quinta-feira, 17 de junho de 2010

// // 582 comments

INSS - Tabela de Contribuição Mensal 2010

INSS - Tabela de Contribuição Mensal 2010
A Contribuição mensal para a Previdência Social, INSS, deve ser feita levando em consideração os valores abaixo que estão em vigor desde 01.01.2010 data em que entrou em vigor no valor do novo salário-mínimo de R$ 510,00.


Os segurados empregados, empregado doméstico e trabalhador avulso utilizam terão o valor retido pelos empregadores ou deverão preencher seus carnês levando em consideração os seguintes valores:
- Quem tem rendimentos até R$ 1.040,22 contribui com 8%.
- Quem tem rendimentos de R$ 1.040,23 até R$ 1.733,70 contribui com 9%.
- Quem tem rendimentos de R$ 1.733,71 até R4 3.467,40 contribui com 11%.

O teto previdenciário está fixado em R$ 3.467,40, esse é o maior valor que um segurado pode receber como mensalidade em qualquer tipo de benefício. A exceção é o salário maternidade que não está sujeito a este teto e sim ao teto constitucional que é igual ao salário de um Ministro do Supremo.

Se você tem alguma dúvida sobre esse assunto ou outro relacionado à Previdência Social faça sua consulta que terei prazer em responder.

Se você quer fazer sua inscrição na Previdência e começar a contribuir veja estas as instruções AQUI.

Obs.: A tabela acima não é usada pelos contribuintes autônomos que pagam suas contribuições por meio de carnê. Estes pagam 20% do valor de referência. A tabela só é usada se o autônomo presta serviço à empresas que fazem a retenção dos valores pagos.


Com a aprovação do aumento dos benefícios em 7,72 % atualizei os dados acima.


Veja uma tabela com os valores mínimos e máximos do INSS neste artigo: http://www.inssconsultoronline.com/2010/07/inss-valor-minimo-e-maximo-de.html

Veja a atualização da tabela para o ano 2011 neste artigo: INSS. Tabela de Contribuição 2011.


Veja a atualização da tabela para o ano 2012 em Tabela de Contribuição ao INSS 2012.

Veja a atualização da tabela para o ano 2013 neste artigo: 

Contribuições ao INSS em 2013 devido ao novo mínimo.

Veja a tabela de contribuição para o ano de 2014 no artigo: O INSS e a tabela de contribuição para 2014


Caso tenha alguma dúvida faça sua pergunta, faça um depósito como DOAÇÃO, use o PAGSEGURO, e ajude a manter o blog.





Se gostou do post subscreva nosso FEED.
Cópia não permitida -  www.aposentadorias.net


582 comentários:

«Mais antigas   ‹Antigas   201 – 400 de 582   Recentes›   Mais recentes»
Catarino disse...

Matildes
Tem que ter 35 anos de contribuição ou 65 anos de idade.
A atividade não altera o que altera e quantidade de meses contribuído e o valor mensal das contribuições.

Anônimo disse...

Obrigada pela resposta Catarino, mas complementando:
- Ainda é possivel se aposentar pelo que chamam de "Lei antiga" com 53 anos ou 30 de contribuição?
- Com quanto tempo de contribuição é possivel pedir a aposentadoria proporcional?
- É possivel contribuir sobre pro-labore retroativo? grata. Matildes

Catarino disse...

Não há idade mínima, mulher com 30 anos de contribuição pode se aposentar com qualquer idade.
Para se aposentar proporcional precisa saber quanto tempo tinha em 1998 e acrescentar 40% do que faltava para atingir 30 anos.
Pró-labore é com a receita federal, por isso terá que procurar uma delegacia da receita federal.

Anônimo disse...

Bom dia eu trabalho de carteira assinada ganho 2258,00 desconta INSS 248,38 e também trabalho como monitora mas de contrato descontam 20% o valor é 1.918.00 383,60 isso é correto pelo que eu entendo percisa fazer o seguinte o teto máximo é 375,82 então desconta 248,38 o certo é descontar do contrato 127,44 para completar 375,82 estou certa disso?

Catarino disse...

O teto máximo é 3.416,59 e não importa se contribui com 11%(quando é empregado) ou 20% quando é autônomo.
A soma do valor não pode passar desse teto, por isso você teve apresentar seu comprovante de renda do primeiro emprego no segundo(monitora) para que tenha desconto só sobre o valor que complete o teto.
Os valores já pagos a maior você pode pedir devolução, é só fazer um processo na Receita Federal mostrando os dois comprovantes.

maria helena disse...

Boa Noite.
Atualmente,tenho carteira assinada com R$800,00.Mas como trabalho tb como autonoma(sou pesquizadora de opinião), passeia contribuir com carnê o valor de R$ 200,00 mensais. Na sua opinião é válida esta contribuição mensal que pago no carne? Tenho 53 anos e 15 anos de contribuição.
Um abraço e muitíssimo obrigada.
Maria helena

nilda disse...

Olá Sr.Catarino.
Trabalho com a carteira assinada com o valor de R$650,00 por mes. Mas como é meio turno , a tarde
trabalho com vendas por conta só ganho comição.Como não tenho registro deste 2º trabalho,resolvi pagar o carnê no valor de R$ 204 mensais. Tenho 54 anos e 14 anos de contribuição.O Sr. acha que vale a pena eu pagar este carnê? Já pago a 2 anos.Vai contribuir para alguma coisa na minha aposentadoria ou em caso de deu adoeçer?
Fico muito agradecida
Nilda

Catarino disse...

Maria Helena
A contribuição que você fizer com carnê, sendo empregada, será considerada secundária na hora de fazer o cálculo da renda e sofrerá um redutor de acordo com a quantidade de meses que pagou.
Não sei dizer se será um bom investimento, pois depende de quanto tempo irá pagar, mas tudo que é pago melhora a média.

Catarino disse...

Nilda
Para a renda do auxílio-doença você terá dois benefícios, um como empregada e outro como autônoma.
Para aposentadoria a parte que você paga com carnê irá sofrer um redutor de acordo com o número de meses que pagar, não soma direito com o valor que contribui como empregada.

Anônimo disse...

sou betania,algumas x atingi teto maximo,ai fiz cirurgia e fiquei recebendo aux doença valor 2000,por 7 meses,voltei trabalhar e contribui c teto maximo em abril 2009,tive avc e tive q entrar em beneficio novamente q estou ate hj,so q agora recebo apenas 1000.posso continuar a contribuir p alcançar teto?posso pagar por conta propia desde mes 4 2009 ate dias atuais,mesmo estando em beneficio?vai ate outubro o aux doença,desde ja obg,.

Catarino disse...

Não, se aparecer pagamentos você vai ser considerada sem incapacidade e terá que devolver os valores que recebeu no auxílio-doença, pois quem recebe benefício tem que ficar afastado de suas atividades e por isso não pode fazer recolhimentos.
Consultor

Anônimo disse...

TENHO 20 ANOS DE CONTRIBUIÇÃO, E DEIXEI DE PAGAR EM 12/1994. COMO FAÇO PARA CONTINUAR DE ONDE PAREI, E SE POSSO CONTRIBUIR PARA O TETO MÁXIMO, QUE ERA O QUE DESCONTAVA ANTERIORMENTE? TENHO 56 ANOS DE IDADE.

Catarino disse...

Se você contribuir os 15 anos que faltam para completar os 35 anos pelo teto, vai ficar com a renda muito perto do mínimo, pois a renda é calculada pelas contribuições feitas a partir de 07/94 e se você não tiver mais de 60% do período contribuido sua média é diminuída.
Para pagar tem que procurar uma agência para ver os detalhes.

Anônimo disse...

BOA NOITE , MEU NOME É MARCIA, TENHO REGISTRO EM CARTEIRA DE 76 A 98 COM ALGUNS PERIODOS EM ABERTO PARA CONTRIBUIÇÃO QUE DA UM TOTAL DE 15 ANOS DE CONTRIBUIÇÃO. ACONTECE QUE ESTOU TRABALHANDO DESDE 98 SEM REGISTRO, E AGORA GOSTARIA DE REGULARIZAR MINHA SITUAÇÃO.MEU MARIDO TEM UMA EMPRESA INATIVA DESDE 2000 O QUAL EU SOU SOCIA NO CONTRATO SOCIAL. POSSO APROVEITAR ESSE PERIODO PARA EFETUAR OS RECOLHIMENTOS EM ATRAZO? EM 2007 FIZ A INSCRIÇÃO NO INSS COMO CONTRIBUINTE INDIVIDUAL.
E QUANTO A APOSENTADORIA SE EU CONTRIBUIR COM O SALARIO TETO DO INSS EU ME BENEFICIARIA DO SALARIO TETO PARA APOSENTADORIA?
AGRADEÇO DESDE JÁ

Anônimo disse...

SOU DENTISTA E POSSUO UM VINCULO ESTATUTÁRIO NUMA PREFEITURA E DESCONTAM INSS EM FOLHA DE PAGAMENTO, O QUE JÁ ACHO ESTRANHO POIS ACREDITO QUE O FUNDO DE PENSÃO DEVERIA SER MUNICIPAL.PAGO TAMBÉM MENSALMENTE MINHA CONTRIBUIÇÃO COMO AUTÔNOMA.SOMANDO AS DUAS TEMO ESTAR PAGANDO ACIMA DO TETO MÁXIMO. QUAL SERIA O VALOR MAXIMO DE CONTRIBUIÇÃO NESSE CASO?

