela regra ela vai ficar no mínimo ou muito próximo. Veja o artigo sobre como é feito o cálculo que você entenderá, é clicar ao lado na relação de artigos mais lidos.

Catarino disse...

Leandro
Não temo como pagar o tempo passado, só daqui para a frente. Para pagar maio você tem até o dia 15 de junho. É só pagar usando o seu PIS.

Anônimo disse...

Olá catarino, sou Maximiliano, preciso de um auxílio, meu pai têm 31 anos e 6 anos de contribuição averbados pelo INSS, paguei 7 meses como autônomo no ano de 2009, mas no ano todo de 2010 e sequências do ano 2011 não contribuí porque o advogado que entrou na justiça para conseguir averbar mais 4 anos como adiciono de aposentadoria especial me disse para parar de contribuir para não abaixar o salário quando ele aposentar, mas é o seguinte o processo foi ganho na primeira instância e o INSS recorreu para o Tribunal Regional Federal e até agora não tem nenhuma decisão e com isso estou pensando em recolher estes atrasados porque caso este processo der por indeferido, ano que vem ele compretará os 35 anos e irá poder requerer a aposentaria, dúvida, quais são os valores que deverei recolher desde janeiro/2010 até maio/2011 na base de cálculo de 1 salário minímo com contribuição autônoma de 12%, por favor agradeço a sua atenção e parabenizo sua atitude de ter blog de ajuda para todos nós brasileiros, Obrigado e ficarei aguardando sua resposta.

Anônimo disse...

Meu Nome é Aparecida. Tenho 55 anos de idade e 29 anos de contribuição como empregada, atualmente continuo em atividade. Porem nesse tempo houve um período de 03 anos sem contribuir, pois trabalhei ministrando cursos, em uma escola como autonoma sem contribuir, embora eu tenha os recibos de pagamentos. Será possível e será que vale a pena recolher esse periodo, para antecipar e melhorar a aposentadoria ? Grata !!

aparecida freitas disse...

Meu Nome CIDA
Falta 01 ano para eu completar 30 anos de contribuição como empregada. Tenho 54 anos. Se eu pagar um carne paralelo a minha contribuição, vai se agregado no calculo da aposentadoria?

Catarino disse...

Maximiliano
Você deve ver com seu advogado. Nunca vi falar sobre essa alíquota de 12%.

Catarino disse...

Aparecida
Para você pagar terá que provar no INSS que exerceu a atividade, se eles aceitarem pode pagar.
Quando a vale a pena depende da sua capacidade de pagamento, o valor a pagar vai dar bem alto.

Catarino disse...

Cida
Não adianta de nada para o cálculo da renda.

Anônimo disse...

Olá Catarino, me desculpe, sou Maximiliano novamente, é que fiz o cadastro como autônomo e estou pagando somente os 12% do salário mínimo para contar á mais na averbação, mas tem algum site que eu possa fazer o cálculo deste meses de 2010 e 2011 que estão em atraso,,, agradeço desde já sua cooperação, e muito obrigado novamente,,,,

Catarino disse...

Maximiliano
Você pode entrar no site www.previdencia.gov.br lá pode fazer o cálculo e emitir a guia.

Anônimo disse...

Boa Noite
Sou Fernando e tenho uma dúvida .
Se um contribuinte se cadastra como facultativo pelo site da previdencia o Dataprev, somente para receber uma prestação de serviço que eventualmente venha a fazer para uma empresa ou orgão público. Ele só contribui depois disso se quiser certo ? E se ele não quiser contribuir o Inss pode cobrar contribuições?Por que o próprio nome já diz "facultativo"so seria cobrado se ele exercesse atividade remunerada e não quisesse contribuir.Imagine se ele para de contribuir por falta de condições financeiras o Inss pode cobrar esse tempo de ausencia de contribuição?

Catarino disse...

Fernando
Na verdade o contribuinte facultativo não pode exercer nenhuma atividade sujeita a contribuição, se assim for ele é contribuinte obrigatório.
Se faz contribuição como facultativo não é cobrado por parcelas não pagas e nem pode pagar parcelas em atraso.

Anônimo disse...

Sr Catarino,por favor me tire essa dúvida;Tenho 59 anos e 34 de contribuiçoes.trabalhei ate meus 40 anos em boas fimas contruindo com salarios altos.depois [ate hoje ]como autonomo contribuo só sob 1 salario.poderia eu aumentar minha contribuiçao de alguns anos passados para melhora valor minha aposentadoria? valeria a pena? muito obrigado.

Catarino disse...

Pagar parcelas já pagas para aumentar o valor contribuído não é permitido.

Anônimo disse...

ola catarino
meu nome é Regina ,tive uma senhora que cuidou do meu filho por 10 anos na casa dela. agora ela quer que eu pague esses 10 anos de contribuição do inss meu filho sai da casa dela 31/01/2009.que diretos elas tem e de quanto tempo.

Catarino disse...

Regina
Não tenho como lhe ajudar, o melhor é você procurar um advogado trabalhista para ver o que ela está pedindo.

Alessandro disse...

Prezado Catarino

Tive uma empregada domestica que trabalhou para mim por 1 ano e meio nao foi feito nenhum pagamento de inss no periodo, como posso fazer para pagar os atrasados e o tempo contar para sua aposentadoria?
agradeco a ajuda
Alessandro

Catarino disse...

Alessandro
Você vai ter que ir no inss e solicitar autorização, se for autorizado lhe darão a guia para pagar.

Anônimo disse...

Olá, me chamo Anderson Cabral,
Primeiramente parabens pelo blog.
Tenho uma empresa LTDA desde 2000, mas nunca contribui para o inss, posso começar a contribuir pagando 5 anos retroativos?
Tenho 32 anos e queria alcançar o tempo para aposentar com tempo de contribuição, 420 contribuições. Como devo proceder?
fiz inscrição no inss como autonomo agora em julho mas antes de abrir minha empresa fui empregado com carteira assinada por 6 meses e trabalhei em uma Prefeitura por 4 anos como Acessor Especial(porém a prefeitura não assinou a carteira na epoca).

Catarino disse...

Anderson
Para pagar períodos antes da inscrição você terá que pedir autorização no INSS, se autorizarem lhe darão a guia para pagar, o valor é determinado pelo INSS.

Anônimo disse...

Boa noite, prezado Catarino, Minha mãe estava há 4 anos pelo inss recebendo o auxilio-doença, porém esses 4 anos não foram pagos a contribuição para aposentadoria, No caso em questão ela poderia pagar os atrasados relativos a esses 4 anos ? ela tem 26 anos de pagamento de contribuição e poderia se aposentar ?
Abraços Rafael

«Mais antigas ‹Antigas   1 – 200 de 267   Recentes› Mais recentes»

Postar um comentário

Caso tenha dúvida faça sua pergunta, utilize o FÓRUM DO CONSULTOR.
Ajude a divulgar o artigo indicando no Google+

Artigos mais acessados nos últimos 30 dias.

 
Copyright © Benefícios da Previdência - Todos os direitos reservados.
Imagem header crédito: stock.xchng - Template Minima de Douglas Bowman - Design por Linketal.com