BETHY BAHIA

Anônimo disse...

Edilene diz:

Prezado Catarino:
Sou professora estatutária(tenho 47 anos) do estado do RS pela manhã a 25 anos e estou me aposentando). possuo 20 horas semanais de trabalho.
Estou com uma dúvida: Há dois anos atrás, comecei a pagar inss como autônoma, cód 1163 R$ 56,10 para me aposentar aos 60 anos de idade com mais um salário mínimo(180 contribuições). Estou colcocando no carnê o número do pis como identificador . Não me registrei como autônoma, apenas comecei a pagar e pronto.
Pergunta: está certo o meu procedimento? tenho que ter comprovante de autônoma? posso me aposentar pelo inss também, independente da aposentadoria de professora estatutária?

Muito Obrigado!!!

Anônimo disse...

Meu filho contribui com um carnê de código 1163 pagando o valor de R$ 56,10. O que devemos fazer para mudar esse código para 1007?

Catarino disse...

Marcia
Para recolher contribuições como empresária e em atraso terá que ir na Receita Federal para regularizar a situação. Como contribuinte individual você não pode pagar contribuições em atraso, só se tiver pago ao menos uma em dia, terá que ir em uma agência do INSS para receber a autorização.
A renda dos benefícios é calculado pela média das contribuições, por isso não há garantia de que vá ter uma renda alta quando for se aposentar, pois depende de ter contribuições em todo o período a partir de 07/94.
Consultor

Catarino disse...

Bethy Bahia
Algumas prefeituras não tem regime próprio e por isso contribuem para o INSS.
O teto do INSS é 3.416,59, se você contribuiu com valor superior a isso terá que ir na Receita Federal e solicitar a devolução, pois não será aproveitado em benefícios. Diminua do valor acima sua renda na prefeitura e o que sobrar será o valor que poderá contribuir no INSS.
Espero ter esclarecido.
Consultor

Catarino disse...

Edilene
O servidor público não pode contribuir como facultativo, por isso preciso ter inscrição e registro de uma profissão, pode ser de professora mesmo. Faça o acerto de sua inscrição para não ter problemas quando for se aposentar.
Consultor

Catarino disse...

Você precisa ir em uma agência do INSS para mudar a inscrição e pegar uma guia para pagar a diferença dos valores não pagos.

Anônimo disse...

Olá,gostaria saber se o aposentado que reinicia seu trabalho num setor público, como cargo de confiança, também deverá contribuir ao INSS?
Obrigado, PEDRO.

Catarino disse...

Pedro
O aposentado que retorna ao trabalho recolhe contribuições previdenciárias, se for aposentado do INSS e voltar a contribuir não terá direito a novos benefícios.

Anônimo disse...

Marcelo pergunta:

Tive uma micro-empresa há uns 15 anos atrás. Fiquei sem recolher o meu inss pessoal por todo esse tempo.Contribuia como micro-empresário, 20 % de um salário mínimo. A minha empresa ficou inativa(parada e sem movimento). Será que posso recolher o atrasado de 15 anos para não perder tempo de contribuição??

Catarino disse...

Marcelo
Se não deu baixa na empresa pode recolher sim, terá que procurar a Receita Federal para acertar a sua situação.
Consultor

Anônimo disse...

Olá Catarino !
A mãe do meu amigo é aposentada pelo rpps e tem descontada a contribuição de inativo (11% sobre o q ultrapassar o teto de rgps) do seu benefício. Apesar de aposentada, ela ainda trabalha como professora de uma universidade particular, recolhendo, portanto, a contribuição social devida ao INSS. Eu gostaria de saber o seguinte: a soma dessas duas contribuições não poderão passar de algum valor?? Pergunto isso pq ela acha que paga um valor muito alto, por isso ela quer saber se ela está pagando a mais e se tem como reduzí-lo. Eu sei que quando são dois empregos, por exemplo, independente do valor do salário só poderá recolher a contribuição sobre o valor do teto previdenciário... Então eu queria saber como funciona neste caso.
Desde já agradeço !!!
Christiane

Catarino disse...

Christiane
Se entendi direito ela é aposentada pelo serviço público e contribui para o INSS em outro emprego.
Nesse caso o teto só se aplica ao INSS, no serviço público não tem teto e as contribuições dos aposentados são feitas para o sistema, não dá direito a benefícios.
Ela só pode utilizar o tempo que contribui para o INSS para obter outro benefício, se completar o direito.

Jefferson disse...

Olá!
Tudo bem?
Tenho uma duvida, tenho minha carteira assinada no dia 1 de agosto de 2008 ate 1 junho 2009, hoje me inscrevi como autonomo, R$56.15, estou com problemas de saude e vou ter que fazer uma cirurgia, se eu pagar mais duas mensalidade ja fico 12 contribuicoes? E se eu pagar o carne ate dezembro de uma unica vez ja vale a carencia exijida pelo INSS?
Obrigado

Catarino disse...

Jefferson
Você não pode pagar mensalidades antecipadas, mas se você pagar mais 2 meses antes da cirurgia terá direito. Lembre que as contribuições valem por competência, por exemplo este mês você paga o mês 05 e em julho paga o mês 06, assim depois que pagar o mês 06(em 07) já terá completado a carência.

Anônimo disse...

Bom dia e obrigado antecipadamente!
Sou Dentista e portanto autônomo. Em meus primeiros 4 anos de trabalho fui Dentista, 1 Tenente temporário da Marinha e contribui para o fundo Naval descontado na folha. Eu não era de carreira. Depois q saí de lá comecei a contribuir p/ o Inss como autônomo. Posso averbar esse tempo, certo? Só quando finalizar o tempo mínimo ou devo fazer alguma coisa agora? Já contribuo há uns 5anos sobre 20% de 1 salário. Para q eu tenha um salário de uns 3000 reais proporcionalmente à tabela de hoje, no fim de 35 anos de contribuição, Como devo aumentar as contribuióes daqui p/ a frente?
Cordialmente,
Rodrigo

Anônimo disse...

OLÁ, ME CHAMO JUNIOR E TENHO A SEGUINTE DÚVIDA.

SOU AUTONOMO E DESDE 2008 PRESTO SERVIÇO DE TRANSPORTE ESCOLAR PARA A PREFEITURA DO MUNICIPIO ONDE MORO, PORTANTO POSSUO UM CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DA LOCAÇÃO DO MEU VEICULO. DE 2008 ATÉ 2009 NUNCA FOI FEITO O RECOLHIMENTO DO INSS NEM POR PARTE DA PREFEITURA, NEM POR MINHA PARTE (POR FALTA DE INFORMAÇÃO). NO FIM DE 2008 SOFRI UM ACIDENTE E PERDI A VISAO DE UM DOS OLHOS, MAS COMO NAO CONTRIBUIA COM O INSS NAO TINHA DIREITO A NENHUM BENEFICIO. ACONTECE QUE AGORA DESCOBRI Q A PREFEITURA DEVERIA TER FEITO ESSES RECOLHIMENTOS, POIS ESSE ANO ELES COMEÇARAM A FAZER. PRECISO SABER SE A PREFEITURA TEM OBRIGAÇÃO DE FAZER ESSES RECOLHIMENTOS AGORA E SE EU TEREI ALGUM BENEFICIO SE FICAR COMPROVADO QUE O ERRO FOI DELES?
AGRADEÇO DESDE JA!

ATT

JUNIOR
demertn@ig.com.br

Catarino disse...

Rodrigo
Você pode averbar o tempo militar sim, mas isso só quando for pedir o benefício de aposentadoria, mas você pode pedir a certidão e guardar para uso futuro.
Quanto a contribuir para atingir um valor específico não há como, a renda é feita pela média desde 07/94 e por isso mesmo que você recolha no teto não atingirá o valor pretendido.
Veja este artigo onde explico como é feita a média: http://www.aposentadorias.net/2010/01/como-e-calculada-renda-dos-beneficios.html

Anônimo disse...

Boa noite...
Tenho 25 anos de contribuição ao serviço publico (Policia Militar).
Atualmente sou empresário, 45 anos, e gostaria de saber quanto tenho que recolher, durante esses 10 anos, para receber o teto salarial.
Grato
Eduardo Macedo

Catarino disse...

Eduardo
A renda é calculada com as contribuições desde 07/94, por isso para você ter o teto teria que ter contribuído no serviço público também com o teto, se isso ocorreu desde 07/94 é só continuar contribuindo no teto, se não ocorreu não há como fazer isso.

Anônimo disse...

Muito obrigado Catarino...
- O Valor recolhido era a do teto ou bem próximo, do serviço Militar.
- Então faltando 10 anos tenho que recolher o teto, ou só nos últimos 5 anos?
- O serviço prestado(25 anos), não dá direito a aposentadoria especial?
Muitissimo obrigado.
Eduardo Macedo.'.

Catarino disse...

Eduardo.
Você terá que trazer uma certidão de tempo de serviço e nesse caso ela vem com tempo comum e não será considerada como especial. Tem que completar os 35 anos.
Sobre a renda veja este artigo onde explico como é feita: http://www.aposentadorias.net/2010/01/como-e-calculada-renda-dos-beneficios.html

Anônimo disse...

Olá, meu nome é Meire.
Meu marido trabalhou de 77 á 86 em um banco,ficou desempregado e trabalhou como autonomo prestando serviço para uma empresa e recolhendo pela ART (arquiteto), depois montou uma empresa por 4 anos e fechou a empresa o ano passado.Como ele pode voltar a contribuir?Pode usar o mesmo numero de contribuinte?Muito obrigada.
Meire

Catarino disse...

Meire
Sim, pode usar a mesma inscrição (NIT) e iniciar os pagamentos.

Anônimo disse...

Boa tarde. Como autonoma e podendo fazer as contruições em atraso, gostaria de saber: vale a pena? Eu contribuia com 2 salarios. Fico pensando se não vai ficar muito alta a divida. Isso pode ser parcelado? Orbigada,
Fatima

Catarino disse...

Fátima
Essa é uma decisão pessoal, você que pode saber se importante somar esses tempos ou não. Quanto ao parcelamento é possível, você acerta o período e depois o valor é dividido conforme as normas que estiverem em vigor na época que você for fazer.

Consultor

prom gowns disse...

This interesting post made me smile.

aquariana disse...

Olá! Me chamo Mª Auxiliadora (Dôra), quero saber como proceder para pagar o total das parcelas do carne de autônoma do Inss. Contribui por vários anos, mas deixei de pagar em 2005. quero pagar o total e pedir a minha aposentadoria. Já paguei 288 parcelas, quantas faltam?. Peço urgencia na resposta e desde já agradeço.

Catarino disse...

Dôra
Para pagar atrasados você precisa ir em uma agência para receber autorização.
Quanto a aposentadoria depende de você quer por idade ou por tempo. Por idade precisa 15 anos de contribuição e 60 anos de idade, por tempo precisa 30 anos de contribuição.

Anônimo disse...

Bom dia, meu nome é Ademir Dutra Rompa.

Tenho 32 anos de contribuição junto ao INSS, sempre pelo valor máximo (teto). Quero nos últimos dois anos recolher como autônomo pelo valor mínimo.
Pergunta: Qual o valor que devo recolher, qual o código que devo colocar na GPS (analista de sistema de informática) e se recolher pelo valor mínimo vai interferir no valor da aposentadoria, terei 48 anos de idade ???
Resposta: dutrarompa@yahoo.com.br

Grato.

Anônimo disse...

Prezado,
Trabalho em uma empresa onde recebo um salário de 800,00 sendo 8% desde 64,00 para previdência.Gostaria de saber se é possivel eu fazer um complemento de contribuição como autonomo pagando equivalente a 20% do minimo para fins de aponsentadoria.

Cordialmente,
Heitor Campbell

Catarino disse...

Heitor
Só seria interessante se falta muito tempo para sua aposentadoria, pois se for pouco tempo o valor que iria acrescer na renda não vale a pena. Se falta mais de 20 anos e você pretende pagar durante todo esse tempo, pode valer a pena.
Tecnicamente pode pagar sim.

Anônimo disse...

Arouche,
Quero completar a contribuição como autonomo pagando o equivalente a tres salários para cálculo de aposentadoria.
Pergunta: quanto % eu pagaria do salário minimo.

André disse...

Sou autônomo e estou em dia com a previdência pago 20% do salário mínimo a 27anos faltam 8 anos p/ completar quanto irei receber de aposentadoria?

Anônimo disse...

Boa Tarde
Me chamo Astor, sou do RS.
Contribuo como avulso sobre o teto no INSS já há alguns anos.
Com a recente alteração do valor para R$ 3.467,40 retroativo a janeiro, é possível pagar sobre a diferença (R$3.416 para R$ 3.467) para os meses de janeiro a maio/2010?
Se é possível, como proceder?
Obrigado pela atenção.

Rogerio disse...

Minha esposa é professora ensino fundamental em colegio privado exercendo o magistério em sala de aula.Começou a trabalhar lecionando em sala de aula em 1978 até 12/1993 no Centro Educacional Bangu.Em 1994 este colégio foi vendido para a Rede MV1 de Ensino.Aí ela saiu do colegio.Voltou a lecionar em um outro colégiotambém da rede privada, o Centro Educacional Órion em 1998 e continua até apresente data trabalhando em sala de aula.
Mas aconteceu o seguinte onde ela trabalhou no primeiro colégio.
Os anos de 1978/1979/1985 o colegio não assinou a CTPF.
Pergunto: Ela poderá ir no INSS pagar estes três(03) anos?,
O colégio que comprou tem a obrigação de pagar estes três(03) anos?
Ou os antigos donos?(A Dª ja é falecida, mas o marido ainda não e nem os filhos).

Como devo proceder?
Desde já fico no aguardo do seu retorno
Obrigado;
e-mail: rogeriobarbosa1611@gmail.com

Anônimo disse...

Meu cunhado recentemente foi preso,e já faz gozo do auxilio reclusão,não é que o danado é sortudo só !!!!
Perguntas:
1- Todos os seus dependentes,iclusive um irmão inválido tem direito ao beneficio.

2- Deve ser bom negócio ir pro xilindró ?

Cordialmente,
Minerim.

Catarino disse...

Arouche
A alíquota é de 20% do valor que você escolher, 3 salários, 1.530,00.
Antes de começar a pagar peço que leia este artigo para saber como é utilizado o valor pago a título de complemento.
http://www.aposentadorias.net/2010/05/multipla-atividade-e-renda-dos.html

Catarino disse...

Minerim
Os dependentes são a esposa ou companheira e filhos, irmãos inválidos só se não tiver filhos e o irmão provar dependência econômica.

http://www.aposentadorias.net/2010/05/multipla-atividade-e-renda-dos.html

Catarino disse...

Andre
No seu caso vai receber um salário-mínimo.

http://www.aposentadorias.net/2010/05/multipla-atividade-e-renda-dos.html

Catarino disse...

Astor
Você pode recolher a diferença, faço o cálculo do valor e pague em um carnê à parte, faça a discriminação dos valores por competência para seu controle e para quando for pedir algum benefício.

http://www.aposentadorias.net/2010/05/multipla-atividade-e-renda-dos.html

Anônimo disse...

Olá,Seu Catarino!!!

Até quantos salários posso gapar ?
Até quanto % do salário posso pagar?

Billy Eliott

Anônimo disse...

Olá só!!!! Ocê É baum mermo nesse negócio de previdência,ô trem cumplicado só!!!só mermo ocê pra tirar minhas dúvidas,lá vai.

1- Tenho 19 anos,5 meses e 25 dias de contribuição.
2- Tempo a cumprir: 15 anos,6 meses e cinco dias.

Pregunto: 3.467,40 é o maior valor que o segurado pode receber como aposentadoria do INSS,quanto deve ser a minha contribuição mensal para ter esse beneficio ?

Minerim

Catarino disse...

Billy
Você pode pagar até o valor de R$ 3.467,40 e o percentual é de 20%.

Consultor

Catarino disse...

Aristides
Sim soma normalmente. Para sua segurança tire no INSS um extrato das contribuições, ao menos uma vez por ano, para ver se está tudo certo mesmo.

Consultor

Catarino disse...

Minerim
Para você ter a renda igual ao teto terá que pagar no mínimo 28 anos, sempre no valor teto.

Consultor

Anônimo disse...

Sou Mecânico,e a partir de agosto vou contribuir para a previdência como autonomo.

Quero contribuir referente a 3 salários-mínimo ,veja se o cálculo está correto.

1- 510,00 X 3 = 1.530,00 X 20% = 306,00 reais é o valor que devo recolher ?

2- Mantendo essa contribuição até o perído da aposentadoria,com quantos salários vou me aposentar?

Desde já agradeço e quero cumprimentá-lo por essa iniciativa de prestar serviços e esclarecimento sobre a previdência,pois o site da da referida entidade é pobre de informações e funciona com deficiência. Parabéns!!!

Ringo Starr

Catarino disse...

Ringo Starr
Seu cálculo está correto.
Quanto a renda que vai ganhar depende das suas contribuições e do tempo que falta. A renda é feita pela média das contribuições desde 07/94 usando as maiores limitado a 80% do período.

Consultor

CLAUDIO ROBERTO BASILIO ( rh@pepkeno.com.br) disse...

bom dia
Com o reajuste da tabela do INSS na competencia Junho/2010 devido o reajuste dos aposentados retroativo a Janeiro/2010, como o INSS esta tratando possiveis diferenças a serem efetuadas bem como IRRF que foram descontadas em folha de pagamento anterior. QUAL O PROCEDIMENTOS já tentei no site da Previdencia/Receita Federal não tem nenhum procedimentos... vcs tem noticias??

Anônimo disse...

Olá
Percebi que estou pagando errado o valor do inss: pago 93,00 e era para estar pagando 102,00. Como devo proceder?
- 102-93= 9,00, então 9 x 5 (meses de janeiro a maio)= 45,00
E por fim pegar este valor 45,00 somar com 102,00 e pagar no mês de julho a parcela do mês de junho? Que seria 147,00?
- Ou é preciso calcular juros e multa em cima dos meses que foram pagos errado?
No site ( http://www3.dataprev.gov.br/cws/contexto/captchar/index_cipost2.html ) não tem como eu colocar o valor que já paguei, então não estou entendendo como faço, se é só somar o que faltou ou se preciso acrescentar juros, se preciso, como calculo isso?
encontrei uma tabela (http://www2.dataprev.gov.br/pls/sal/pr_sal2_emite_planilha ) seriam esses juros que teria que acrescentar (3,97 +3,21+2,54+1,79+1,00)??
desde já agradeço a atenção e parabenizo o site, é ótimo! obrigada
Bianca

Catarino disse...

Bianca
Você tem que incluir o valor que deixou de pagar na próxima mensalidade. Quanto aos juros não é somar como se fosse valores, pois são percentuais, ou seja 3,97% sobre o valor que deixou de pagar em janeiro e assim sucessivamente.
Mas isso não influi muito, por isso o importante é acertar os valores daqui para a frente.

VivercomSaúde

Anônimo disse...

EM DEZEMBRO COMPLETO 35 ANOS DE CONTRIBUIÇÃO E EM FEVEREIRO 56 DE IDADE, FIQUEI 2,5 DE LIÇENÇA PELO INSS (PREVIDENCIARIO) PERGUNTO: O PERIODO QUE FIQUEI DE LICENÇA INTERFERE NA MINHA APOSENTADORIA (TEMPO) E VALOR DE BENEFICIO. POSSO ME APOSENTAR NO FINAL DO ANO?
VALMIR

***SOU EU*** disse...

Bom dia Sr. Catarino, meu pai pagou nos últimos anos com a guia do GPRS, contudo, após longa data, em nova contagem de tempo, conseguiu se aposentar (á partir de 23/06), porém, na contagem aparece que: pagou á mais 11 meses e alguns dias, mas na guia informativa que recebeu da previdência de valores que recebeu retroativos ao mês em questão (junho) aparece a informação que não á diferenças á receber;
Como ficaria esta situação, entende-se que o valor do benefício que é 2.148,00 está incluso estes 11 meses que foram pagos á mais?!
Abraços e parabéns pelo BLOG, como sabemos, dificilmente encontramos profissionais nesta área para orientação neste assunto tão complexo e necessário!

Claudia Moraes disse...

Boa tarde Sr.Catarino,minha mãe tem 59 anos e é dona de casa,nunca trabalhou e eu comecei a pagar o carne para ela na modalidade facultativo(cod 1473)desde 12/2008.Eu pago somente os 11%(56,10) e eu sei que ela não vai se aposentar por tempo de contribuição.Mas a minha dúvida é:eu posso pagar os 15 anos de contribuição tudo de uma vez só para acelerar a aposentadoria dela, pois ela já vai completar 60 anos?Caso dê para fazer isso,como ficam as diferenças de salário mínimo que aumentam todo ano?Obrigada pela atenção.Cláudia Moraes

Anônimo disse...

Caro Catarino, tenho 49 anos, contribuo como autonomo 1007 desde 09/89, e em 07/94 estava recolhendo sobre 03 salários. Fui aumentando até chegar em 05 salarios em 2000, quando passei a recolher sobre o mínimo 20%. Voce acha que vale a pena, se ainda dá tempo de recolher sobre o teto para eu me aposentar com um valor próximo do teto máximo. Obrigado. Claudio

Catarino disse...

Valmir
O tempo que ficou em benefício conta para o total e os valores recebidos entram no cálculo da média.
Se seu tempo total é 35 anos pode pedir sua aposentadoria, é só agendar pelo fone 135.

INSS Consultor

Catarino disse...

Sou Eu
Não existe pagamento a mais, todos os valores contribuídos foram usados no cálculo e melhoram a renda do seu pai, por isso não há o que reaver, mesmo que não há previsão legal para pedir contribuição de volta, pois mesmo agora que está aposentado se for trabalhar terá que pagar o inss do mesmo jeito.

INSS Consultor

Catarino disse...

Cláudia
Não é possível antecipar contribuições, terá que pagar mês-a-mês.

INSS Consultor

Catarino disse...

Claudio
Para você receber próximo do teto teria que pagar 80% do tempo contado a partir de 07/94 no teto, por isso é impossível para você, mas sempre melhora a média se puder contribuir com valor acima do mínimo.

INSS Consultor

Claudia Moraes disse...

Olá Sr.Catarino,agradeço a resposta acima,mas então,neste caso da minha mãe que tem 59 anos, é possível ela aposentar-se somente com 74 anos ou dá para se aposentar antes?

Catarino disse...

Claudia
Sim, como começou tarde só depois de completar a carência. A idade não dá direito é apenas um limitador.

INSS Consultor

Anônimo disse...

meu nome e Paulo, tenho 52 anos, nasci no meio Rural, meu pai agricultor,com 17 anos comesei lecionar, 2 anos,1976 e 1977; 2anos na BM,de 1978 a 1980; ai fiquei 3 anos sem contribuir, voltei como professor Municipal por mais 5 anos,de 1984 a 1989, até que mecolocaram pra rua, ai voltei para colonia,ficando mais 4anos na mesma, em 94 me cadastrei como Comerciante de lenha, com alvará na prefeitura e tudo, mas não recolhi,em 2002 como construtor recolhi por mais 2 anos, so agora em janeiro de 2010 estou recolhento novamente. Posso recolher atrazado e encaminhar a aposentadoria, se provo que exerci uma profisào autonoma. Como faço isto?

paulo disse...

meu nome e Paulo, tenho 52 anos, nasci no meio Rural, meu pai agricultor,com 17 anos comesei lecionar, 2 anos,1976 e 1977; 2anos na BM,de 1978 a 1980; ai fiquei 3 anos sem contribuir, voltei como professor Municipal por mais 5 anos,de 1984 a 1989, até que me colocaram pra rua, ai voltei para colonia,ficando mais 4anos na mesma, em 94 me cadastrei como Comerciante de lenha, com alvará na prefeitura e tudo, mas não recolhi,em 2002 como construtor recolhi por mais 2 anos, so agora em janeiro de 2010 estou recolhento novamente. Posso recolher atrazado e encaminhar a aposentadoria, se provo que exerci uma profisào autonoma. Como faço isto?

Catarino disse...

Paulo
Você precisa ir em uma agência e fazer o pedido, apresente suas provas e se autorizarem lhe darão a guia para pagar.

INSS Consultor

Anônimo disse...

MEU NOME E FRAGA, GOSTARIA DE SABER, TENHO ATIVIDADE DE AUTONOMO, TEMPO EM CARTEIRA TRABALHO, QUERO ABRIR UMA MEI, A CONTRIBUIÇÃO DO INSS DA MEI, SERVE PARA APOSENTAR COM TEMPO DE SERVIÇO, AS CONTRIB. POR MIM ATINGIRAO 35 ANOS DE CONTR. E TEREI 58 ANOS. OBRIGADO

Catarino disse...

Fraga
O MEI só tem direito a aposentadoria por idade, mesmo que tenha 35 anos de contribuição, se falta pouco você pode contribuir com carnê à parte da sua empresa.

INSS Consultor

lenir disse...

meu esposo contribuiu por 12 anos em uma empresa, e tem 1 ano que ele foi demitido , eu gostaria de saber se ele começar a contribuir como autonomo, quantos anos ele tem que pagar autonomia para ter direito a aposentadoria???? fora estes 12 anos que ele já tem descontado.

Catarino disse...

Lenir
Se ele quer se aposentar por idade, aos 65 anos, tem que pagar mais 3 anos para completar a carência que é de 15 anos.
Se for por tempo de contribuição tem que pagar até completar 35 anos.

valeria disse...

ola catarino minha mãe contribuio com 9anos a utima foi em 87 eu quero saber se ela perdeu a contibuiçao para se aposenta po idade uma vez que ela se encotra com 67 anos se elapode voltar a contribui

Catarino disse...

Valeria
O tempo sempre vale, se ela tem 9 anos é só completar até completar os 15 anos e pedir o benefício.

Anônimo disse...

Antonio

Meu pai tem 74 anos sempre trabalhou como autonomo , numca recolheu INSS ,hoje esta com cancer ! Pergunto : é possível aposentar ?

Ou se recolher alguns meses de INSS, conseguirá aposentar ?

Catarino disse...

Não tem direito, pois não é segurado da Previdência, se for ingressar agora não terá direito, pois já está doente e é preciso completar a carência de 12 meses antes do início da doença.

Anônimo disse...

sou carlos funcionário público militar estadual,posso contribuir com 10% do salario minimo pagando 15 anos e me aposentar com 65 anos, mesmo já sendo aposentado pelo estado?

Catarino disse...

Carlos
Pode contribuir, mas não é 10% o mínimo é 11%.
Tem direito por serem regimes diferentes.

Anônimo disse...

Boa Noite Meu Nome é João Tenho 28 Anos Tenho Algumas Duvidas.
Assinei Minha Carteira Em Abri de 1997 a Maio de 1998 Depois de Janeiro de 2005 a Maio de 2006
por Ultimo Maio de 2007 a Maio de 2009.
Agora Sou Autónomo Quero Pagar Os 20%
A Pergunta é
Posso Pagar Os Tempos Passados Que Fiquei Sem Pagar Agora?
Se Eu Começar a Pagar Agora Com Quantos Anos de Idade Posso Me Aposentar?

Catarino disse...

João
Para você pagar atrasados era preciso ter a inscrição e um pagamento em dia como autônomo, só por estar desempregado não é permitido pagamento em atraso.
Para se aposentar por idade é preciso ter 65 anos de idade e 15 anos de contribuição.

Anônimo disse...

trabalho por contrato quero saber como faço para pagar o beneficio (inss).luciana

Anônimo disse...

qual o valor que tenho que pagar pelo o beneficio.trabalho por contrato.

Anônimo disse...

onde vou como faço para pagar o beneficio como autonoma

Catarino disse...

Luciana
Você tem que fazer sua inscrição, pode usar o site da Previdência ou o fone 135.
Convido que veja este artigo onde explico em detalhes:http://www.inssconsultoronline.com/2010/07/como-fazer-inscricao-de-contribuinte-no.html

Anônimo disse...

JULIO
TENHO 19 ANOS DE CONTRIBUIÇÃO AO INSS E 46 ANOS DE IDADE. CONTRIBUI DESDE 1978 A 1997. DESDE ENTÃO MOREI FORA DO PAIS E NÃO CONTRIBUI MAIS. GOSTARIA DE SABER SE HA A POSSIBILIDADE DE RECOLHER OS ATRASADOS E CONTINUAR PAGAMENTO ATE COMPLETAR OS 35 ANOS DE CONTRIBUIÇÃO. OBRIGADO.

Catarino disse...

Julio
Se você contribuía com carnê como autônomo pode ir em uma agência do inss e solicitar o cálculo, se autorizarem pode pagar.

Anônimo disse...

Bom dia Catarino, tenho uma duvida quanto aposentadoria por tempo de contribuição... bom pelo que entendi NÃO tem como adiantar, ou seja, segundo o sindicato ... meu pai tem que contribuir por mais 4 anos... minha duvida é!... não tem como ele efetuar pagamento desses anos para adiantar a aposentadoria !?

Catarino disse...

Não é possível pagar contribuições adiantado, só mês-a-mês.

Anônimo disse...

Amigo, primeiramente parabens pela iniciativa do blog. Eu fui registrado por 8 anos com média salarial de 10 salários mínimos, e as empresas onde atuei recolhiam no teto. Nos últimos 2 anos estava registrado com R$ 1.500,00 e a empresa recolhia com 9%. Agora estou sem registro, como será calculadas minhas contribuições? Média? Como você aconselha que eu continue contribuindo? Vale ressaltar que no momento estou fazendo mestrado e com bolsa da Capes (governo) de R$ 1.200,00, a qual não incide IR e INSS.

Anônimo disse...

Continuando postagem acima, atualmente estou com 37 anos.

Catarino disse...

Respondi a questão acima via e-mail conforme preenchimento do formulário.

Anônimo disse...

Olá boa noite, Me Chamo Milena,o meu ex-marido faleceu e trabalhava como contrato ha 9 meses de uma firma, a minha filha ela tem direito de receber algum beneficio, digamos as 4 parcelas de seguro desemprego? ela tem direito a receber inss, pois ela só tem 19 anos. fico grata pela resposta!

Catarino disse...

Milena
Sim sua filha pode pedir pensão e receber até os 21 anos.
Agende pelo fone 135.

Anônimo disse...

Parabéns pelo teu blog Catarino,isso ajuda-nos a entender muito sobre a melhor forma de contribuir, e também gostaria de te fazer algumas perguntas:
Eu e minha esposa somos produtores rurais e todo mês vendemos nossos produtos, emitimos nota fiscal de produtor rural, mas não estamos recolhendo o 2,3 % do funrural por orientaçao do contador. Isso está certo? Vamos coseguir aposentadoria rural de 1 salário mínimo cada um?
Desde Abril de 2010 estou contribuindo como MEI,61,10 por mês, mas acho que o valor de contribuição está muito baixo que é 1 salário mínimo, para fins de aposentadoria ou beneficios que por ventura eu venha a precisar, então to pensando em mudar para micro- empresa e fazer um pro- labore de R$ 3.000,00 pra mim, e registar minha esposa com R$ 1.000,00, sei que vai aumentar bastante os encargos, mas nós temos 30 anos, 2 filhos e nos preocupamos com o futuro.
Gostaria que voce desse uma opinião e me passasse os valores de encargos que terei que pagar mensal, restituiçao de I.R,e sobre fundo de garantia da minha esposa que será funcionária.

Anônimo disse...

Boa tarde! TEnho 3 anos de contribuição atrasados.Eu gostaria de saber se posso pagar estas contribuiçoes em atraso ? Tenho que pagar no valor da epoca corrigidos ou no valor atual ? Obrigada Eliana

Catarino disse...

Sua dúvidas são mais indicadas para o contador resolver. Aqui trato sobre os benefícios do INSS.
Não é necessário você abrir uma empresa e colocar a esposa como empregada para contribuir, basta pagar o carnê com as contribuições para ter direito a benefício.
Se você se registrou como empresário não é mais segurado especial e por isso não terá direito a benefício, sem contribuição.

Catarino disse...

Eliana.
Você terá que pagar o valor da época atualizado com juros e multa.
Caso não saiba fazer o cálculo terá que ir em uma agência para receber a guia preenchida.

Anônimo disse...

GOSTARIA DE SABER COMO PASSO PARA RECOMERÇAR A CONTRIBUIR COMO INDIVIDUAL, COMEÇEI A PAGAR E PAREI. SONNIA

Catarino disse...

SONNIA
É só preencher o carnê e recomeçar a contribuir, não tem nenhuma burocracia a fazer.

Anônimo disse...

autonimo tenho 45anos de idade estou passando um quadro na minha vida estou fazendo tratamento psisiquiatrico e tenho uma ernia na coluna tomo remedio controlado e remedio p ernia de disco a 4 anos estou afastado estou recebendo beneficio mas retorno no medico pericia o ano que ven gostaria de saber se tenho chasse de aposentar gostaria de uma resposta sua doutor catarino washington e o meu nome.e gostaria de saber se eu posso pagar os atrassado que ficou p tras do inss comecei trabahar muito novo ja com carteira assinada com idade de 12 anos em 1979.

Rafa Viotti disse...

Boa tarde Catarino,

após ler o seu artigo e os comentários, fiquei com duas dúvidas para as quais lhe peço conselho:

1. Se eu presto serviço para uma empresa como autônomo (pessoa física), a empresa recolhe 11% fixos de INSS sobre o valor do serviço ou ela aplica a tabela de alíquotas exibida no artigo?

2. Se eu presto serviço para uma empresa e ela recolhe sobre o valor do teto do INSS, depois presto serviço para uma outra empresa no mesmo mês, essa outra recolhe novamente o INSS ou não?

Grato,
Rafael.

Catarino disse...

washington
Não tem como dizer se terá direito a aposentadoria, pois isso depende da decisão dos peritos que levam em consideração sua condição de saúde no dia da perícia.
Pagar tempo antigo por desemprego não é possível.

Catarino disse...

Rafael.
Se você presta serviço como autônomo a empresa vai reter e recolher 11% do valor que lhe for pago.
Se você presta serviço para mais de uma empresa e na primeira atinge o teto a segunda não deve recolher nada, mas você terá que levar um comprovante da primeira para apresentar na segunda.
Mesmo que na primeira na atinja o teto a segunda recolhe até o teto, descontando o que foi pago na primeira.

Rafa Viotti disse...

Catarino, obrigado pelos esclarecimentos. Quando tiver um tempo, dê uma olhada nesse sistema que desenvolvi para gerar RPA:

http://rpaonline.com.br

Sugestões são bem vindas!

Rafael.

Anônimo disse...

oi! meu pai é autonomo e ja pagou 15 anos e esta à 5 atrasado. Gostaria de saber o que ele tem que fazer para voltar a contribuir . obrigado! MICHEL

Anônimo disse...

- Meu nome é Gerson e faltam 5 anos para me aposentar. Nos últimos 15 anos trabalha em empresa e sempre pagava sobre o teto máximo. Em 2008 fui desligado e agora estou pagando 20% sobre o atual S.M; ou seja, R$102,00. A minha dúvida está em saber se são os últimos 36 meses que são considerados para efetuar o cálculo da aposentadoria e se não são, qual o procedimento?

Catarino disse...

Michel
Para retornar a contribuir é só preencher a guia e pagar.
Caso queira pagar os atrasados terá que ir em uma agência para pegar o cálculo, mas não é obrigado a pagar os atrasados, pode recomeçar daqui para a frente.

Catarino disse...

Gerson
A renda é feita pela média desde 07/94.
Veja este artigo: http://www.aposentadorias.net/2010/01/como-e-calculada-renda-dos-beneficios.html

Anônimo disse...

Olá!

meu nome é simone, e quero muito saber o que faço para dar entrada no meu inss, sou autonoma e não sei bem o que fazer ou onde ir... eu consigo isso indo na caixa ou.. não sei..bjão socorro!!!

Catarino disse...

Simone
Convido que veja estes artigos:
http://www.inssconsultoronline.com/2010/07/inss-como-calcular-e-preencher-guia-gps.html
http://www.inssconsultoronline.com/2010/07/como-fazer-inscricao-de-contribuinte-no.html

Neles você verá tudo sobre esse assunto.

Rog disse...

Sou médico ( CI) e além de pagar meu carnê do INSS, ainda sou descontado para o INSS na fonte por planos de saude aos quais sou credenciado, este mês a Unimed descontou R$ 381,00, o bradesco saude descontou R$ 76,00 e a Sul America descontou R$ 34,00. Quanto devo pagar no carne para atinguir o teto máximo ? Como faço as contas ? E se não quiser contribuir com teto máximo, posso deixar de pagar o carnê ?

Catarino disse...

Rog.
Não precisa pagar só se for da sua vontade.
Para você saber quanto tem que pagar é só pegar o valor do teto R$ 3.467,40 e descontar as rendas recebidas dos planos de saúde. O que sobrar você calcula 20% e paga.
Não adianta comparar os valores os valores recolhidos, pois as empresas retém 11% e no carnê você tem que pagar 20%.

INSS Consultor

Rog disse...

CATARINO - obrigado por esclarecer a dúvida acima. Agora tenho essa outra, mais cabeluda. Se não puder responder ou indicar algum meio aonde possa obter esclarecimentos, agradeço assim mesmo.

Sou servidor público federal desde 1977 e como médico atuante em clinica privada, sou obrigado a fazer contribuições (CI) como autonomo desde 1974. Pois bem, de 1977 a 1990, no serviço público, fui regido por CLT e as minhas contribuições foram para o INSS, em 1990 com o advento do RGU passei a servidor estatutário.

Ocorre que, como nesse periodo de 1977 a 1990, também fiz recolhimentos como autonomo (CI) e agora que já estou aposentado no serviço público, resolví pleitear também a minha aposentadoria por tempo de serviço no INSS, pois no total já contribuo a 36 anos.

Qual não foi a minha surpresa quando o funcionário indeferiu a minha aposentadoria por tempo de serviço, sob alegação de que os 13 anos ( 1977 a 1990) foram averbados compulsoriamente, por força de Lei ( 8.112/90) para o serviço público e não poderiam ser utilizados na contagem para minha aposentadoria como autonomo.

Ainda não apresentei nenhum recurso, mas estou dentro do prazo recursal. As minhas dúvida são:

O funcionário em questão teria razão ao indeferir a aposentadoria por tempo de serviço? Existe realmente essa coisa de averbação compulsória por força de Lei ? Vale a pena recorrer administrativamente desse indeferimento ? O seria melhor procurar logo o judiciário? O que vc acha ?
Obrigado.

Catarino disse...

Rog
É verdade, todo o tempo até 12/1990 foi averbado no serviço público. Você só pode aproveita a partir dessa data.
Administrativamente não tem nada que possa fazer. Conheço caso de servidor(médico) que se aposentou no INSS antes de 1990(pensando estar usando o tempo que pagou com carnê) e agora não consegue se aposentar no serviço público por falta de tempo.
Não conheço casos que tenham ganham na Justiça, mas deve procurar um advogado especializado para ver o seu caso.

Anônimo disse...

Edgard:
Amigo parabéns, pela iniciativa de nos orientar pois somos leigos com relação a previdência.
Minha dúvida e a seguinte:
contribuo como facultativo 20% pelo teto, hoje arrumei um emprego que ira me registrar com o teto, a pergunta é vou perder o calculo para aposentadoria sobre o teto, tenho 49 anos e 31 anos de contribuição, pretendo me aposentar com 35 anos de contribuição e 53 anos de idade.

Anônimo disse...

Oi,

Sou a simone, e quero agradecer muito.. pela ajuda q me deu.

obrigada!

Catarino disse...

Edgard
Se no novo emprego você vai continuar no teto não perde nada, além disso o cálculo despreza 20% das menores contribuições.
Quando for se aposentar, com 53 anos, você vai perder perto de 40% da média devido ao fator previdenciário.

Anônimo disse...

meu nome é gilson, contribui durante17 anos para previdencia como empregado, hoje sou autonomo e fazem 11 anos que não pago, como faço para regularizar minha situação?

Catarino disse...

Gilson
Depende de vários fatores, convido que veja este artigo: http://www.inssconsultoronline.com/2010/08/como-pagar-contribuicoes-do-inss-em.html

Anônimo disse...

Meu nome:Cassiano Ricardo Sanches
contribuo mensalmente há 16 anos como autônomo e gostaria de saber: 1- Qual o índice aplicado para correção das contribuições recolhidas? 2- É feita mensalmente? 3- Como se faz para saber o saldo total das contribuições corrigidas acumulado em tiodo o tempo de contribuição? Grato:fone:11-4594-5294 E-mail: marsanch@ibest.com.br

Anônimo disse...

Edgard:
Catarino - Obrigado pela informação.
Parabéns pelo site.
Abraços.

Anônimo disse...

Tenho 54 anos, a mais de 20 anos não contribuo para INSS, quero voltar a contribuir, qual o valor e por quanto tempo devo faze-lo para ter direito a aposentadoria por tempo de contribuicao? O calculo do beneficio sempre é feito com base nas contribuicoes do periodo 07/1994 em diante?

Grato pela atenção.

Jose Luiz

Anônimo disse...

Meu nome é Sosô
Tenho 57 anos, trabalhei registrada em carteira em junho de 1975 a dezembro de 1975. Depois tornei a ser registrada em julho/76 até janeiro/79.Voltei a contribuir em 2004, porém com uma nova inscrição, através do carnê como facultativa. Hoje pago 11% do salário mínimo ,ou seja, R$56,10. A questão é gostaria de pagar um valor maior para aumentar um pouco mais a aposentadoria. Com quanto eu deveria contribuir a partir de agora para receber 2 salários mínimos por exemplo, e pelo tempo que resta (6 anos)valeria a pena aumentar a contribuição, e , se fôr o caso, é so mudar o código de pagamento de 1473 para 1406 no próprio carnê?
Grata
Sosô

Catarino disse...

Jose Luiz
Para ter direito precisa completar 35 anos, mas no seu caso pode se aposentar quando completar 65 anos de idade e nesse caso só precisa contribuir mais 11 anos ou 10, pois com 30 anos de contribuição e 65 de idade tem direito a renda integral(média)

Anônimo disse...

Boa noite! Em março de 2010 meu pai faz 65 anos e completa 18 anos de contribuicao, paguei o carne de autonomo nos 20% e depois uns 3 anos paguei pelos 11%. Pergunto, eles irao usar a média que paquei entre 20% e 11%. Ou para meu pai receber um pouco mais, devo pagar a diferen'ca? Ser'a que compensa? Qual seria o valor aproximado a mais que 510,oo pagando por 20%? Obrigada. Cris

Vander disse...

Boa tarde Catarino..
Fui antonomo antes de 1994 por 4 anos e 8 meses,
e a condição de empregado em 98-99 por 1 ano e 5 meses - Gostaria de saber para se aposentar aos 65 anos se caso comecar a contribuir agora como autonomo com o teto ou seja 3.467,40 que pagaria sobre 20%, Atualmente tenho 53 anos e gostaria de pagar sobre o valor teto, na qual fosse mais benefico para mim se aposentar com o salario proximo desse valor, e se caso fisesse isso hoje quanto receberia daqui a 12 anos na epoca da aposentaria. aguardo seu esclaricimento

Anônimo disse...

Tenho 35 anos de idade, sempre me virei e nunca contribui, pois sempre fiz trabalho freelancers, o que me aconselha, eu poderia pagar pelos anos que nao paguei, estou totalmente perdido? agradeço.
Jose

Catarino disse...

Cris
Quem paga 11% só pode se aposentar por idade, mas se pagou antes da lei com valores superiores ao mínimo recebe pela média, por isso não precisa complementar as contribuições.

Catarino disse...

Vander
É difícil devido a fórmula do cálculo, mesmo que você pague esse tempo pelo teto vai receber bem menos. A renda é de 70% mais 1% por ano contribuído.
Veja este artigo para saber como é feita a renda:
http://www.aposentadorias.net/2010/01/como-e-calculada-renda-dos-beneficios.html

Catarino disse...

Jose
Para saber se pode pagar ou não convido que veja este artigo: http://www.inssconsultoronline.com/2010/08/como-pagar-contribuicoes-do-inss-em.html

pedro disse...

Oi amigo,
minha mãe é trabalhadora autônoma e durante uns 5 anos ficou sem contribuir, depois voltou e já paga a uns 8 anos. Seria possível mesmo depois de todo esse tempo ela pedir para pagar aquele tempo que ela ficou sem contribuir?

E em relação a contribuição, ela paga 20% do minimo, entao quando se aposentar ela receberá o mínimo ou acima disso? Valeria a pena pagar agora no final tres salarios?

nono disse...

meu caro meu nome e nono, tenho uma irma de 38 anos teve paralisia cerebral aos 7 anos de idade e mora com minha mae que tem uma renda de +ou- R$600 minha irma nao tem carteira de identida por nao ter digitais, como faço pra pleitear aparo social pra ela... Por favor me ajude...

Catarino disse...

Pedro
Se ela vai se aposentar por idade e com 15 anos, é muito difícil que altere a renda pagando mais alguns anos, pois a renda é feita pela média e é pago somente 70% mais 1% por ano contribuído.
Quanto a pagar os atrasados é possível, veja este artigo:
http://www.inssconsultoronline.com/2010/08/como-pagar-contribuicoes-do-inss-em.html

Catarino disse...

Nono
Se sua mãe ganha 600,oo por mês e tem até 4 pessoas na família não terá direito, pois a renda máxima por membro da família tem que ser menor que 1/4 do salário mínimo.

pedro disse...

Eu esqueci de colocar que antes de contribuir minha mae trabalhava e que ela pretende se aposentar por tempo de contribuição.
Sendo assim pagar uma quantia referente a tres salarios nesses ultimos tres anos que faltam fariam aumentar o valor do beneficio?

Ela paga atualmente 20% do mínimo.

Catarino disse...

Pedro
Não adianta muito pagar três anos com valor maior, pois a renda é feita pela média e esses valores vão influenciar muito pouco na média.

INSS Consultor

Anônimo disse...

Qual é o teto e quanto é que eu como autônomo devo pagar

joao disse...

meu nome e joao tive uma acidente de trabalho em 2002 passei por 6 cirurgia na coluna ja voltei a trabalhar por diversas vezes mas nao consigo ficar mais que seis meses, estava afastado ate semana passada retornei segunda feira dia 16, tenho uma açao trabalhista contra a empresa, a empresa pode me mandar embora... que direitos eu tenho se isto ocorrer? lembrando que tive um acidente de trabalho, estava recebendo auxilio acidentario..

Catarino disse...

O teto é 3.467,40 e você paga quanto quiser, não há exigência, o mínimo é 510,00.

Catarino disse...

João
Você tem garantia de emprego de um ano após alta do benefício por acidente de trabalho.


INSS Consultor

joao disse...

amigo caso eu nao aguente a trabalhar, posso requerer meu beneficio novamente, apos uma semana do retorno ao trabalho...

Catarino disse...

João.
Pode pedir a qualquer tempo.

INSS Consultor

Anônimo disse...

Boa Noite,

Gostaria de saber se depois de aposentado uma pessoa ainda pode contribuir com o inss para aumentar o salario pago pela previdencia, ou chegar ao teto previdenciario?

Pq meu pai tem 66 anos, e tem mais ou menos uns 18 anos de contribuiçao, porema ianda não esta aposentado

Anônimo disse...

Bom dia Catarino.
Meu nome é Pontes, trabalhei em uma empresa pública entre 1985 até 1990. Em julho de 1990 fui cadastrado no INSS como empresário(fui proprietário de uma micro-empresa, de julho de 1990 até março de 1993). Em julho de 1992 entrei para o serviço público municipal.O tempo recolhido para o INSS na empresa pública (1985/1990),já está averbado no serviço público municipal, inclusive para efeitos de quinquenios e sexta parte.
No periodo como micro-empresário recolhi apenas 12 meses(julho de 1990 até junho de 1991, não averbado ainda.
Pergunto: é possivel pagar o INSS em atraso, os meses de julho de 1991 até julho de 1992(total de treze meses), e em seguida averbar no serviço público para adiantar a minha aposentadoria.
Esclareço que tenho 41 anos e que exerço profissão policial, com direito de aposentaria com trinta anos de contribuição, sendo vinte anos na função, ou seja, eu pagando este tempo em atraso e averbando no serviço público, vou aposentar mais cedo.
Muito bom o seu BLOG.

Anônimo disse...

TENHO 33 ANOS DE CONTRIBUIÇÃO E ESTOU PLEITEANDO UMA APOSENTADORI PROPORCIONAL.
TENHO UM SALÁRIO DE 3.380 REAIS.
GOSTARIA DE SABER COM QUANTO EU ME APOSENTARIA.
MUITO OBRIGADO

EMAIL: luanvita@bol.com.br

Catarino disse...

Não, depois de aposentado não tem mais nenhum direito.

INSS Consultor

Catarino disse...

É possível, mas depende de autorização, por isso terá que ir em uma agência do INSS e pedir autorização, se lhe autorizarem lhe será entregue a guia e depois de paga poderá pedir a certidão para levar ao serviço público.

joao disse...

catarino como eu havia comentado, estou afastado novamente e medico me deu 15 dias a partir do 16º estarei pelo INSS farei uma pericia hj, o medico da empresa me disse que esses 15 dias de afastamento nao vou receber, porque eu afastei com apenas uma semana apos alta do INSS,e por ser a mesma patologia nao posso receber da empresa, e afirmou que meu beneficio sera negado, com base que tive um acidente de trabalho, e deveria afastar movamente apos 60 dias da alta medica...isso ta certo?

Catarino disse...

João.
Está tudo errado. Você tem até 60 dias para pedir a reabertura do benefício, se for concedido você recebe desde a cessação anterior, o benefício é reaberto.

joao disse...

catarino! boa noite! amigo suas informações pra mim e outras pessoas sao de grande valia, parabenizo-o pela iniciativa...

Anônimo disse...

CATARINENSE:

Gostaria de saber se é possível a constribuição se dar em uma vez apenas, ou seja, para as pessoas que se aposentarão por idade mínima, 65 anos os homens e 60 anos as mulheres, respeitando as 180 contribuições exigidas, se é possível p. ex.: fazer o cálculo de tudo isso e pagar em uma vez apenas????

Catarino disse...

CATARINENSE:
Não, só pagando mês-a-mês. Isso você só consegue na previdência privada que os bancos vendem.
INSS Consultor

Israel disse...

Ola. Eu tenho 2 vinculos e nos dois ja recolhem 11%, sendo os vinculos com salários acima de R$4.000,00 mil, a minha duvida é...
1) Posso escolher apenas 01 vinculo a ser descontado o INSS?
2) Os valores que foram repassados de maneira duplicada, como faço para ser reembolsado? existe essa possibilidade? quais são os passos a seguir?
Obrigado!!!

Catarino disse...

Israel
Você precisa pegar uma declaração de retenção no primeiro vínculo e apresentar no segundo para não ter descontos indevidos ou ficar limitado ao teto.
As contribuições a maior você deve solicitar na Receita Federal, lembre que prescreve em 5 anos o direito de cobrar valores indevidos.

INSS Consultor

Ivete disse...

Ivete,
Trabalhei 4 anos na camara dos deputados e estou a 4 anos desempregada. Posso pagar o INSS deste período que fiquei sem trabalhar?

Catarino disse...

Ivete
Não pode, como desempregado só pode recolher em dia.

Anônimo disse...

Olá Catarino. Meu nome é Ilde.
Obrigado por nos auxiliar a todos.
Minha duvida é a seguinte. Tenho 55 anos, e contribui com o INSS por 21 anos.Desde 2001 deixei de pagar por problemas de dimdim, e agora quero regularizar. Posso continuar recolhendo com o codigo 1007 ?? No mesmo carnê laranja de antigamente? GPS ? Nele vai a identificação e a competencia. E sobre qual valor eu contribuo? 20% sobre o sal mínimo? Assim sendo, me aposentarei por idade ? Ou seja com 60 anos? Aguardo seu retorno quando vc tiver um tempo. Agradeço desde já. Fique com Deus.

joao disse...

Boa tarde! Catarino tive um acidente de trabalho, fique afastado recebendo auxilio doenca, meu pedido de prorrogação e reconsideraçao foram negados, vou pedir um reestabelecimento de beneficio na justiça, em qual justiça eu vou pedir o reestabelecimento, na comun ou federal?

Anônimo disse...

Arnaldo
Olá Catarino, eu contribui para Previdência na década de 70 e 80, mas não possuo os carnês, minha contribuição era feita pela minha própria empresa na qual eu era dono. Existe alguma forma de eu conseguir provar essa contribuição sem a apresentação dos carnes? Caso consiga essa confirmação já poderei me aposentar, mas como não tenho o carne não sei como isso é possível, pois nessa época a Previdência não era informatizada, sendo difícil eu conseguir consulta por eles.
Desde já agradeço.

Anônimo disse...

Arnaldo
Olá Catarino, eu contribui para Previdência na década de 70 e 80, mas não possuo os carnês, minha contribuição era feita pela minha própria empresa na qual eu era dono. Existe alguma forma de eu conseguir provar essa contribuição sem a apresentação dos carnes? Caso consiga essa confirmação já poderei me aposentar, mas como não tenho o carne não sei como isso é possível, pois nessa época a Previdência não era informatizada, sendo difícil eu conseguir consulta por eles.
Desde já agradeço.

Renata Gavazzoni disse...

Ola, Sr. Catarino.
Fiquei sem pagar INSS por dois anos, e voltei a pagar posteriormente, gostaria de saber se posso pagar esses dois anos atrazados acrescidos de juros e correção?
Obrigado
Renata Gavazzoni

Catarino disse...

Ilde
Para se aposentar por idade você não precisa pagar os atrasados, pois já tem a carência.
Para pagar os atrasados você precisa ir em uma agência do inss para pegar o cálculo e as guias, os valores são os da época atualizado com juros e multa.
INSS Consultor

Catarino disse...

João
É na Justiça Federal que julga as causas contra a União e suas autarquias.

Catarino disse...

Arnaldo
Você pode pedir a emissão de micro-fichas das suas contribuições, se constar lá terá valor para comprovação. Terá que pedir em uma agência do INSS.

Catarino disse...

Renata
Sim pode pagar, terá que ir em uma agência do inss para solicitar o cálculo, caso queira pode usar o site da previdência para emitir as guias.

clara disse...

Primeiramente quero parabenizar por um site tão esclarecedor. Contribui com 15 anos de carteira assinada parei por um tempo e há 6 anos retornei a pagar sob 20% me disseram que com 25 anos de contribuiçao e 48 de idade ja posso pedir a minha aposentadoria. Isso ´procede? obrigada

Anônimo disse...

PAULO PERGUNTA:
Catarino, inicialmente obrigado por ajudar-nos.
Tenho 3 dúvidas.
1ª Pelo site da prividência é possível eu visualizar e imprimir todo o período que contribuí? Pergunto porque paguei tanto como autônomo quanto com carteira assinada.
2ª Qual a idade e tempo de contribuição mínimos para solicitar aposentadoria proporcional?
Muito obrigado.

Anônimo disse...

Bom dia!

Tabalhei numa empresa de Março de 1989 á Abril 1990 ,e após 2 meses voltei na mesma empresa sem registro em carteira até junho 1993,ou seja 3 anos.Gostaria de saber se tem possibilidade de pagar este tempo de 3 anos.

Muito obrigado;
Raimundo

Catarino disse...

Clara
Não é verdade, você precisa ter 30 anos de contribuição e não há idade mínima.
Se você tiver 60 anos de idade e 15 de contribuição terá direito.


Faça uma doação para manutenção do blog

Catarino disse...

Paulo
Você falou 3 dúvidas mas disse somente duas:
A primeira é não, só em uma agência do INSS você pode pedir um extrato de vínculos.
A segunda é 53 anos de idade e 30 anos de contribuição mais 40% de pedágio sobre o tempo que faltava para completar 30 anos em 16.12.98.


Faça uma doação para manutenção do blog

Catarino disse...

Raimundo
Você não pode pagar, pois como desempregado só pagamento em dia.
Se a empresa resolver acertar sua situação é possível, mas é com a Receita Federal.


Faça uma doação para manutenção do blog

Anônimo disse...

Catarino eu sou o Paulo.
Muito obrigado pelas respostas e abraços.
Eram mesmo somente estas duas perguntas.
Paulo.

carmem disse...

Por favor esclareça a dúvida:minha tia tem empresa individual desde 1999 e recolheu esse ano sobre 1 salário. Em 2000,2001,2002,2003 e 2004 e quatro não reclheu. Quando fomos fazer os cáculos na previdencia apresentaram um debito do "valor de contribui~ção" R$ 211,36 para todos estes anos. E para o ano de 2005 o valor da contribuição era de R$ 52,00. Fui olhar osalário minimo da epóca(2000) era de R$ 151,00. Fiquei sem entender como pode um valor de contribuição ser tão alto a ponto de ser maior que o salário minimo??? Está certo??? que fatores são usados para chegar a estes valores?
PS. a estes valores ainda se somaram multas e juros.

outra pergunta: Pode um empresário individual contribuir pela empresa e ser registrado em carteira em outra empresa e recolher também???
Obrigada.

Anônimo disse...

João Ferreira Neto
Alto Caparaó/MG
joferneto@oi.com.br
Boa tarde, trabalhei 22 anos (1987 a 2009) contribuindo para o INSS e agora estou desempregado a 14 meses. Estou precisando passar por uma cirurgia de hernia de disco(3 hernias) que deve acontecer daqui a uns 3 meses. Gostaria de saber se perdi a condição de segurado e não terei direito ao beneficio por doença.

Anônimo disse...

Catarino, como fica na hora de contribuir para a prevdiencia, a situação de pessoa que trabalha em duas empresas, CTPS assinada pelos dois empregadores?..
tendo em vista a CTPS ser assinada duas vezes, será descontado tb duas vezes para a previdencia?

obrigada..

Ivana

Anônimo disse...

Deixei de pagar o inss da minha empregada domestica por 2 anos. Vou acertar os atrasados mas quero saber se ela perde esse tempo de contribuição por estar atrasado.
Grata
Claudia

Catarino disse...

Carmem
A primeira parte da sua dúvida não sei explicar, aqui falo sobre os benefícios e não sobre arrecadação.
A segunda é sim, pode ser empresária e empregada em outra empresa, não tem problema nenhum.

Faça uma doação para manutenção do blog

Catarino disse...

Ivana
Sim é descontado nos dois empregos, mas é limitado ao teto, 3.467,40, quem ganha mais que o teto, somando os dois empregos tem que fazer o pedido na segunda empresa para ter o desconto reduzido.

Faça uma doação para manutenção do blog

Catarino disse...

Claudia
Se você pagou ao menos um mês em dia quando assinou a carteira, o primeiro mês do contrato, pode pagar as demais que o tempo vai valer todo.
Se não pagou nenhum mês pode não ser aceito pelo inss, pois o vínculo de doméstica se comprova com o primeiro pagamento em dia.

Faça uma doação para manutenção do blog

Daniel disse...

Prezado Catarino! Estou pagando o carnê GPS do INSS desde 07/1997, ou seja, há 13 anos. De 07/1997 à 04/2007 paguei 20% sobre 1 salário mínimo. A partir de 05/2007 passei a pagar 11% (código 1163). Mudei o código sem ir à agência do INSS. Quando estive na agência a recepcionista me disse que está tudo OK. Perguntas: 1)É certa a resposta da atendente do INSS que posso mudar o código sem que a autorização da agência do INSS? 2) Me faltam 5 anos para completar 65 anos, porém em 2012 completarei 15 anos de contribuição. Posso parar de pagar quando completar 15 anos de contribuição e esperar completar 65 anos de idade para me aposentar ou é mais prudente que pague até os 65 anos (terei contribuído 18 anos)? 3)Compensa pagar nestes próximos 5 anos pelo teto? Ou seja, vou receber bem mais se nos últimos 5 anos eu pagar 20% sobre o teto máximo? Vale a pena o investimento? Sei que para passar para o código 1007, terei que pagar a diferença desde 2007 que passei a pagar os 11%.
Por favor, me oriente, pois sou totalmente leigo neste assunto!
Muito obrigado e parabéns pelo blog!!!
Abraços!

Catarino disse...

Daniel
Pagar com 11% é só para quem vai pagar sobre o mínimo e se aposentar por idade. Quando completar os 15 anos pode pagar só um mês por ano para manter a qualidade e ter direito a outros benefícios.
Quando a pagar pelo teto não acredito que seja vantajoso, pois a renda é feita pela média desde 07/94 e como você tem poucos anos terá uma média muita baixa e o investimento é muito alto.


A Resposta foi adequada? Faça uma doação para manutenção do blog

Catarino disse...

Rosangela.
Se você recolhe com 11% significa que optou por se aposentar somente por idade e com um salário-mínimo, nesse caso o código correto é 1473.
Você terá que ir em uma agência do INSS para acertar suas contribuiçoes já feitas.

A Resposta foi adequada? Faça uma doação para manutenção do blog

mimi disse...

Oi,gostaria q vcs tirasse algumas duvidas minhas..
Aonde devo ir p começar a pagar meu inss..e como devo fazer e que documento deve levar..quantos porcentos de 1 salario minimo devo pagar..obrigada
MILENA..

Catarino disse...

Mimi
Para você fazer sua inscrição pode ligar para o número 135 ou ir em uma agência do INSS.
Você precisa da identidade, CPF, e endereço.
Se você quer se aposentar por idade com um salário pode pagar 11% do mínimo que dá 56,10 por mês.

marcia disse...

sr CATARINO,boa noite,me chamo Bruna
Meus pais moraram,durante longos anos fora do pais,e não recolheram o INSS,neste periodo,meu pai trabalhou registrado 5/1982 à 12/1989 com salario de 6 à 7 minimos da epoca,e minha mãe dona de casa(para aponsetar por idade)qual seria a melhor opção,qual o valor a pagar e o tempo nos dois casos,haveria condiçoe~s de receber mais do que 1 salario minimo?
desde já agradeço
aguardo resposta
obrigado

MARCIA disse...

Bom Dia Catarino,
Trabalhei Registrada no periodo de 1976 a 1998.
Acontece que estou desempregada desde o ano de 1998, e gostaria de saber se posso regularizar minha situação fazendo os recolhimentos das contribuições a partir deste ano de 1998 com o codigo de recolhimento 1406, ou com o codigo 1007 pois fazendo os calculos de contribuições do periodo de 1976 a 1998 e recolhendo esse periodo que falta de 1998 a 2010 eu ja posso requerer a aposentadoria por tempo de contribuição.
Meu Nome é Marcia tenho 51 anos.

Catarino disse...

Bruna
Não é possível recolher atrasados, pois os trabalhadores em outros países são contribuintes facultativos no Brasil e nesta categoria só é permitido pagamento em dia, mês-a-mês.

Catarino disse...

Marcia
Como desempregada você só pode pagar em dia, mês-a-mês, não pode pagar atrasados.

MARCIA disse...

Sr Catarino é a Marcia Novamente Obrigada pela resposta
Só tenho mais uma duvida
Quer dizer que este periodo que nao contribui esta perdido?
Nao teria alguma forma de contribuição para eu nao perder esse tempo todo?

Grata
Marcia

Catarino disse...

Márcia
Não há como pagar tempos passados.

«Mais antigas ‹Antigas   201 – 400 de 582   Recentes› Mais recentes»